direito penal

Páginas: 2 (281 palavras) Publicado: 9 de agosto de 2013


O Mito da Caverna narrado por Platão é uma das mais poderosas metáforas pela filosofia, escrita há quase 2.500 anos, inspira inúmeras reflexões.Imaginemos uma caverna separada do mundo por um muro alto, a entrada permite luz exterior.Desde seu nascimento, geração após geração, humanos ali vivemacorrentados, com poder mover a cabeça para a entrada, nem locomover-se, olhando apenas a parede do fundo, sem terem visto o mundo exterior nem a luz do sol. Acimado muro, uma réstia de luz exterior ilumina o espaço habitado, fazendo com que as coisas que se passam no mundo exterior sejam projetadas como sombras nasparedes do fundo da caverna. Por trás do muro, pessoas externas, e que os artefatos projetados são os seres vivos que se movem e falam.
Um dos prisioneiros,pela curiosidade decide fugir da caverna, mas fica completamente cego pela luz do sol,seus olhos não estão acostumados, mas aos poucos se habitua e começa a ver omundo.
Ele se encanta, porque tem a oportunidade finalmente de ver as coisas, descobre que em sua prisão so vira sombras. O desejo é ficar longe dacaverna, que só voltara se obrigado para contar o que viu e para libertar os companheiros.
A subida foi penosa, o caminho era íngreme e a luz muitoforte, o retorno será penoso, porque precisa se habituar as trevas, que é muito mais difícil do que se habituar-se a luz.
Uma vez de volta a cavernaeste prisioneiro será desajeitado, não sabendo ali mover-se, falar será desacreditado por eles e corre risco de morrer por aqueles que abandonarão a caverna.
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • DIREITO PENAL Principios do direito penal
  • Direito Penal: Tipos Penais
  • Direito Penal e Processual Penal
  • Direito penal e processo penal
  • Direito penal
  • Direito penal
  • Direito penal
  • Direito penal

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!