Contabilidade tributária

Páginas: 43 (10560 palavras) Publicado: 2 de abril de 2013
[pic]





UNIVERSIDADE ANHANGUERA – UNIDERP CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA


CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS


DISCIPLINA: CONTABILIDADE TRIBUTÁRIA








ALICEMARA SMIDT


ALINE TEIXEIRA


CLÁUDIA VIEIRA


GISLAINE DOS SANTOS


MARIA HELENA DOS SANTOS











CONTABILIDADE TRIBUTÁRIA


RELATÓRIO CONTÁBIL





Orientador: Prof. Edmilson B.Gomes
































PÓLO: CRICIÚMA – SC


2012 – 6º SEMESTRE


ALICEMARA SMIDT


ALINE TEIXEIRA


CLÁUDIA VIEIRA


GISLAINE DOS SANTOS


MARIA HELENA DOS SANTOS


























CONTABILIDADE TRIBUTÁRIA


RELATÓRIO CONTÁBIL








Trabalho deconclusão da matéria de Contabilidade Tributária apresentada ao Curso de Ciências Contábeis, 6º semestre, da Faculdade Anhanguera Educacional S.A. Pólo de Criciúma.














Orientador: Prof. Edmilson B. Gomes

























CRICIÚMA
2012

INTRODUÇÃO








A contabilidade tributária tem por objetivo o estudo da teoria e aaplicação prática dos princípios e normas básicas da legislação tributária, sendo também o ramo da contabilidade responsável por gerenciar os tributos incidentes na atividade empresarial.


Compreender os tributos nos permite planejar de forma mais adequada maneiras de usar a legislação tributária ao nosso favor.CONCEITO DE TRIBUTO EXPRESSO NO CTN:


“Tributo é toda prestação pecuniária compulsória em moeda ou cujo valor nela se posso exprimir, que não constitua sanção de ato ilícito, instituída em lei e cobrada mediante atividade administrativa e plenamente vinculada.” (CTN- art. 3º)





A EVOLUÇÃO DO SISTEMATRIBUTÁRIO NACIONAL





No Brasil a cobrança de tributos teve seu inicio antes mesmo que houvesse uma legislação específica para tanto. Qualquer atividade econômica exercida estava sujeita ao pagamento de tributos e de outras obrigações para com a coroa portuguesa.


Em sua maioria os tributos ao longo do tempo foram criados para gerar caixa primeiramente para a pessoa do soberano edepois para a pessoa do Estado como um todo, às vezes protegendo ou beneficiando setores ou grupos econômicos mais chegados ao governo, depois se tornando cada vez mais complexas em respostas as mudanças na economia e a diversidade das relações econômicas.


Tais abusos por parte do governo foram motivadores de várias revoltas, mas mais recentemente a sociedade encontrou formas mais pacificas paraprotestar contra tais abusos de poder por parte do Estado sendo que atualmente também existem instituições que limitam os poderes dados ao Estado e assim não ficamos tão indefesos nessa grande disputa sobre o percentual devido ao Estado e o que é nosso por direito.





DICAS DE ECONOMIA TRIBUTÁRIA PESSOA FÍSICA:





DEDUÇÕES PARA A FONTE PAGADORA:





Para não sofrer retençãoexcessiva do imposto na fonte, apresente à fonte pagadora os seguintes documentos e informações, que se constituem deduções da base de cálculo:


• Declaração de dependentes, por escrito.


• O INSS retido deduz da base de cálculo, tanto para o autônomo quando para o assalariado.


• Contribuição de previdência privada, para os assalariados e dirigentes de empresa, desde que ovalor seja encargo da pessoa física, no limite de 12% da renda tributável do contribuinte.


• Pensão alimentícia judicial, quando a fonte pagadora tiver a obrigação de reter.





DEDUÇÕES ANUAIS:





Ao longo do ano, vá guardando os recibos (ou cópias dos cheques nominais emitidos, que também são comprovantes válidos) com despesas médicas, odontológicas e pagamentos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Contabilidade tributária
  • Contabilidade tributaria
  • Contabilidade tributária
  • Contabilidade tributaria
  • Contabilidade tributária
  • Contabilidade tributaria
  • CONTABILIDADE TRIBUTARIA
  • CONTABILIDADE TRIBUTARIA

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!