desigualdade social

Páginas: 367 (91556 palavras) Publicado: 9 de abril de 2014
15

INTRODUÇÃO

A realidade brasileira vive um quadro de miséria e desigualdade social que não se
restringe apenas à dimensão econômica, mas também à dialética inclusão/exclusão na
sociedade, que, por sua vez, incorpora a dimensão política e a cultural.
A expressão “exclusão social” é marcada por uma diversidade de significados e
denominações, entretanto, é importante ressaltar que é odebate em torno do fenômeno da
desigualdade social que vem evoluindo ao longo do tempo. Observa-se que, até as décadas de
1950 e 1960, a idéia da “pobreza” vigorava, vinculada às questões de caráter econômico e às
ações assistencialistas. Já nas décadas de 1960 e 1970, a idéia da “marginalidade”
predominou, marcada pela compreensão mais focada nas questões políticas, nas quais as
açõesinerentes às lutas políticas e processos de conscientização eram fortes. No final da
década de 1970, início da década de 1980 é que emergiu a categoria de “exclusão social” para
aprofundar a compreensão da desigualdade social. (PAOLI; SADER, 1986; SARTI, 1996;
MARTINS, 1997)
Wanderley (1999) destaca alguns conceitos que compõem o universo da discussão
teórica sobre a exclusão, como desqualificação edesinserção social, desenvolvidos por
Paugam (1991,1993) e Gaujelac e Leonetti (1994), que se contrapõem à integração social,
embora possam ou não estar associados à pobreza; desafiliação, proposta por Robert Castel,
que significa uma ruptura de pertencimento, de vínculo societal; e o conceito de apartação
social cunhado por Buarque (1993), que consiste em denominar o outro como um ser “àparte”, o que denota alto grau de intolerância social.
Martins (1997) contrapõe o termo “exclusão” à expressão “inclusão de maneira
subalterna”, instaurando um novo debate sobre a dialética exclusão/inclusão. O autor propõe

16

que a exclusão seja entendida como uma categoria dinâmica, um jogo de forças, na qual a
sociedade tenta excluir o indivíduo, mas este cria mecanismos para se incluir(re-incluir) na
sociedade. E é por intermédio desse movimento de inclusão/exclusão/reinclusão que o
indivíduo acaba por se incluir de maneira subalterna, anômala, segundo a lógica capitalista,
que desenraíza, exclui, para depois incluir em outro plano. É nesse referencial teórico que
fundamento esta pesquisa.
É nesse modelo de sociedade que observo um cenário no qual o principal desafio
é asuperação da desigualdade de acesso aos direitos individuais e coletivos e coloco o
referencial de análise desta pesquisa para além da dimensão econômica, mas entendendo a
exclusão a partir da desvalorização de indivíduos ou conjuntos de indivíduos como sujeitos
políticos e sociais.
Diante do quadro de desigualdades sociais no mundo, a educação sobressai como
uma das estratégias de confrontoda realidade, destacando-se como agente de transformação
na busca de um cenário social menos excludente. É este o desafio que estamos vivendo: o de
recriar os direitos numa sociedade que ressignifica o conceito de exclusão social.
Apesar da diversidade de significados atribuídos à expressão “exclusão social”,
cabe salientar a dimensão subjetiva do sofrimento causado por esse processo –dificuldade de
aceitação, preconceito, diminuição das possibilidades de escolhas – em que os sujeitos
perdem a condição de cidadania. Esses problemas têm a tendência de ser escamoteados
mediante a naturalização e a banalização da realidade, o que vem se agravando, em parte, pelo
número de pessoas que eles atingem.
A região do Vale do Jequitinhonha, localizada no norte de Minas Gerais, é um
localonde se observam graves modalidades de privação e sofrimento humanos, como as
difíceis condições de trabalho, de moradia, o alto índice de mortalidade infantil, movimento
migratório exacerbado, escassez de infra-estrutura: água, energia elétrica, serviços públicos de

17

saúde e de transporte. Ao lado disso, há ainda, a falta de formação específica dos profissionais
envolvidos no trabalho...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • A desigualdade social
  • Desigualdade Social
  • Desigualdade social
  • Desigualdade Social
  • desigualdade social
  • desigualdades sociais
  • desigualdades sociais
  • Desigualdade Social

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!