democracia

Páginas: 61 (15126 palavras) Publicado: 22 de outubro de 2013
As revoltas de junho de 2013 têm muito em comum com as duas outras grandes manifestações de
massa da redemocratização, as Diretas Já e o movimento pelo impeachment de Collor. Assim como
em 1984 não se tratava apenas de conquistar o direito de votar diretamente para presidente, assim
como em 1992 não se tratava apenas de afastar Collor, também as revoltas de 2013 carregam
aspirações que vãoalém da revogação do aumento das tarifas de transporte, ou do questionamento do
uso do dinheiro público para realizar megaeventos esportivos, como a Copa do Mundo.
Em 1984, a reivindicação de eleições diretas para presidente era também uma manifestação por
uma transição para a democracia que estivesse à altura das expectativas de mudanças em todos os
níveis. Queria muito mais democracia, muitomenos desigualdades. A derrota da emenda no
Congresso foi um golpe para as ruas, que redirecionaram então as energias para a Constituinte (19871988).
Em 1992, a exigência do impeachment do presidente trazia insatisfação com a recessão econômica,
o péssimo funcionamento dos serviços públicos, o desastrado plano de combate à in ação – principal
problema da redemocratização até 1994. Mais quetudo, carregava as frustrações de uma Constituição
que não se tornava realidade, que cava apenas no papel, e a aspiração de retomar nas ruas o poder
que tinha sido utilizado por Collor de maneira personalista e autoritária.
Junho de 2013 também carrega uma multidão de reivindicações, frustrações e aspirações. Não foi
por acaso que o aumento das tarifas e a realização de grandes eventosesportivos no país catalisaram
insatisfações de ordens tão diferentes. O transporte público é exemplar de ineficiência, má qualidade e
preço exorbitante. Pelo menos desde 2003, vinha se organizando um movimento nacional (o
Movimento Passe Livre, MPL), com manifestações importantes contra todos os episódios de
aumentos de tarifa. Comitês Populares da Copa se formaram nas cidades-sede do campeonatomundial de futebol para denunciar violações de direitos e para questionar os supostos benefícios que
viriam com os gastos públicos com a organização.
São movimentos que se formaram e que funcionam de maneira apartidária, mantendo autonomia e
independência em relação a governos. São movimentos horizontais, que recusam a ideia da
concentração da representação em uma liderança individual. A violentarepressão policial aos
protestos que iniciaram pelo país desencadeou uma onda ainda maior de mobilização, tanto em
defesa do direito constitucional de manifestação como contra a atuação da polícia em geral. E uma
série de reivindicações veio se juntar às iniciais.
Mas, ao contrário de 1984 e de 1992, nenhum tipo de narrativa uni cada se colocou de saída como
modelo para a formação de ummovimento. Não é de um movimento que se trata, mas de vários. As
interpretações divergem sobre o que aconteceu. A ideia mesma de que seja possível um “relato dos
fatos” é questionável. As interpretações divergem também sobre o sentido do que aconteceu. São
diferentes as dinâmicas de manifestação nas diferentes partes do país, em cada cidade, em cada parte
da cidade onde ocorrem protestos.Manifestações surgem como irrupções, grandes, pequenas, isoladas,
reunidas. Quando se reúnem em grandes massas, têm forma de ondas. Dependendo de qual onda se
pega, a passeata pode ter sentidos opostos, inconciliáveis.
As revoltas de junho de 2013 não têm lideranças, palanques nem discursos. As passeatas se formam,
se dividem e se reúnem sem roteiro estabelecido. É difícil até mesmo prever onde vãosurgir e ganhar

corpo. Organizam-se a partir de catalisadores nas redes sociais e no boca a boca das mensagens de
texto. Não são revoltas dirigidas contra este ou aquele partido, esta ou aquela gura política. São
revoltas contra o sistema, contra “tudo o que está aí”.
Em 1984, o movimento foi convocado e liderado por forças de oposição ao regime (partidos,
sindicatos, movimentos sociais) e...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Democracia
  • democracia
  • DEMOCRACIA
  • DEMOCRACIA
  • democracia
  • Democracia
  • DEMOCRACIA
  • democracia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!