Design e Reformismo Social

Páginas: 15 (3518 palavras) Publicado: 2 de junho de 2015



Industrialização e organização industrial, séculos 18 e 19.



Entre os séculos 18 e 19 começam a surgir transformações nos meios de fabricação, tão grandes que passam a ser conceituadas como o acontecimento econômico mais importante desde o desenvolvimento da agricultura. Essas mudanças ficaram conhecidas como Revolução Industrial.
A primeira Revolução Industrial ocorreu na Inglaterra, cominício por volta de 1750. O grande 'surto' foi na fabricação de tecidos de algodão. A Grã-Bretanha detinha um quase monopólio comércio exterior europeu entre 1789 e 1815. A partir daí seus comerciantes intermediavam compra e venda de produtos por todo o mundo gerando um ciclo em que os tecidos, chás e louças comprados na China e na Índia eram trocados por escravos na África, usados para plantaralgodão barato nos Estados Unidos e no Brasil, que era utilizado pela indústria britânica para fabricar tecidos que exportados de volta a esses lugares, gerando a cada etapa novos lucros para os intermediários. A partir daí surge o capital necessário para fazer de pequenas oficinas artesanais em grandes fábricas, equipadas com máquinas de última geração. A mecanização do trabalho diminui os custoscom mão-de-obra barateando os tecidos fabricados na Inglaterra que se tornaram acessíveis a uma classe de compradores que nem sonhavam em adquiri-los.


















Primórdios da organização industrial



Entre os séculos 16 e 17 o eixo do comércio se transferiu para a Europa, a partir daí começam as competições entre nações o que levou os estados a investir na produção de bens de consumo emescala jamais vista. Quase todos os países europeus fundaram entre os séculos 17 e 18 suas manufaturas reais que fabricava louças, têxteis e móveis. O primeiro sistema completo surgiu na França sob Luis XVI e seu superintendente Jean-Baptiste Colbert, fábrica fundada em 1667 - a Gobelins, que atingiu uma prodigiosa produção. Um ponto interessante do ponto de vista do design foi a atuação do pintorCharles Le Brun que era o diretor da fábrica e exercia o papel de inventor, ele concebia o projeto para um objeto e gerava um desenho. A partir daí existe uma separação entre projeto e execução. Surge também a manufatura Meissen na Alemanha, fundada em 1709, a primeira a produzir porcelana na Europa, que assim como a Gobelins empregava artistas para projetar as peças que produzia logo a Françafundou sua própria manufatura real de louças em 1738 - Sèvres. Em Portugal também se instalou manufaturas reais tais como a de lanifícios da Covilhã e a de louças do Rato.
Um caso interessante da evolução industrial do século 18 foi à fábrica de Josiah Wedgwood que foi fundada na década de 1750. Em menos de duas décadas a fábrica cresceu e se transformou em uma indústria com representações em Londres eDublin, exportando para toda a Europa e para as Américas. O mercado de classe média era crescente e para atender a essa demanda era necessário um produto mais barato e com qualidade e então Wedgwood aperfeiçoou a partir da década de 1760 uma cerâmica esmaltada conhecida como creamware e a aplicação por decalque de decorações pintadas, processo que foi desenvolvido na década de 1750. Por volta de1765, ele abriu uma loja em Londres, atendendo à aristocracia e à própria rainha. Em 1769 inaugurou uma nova fábrica batizada de Etrúria, onde produzia apenas vasos e peças decorativas. Nessa época Wedgwood contava com a colaboração do ovem desenhista John Flaxman, que depois se torna um famoso escultor, a Flaxman era paga uma quantia muito maior que aos outros artesãos.
Logo fica claro que pelomenos quatro mudanças fundamentais ocorreram tanto no setor estatal quanto no setor privado.
-A escala de produção aumentava de modo significativo
-Aumentava também o tamanho das oficinas e fábricas por conta de um maior investimento em instalações e equipamentos
-A produção se tornava mais seriada e padronizada com o uso de moldes, tornos e a mecanização de alguns processos.
-Crescia a...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Design Social
  • design social
  • DESIGN SOCIAL: A MISSÃO ESQUECIDA
  • Design Social
  • Interação Social
  • Design Social
  • Inovação Social e Gestão do Design
  • design social Artesanato

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!