Diade

Páginas: 5 (1105 palavras) Publicado: 15 de maio de 2014
7
Liberdade e Autoridade


O famoso trinômio “Liberté, Egalité, Fraternité” introduz o tema a ser abordado neste capitúlo.
“Todos os homens devem ser iguais” tem um significado que sugere, que qualquer problema referente à igualdade seja questionado por questões como: “Entre quem? Em relação a quê? Com qual critério?”.
Segundo ponto sobre o entendimento de “liberdade” que se entende porliberdade de querer, à qual se refere a disputa sobre livre-arbítrio, outra, é a liberdade de agir, na qual está particularmente interessada a filosofia política, que dela distingue diversos sentidos, tais como a liberdade negativa, a liberdade de agir propriamente dita e a liberdade como autonomia ou obediência às leis que cada um prescreve a si mesmo.

A resposta as questões acima permitem quese compreenda por que existem situações em que a liberdade (mas qual liberdade?) e a igualdade ( mas qual igualdade?) são compativeis e complementares na projeção da boa sociedade, outras situações em que são incompatíveis e se excluem reciprocamente, e outras ainda que é possível e recomendável uma equilibrada combinação de uma com a outra. A história recente nos ofereceu o dramatico testemunhode um sistema social em que o objetivo da igualdade não só formal,mas em diversos aspectos substanciais, fato que apenas em partes e inferior às promessas.

Liberalismo e socialismo, dois ideais que não pode ser realizado em suas extremas conseqüências sem alguma limitação às possibilidades de realização do outro. O exemplo mais evidente é o contraste entre ideal da liberdade e o ideal da ordem,tanto que uma boa convivência somente pode ser fundada sobre um compromisso entre um e outro, de modo a evitar o limite extreme ou do Estado totalitário ou da anarquia.

São infinitas as possibilidades de medidas igualitárias que limitam a liberdade ou, de medidas libertárias que aumentam a desigualdade. Qualquer extensão da esfera pública por razões igualitárias, na medida quem precisam serimpostas, restrigem a liberdade de escolha na esfera privada, que é intrinsecamente inigualitária, pois a liberdade privada dos ricos é muito mais ampla do que a liberdade privada dos pobres, exemplo: o rico perde a liberdade usufruída efetivamente, o pobre perde uma liberdade potencial.

Os conceitos de liberdade e de igualdade não são simétricos. Liberdade é um status da pessoa isto é um bemindividual, a igualdade indica uma relação entre dois ou mais entes, que é sempre apenas um bem social, e também por que a igualdade na liberdade não exclui que sejam desejáveis outras formas de igualdade, como as da oportunidade e da renda, que, ao requerem outras formas de igualamento, podem entrar em conflito com a igualdade na liberdade.

Para definir esquerda e direita com base no critérioda igualdade e da desigualdade é necessario as considerações sobre os valores supremos da igualdade e da liberdade, pois na díade igualdade-desigualdade nascem doutrinas e movimentos igualitarios e inigualitários, assim como a outra díade liberdade-autoridade, desta derivam doutrinas e movimentos libertários e autoritários, já a respeito à definição de esquerda e direita, a distinção entre as duasdíades adquire particular relevância, pois um dos modos mais comuns de caracterizar a direita em relação à esquerda é contrapondo a direita libertária à esquerda igualitária.





3
A Diade Sobrevive

Ainda hoje, as expresses “direita” e “esquerda” continuam sendo usadas pelos analistas politicos e atores da politica na maioria de seus discursos politicos. Este tem como enfoque aquestao: “Para onde vai a esquerda?” Apos uma serie de debates sobre “o futuro da esquerda” e “ o renascimento da direita”, a velha esquerda renovou-se e fundou-se uma esquerda nova; em contrapartida, com desejo de revanche, a velha direita renovou-se tambem emu ma nova direita. Osto nao afetou em suas forcas: ainda ha “direita parlamentarista”, esquerda parlamentarista”, “governo de direita” e...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A Díade sobrevive
  • George Simmel
  • A DÍADE MÃE E FILHA NA CONTEMPORANEIDADE: ESTUDO EM UMA COMUNIDADE DE MANAUS
  • Afetividade e Conflito em Díades Familiares: Avaliação com o Familiograma
  • As perspectivas e desafios dos profissionais que trabalham com a díade mãe-bebê e o papel do contexto hospitalar...

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!