criminologia

Páginas: 6 (1294 palavras) Publicado: 8 de abril de 2014
FACULDADE DE MACAPÁ
FAMA


ANA AMARAL
JOÃO ALVES
LUCIVAN
SABRINA FEITOSA
SORAIA SANTOS
WELTON LIMA

Escolas Penais.
Cientifica / Moderna






MACAPÁ
2014

ANA AMARAL
JOÃO ALVES
LUCIVAN
SABRINA FEITOSA
SORAIA SANTOS
WELTON LIMA



Escolas Penais.
Cientifica / Moderna












Macapá
2014
SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 5
2 CRIMINOLOGIACIENTÍFICA MODERNA 6
2.1 SIGNIFICADO DE CRIMINOLOGIA CIENTIFICA: 6
2.2 ESCOLA CIENTIFICA 6
3 ESCOLA MODERNA ALEMÃ 7
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 9



1 INTRODUÇÃO

O presente trabalho busca retratar de forma sucinta os primórdios da Escolas Cientifica ou propriamente dita Moderna. Optamos em não sobrecarregar o leitor com especifidades que não incorporarão beneficamente seu conhecimento. Pensamosque, no momento atual, extremamente dinâmico, são utópicos trabalhos gigantescos apregoados a detalhes sem relevância no contexto de formação geral do discente.
Nos inúmeros livros e sítios os quais consultamos, procuramos extrair o que de mais importante cada autor expôs sobre o assunto.

















2 CRIMINOLOGIA CIENTÍFICA MODERNA

2.1 SIGNIFICADO DE CRIMINOLOGIACIENTIFICA:
A criminologia científica é ciência empírica e interdisciplinar, com informação válida e segura, relacionada ao fenômeno delitivo, entendido sob o prisma individual e de problema social, como também formas de preveni-lo. Concebe o crime como fenômeno humano, cultural e complexo.
2.2 ESCOLA CIENTIFICA
A escola científica, em sentido estrito, da nossa disciplina começa no final doséculo passado com o positivismo criminológico, isto é, com a escola Positiva italiana que foi encabeçada por Lombroso, Garófalo e Ferri. Surge como crítica e alternativa à denominada Criminologia clássica, dando lugar a uma polêmica doutrinária conhecidíssima, que é, em última análise, uma polêmica sobre métodos e paradigmas, do Científico (o método abstrato e dedutivo dos clássicos, baseado nosilogismo), frente ao método empírico-indutivo dos positivistas (baseado na observação dos fatos, dos dados). A Escola Positiva italiana, no entanto, apresenta duas direções opostas: a antropológica de Lombroso e a sociológica de Ferri, que acentuam a relevância etiológica do fator individual e do fator social em suas respectivas explicações do delito. De qualquer maneira, esta Escola, enquanto ponto departida da Criminologia “empírica” inaugura o debate contemporâneo sobre o crime e a polêmica entre as diversas Escolas.
Para efeito da presente exposição, distinguiremos dois momentos: o da Escola Positiva e o posterior da “luta” de Escolas.
O positivismo criminológico representa o momento científico, de acordo com a famosa lei de Comte, sobre as fases e estágios do conhecimento humano: asuperação, portanto, das etapas “mágica” ou “teológica” (pensamento antigo) e “abstrata” ou “metafísica” (racionalismo ilustrado).Significa, também – segundo Ferri- uma mudança radical na análise do delito: os clássicos haviam lutado contra o castigo, contra a irracionalidade do sistema penal do “antigo regime”; a missão histórica do positivismo, pelo contrário, seria lutar contra o delito, lutarcontra ele por meio de um conhecimento científico de suas causas (vere scire est per causas scire), com objetivo de proteger a ordem social: a nova ordem social da nascente sociedade burguesa industrial.
Em todo caso, a característica diferencial do positivismo criminológico reside no método, mais ainda que nos postulados, muitas vezes contraditórios e equívocos de seus representantes: o método“positivo”, empírico, que trata de submeter constantemente a imaginação à observação e os fenômenos sociais às leis férreas da natureza; a “cosmogonia da ordem e do progresso” a fé cega na onipotência do método científico e na inevitabilidade do progresso, de acordo com o proceder metódico da escola Positiva.
Sob o ponto de vista histórico-político, o positivismo contribuiu para a consolidação e...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Criminologia
  • Criminologia
  • Criminologia
  • Criminologia
  • Criminologia
  • criminologia
  • Criminologia
  • CRIMINOLOGIA

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!