Conhecimento e Pensamento

Páginas: 8 (1825 palavras) Publicado: 12 de março de 2014
A distinção entre pensamento e conhecimento em Hannah
Arendt : uma possível relação com a questão do mal banal1
Lauina Tatiane Fernandes Silva2

O que Hannah Arendt chama de pensamento é algo que não pode se confundir
com nossa habilidade de conhecer. Pensar e conhecer não são análogos. O
conhecimento, portanto o nosso ato de conhecer, segundo H. Arendt está diretamente
relacionado com averdade. O produto de nosso conhecimento tem um compromisso
com a verdade. Uma verdade que não pode ser considera absoluta, irrevogável, posto
que seja histórica sujeita ao dinamismo da história humana. A verdade a que se refere
H. Arendt é aquela que em determinado momento satisfaz nosso aparato cognitivo e
nossa sede de conhecimento. Isso vale para nosso conhecimento científico, moral,tecnológico, do senso comum e, quem sabe, nos permitindo a ousadia de quem
reconhece que o erro faz parte da vida, o conhecimento metafísico.
Sabemos que conhecer é uma necessidade humana, dado sua realidade
antropológica. Ou seja, o homem é um ser aberto que vive num mundo aberto. O
homem não é determinado pelos seus instintos. Cabe ao homem construir o seu mundo
e sua maneira de agir e vivernesse mundo. Ele é radicalmente aberto. Diferente dos
animais que tem todos os instintos para sobreviver no seu mundo, o homem tem que se
construir. O conhecimento é fundamental nesse processo de construção. Ao se
relacionar com a realidade o homem conhece essa, inicialmente de forma prática e
depois de forma sistemática.
Um fenômeno nos chama a atenção hoje. O fenômeno do conhecimentoespecializado. É escusado dizer que hoje existe especialista para toda área do
conhecimento. Até mesmo em filosofia, saber universal por excelência, não passamos
por uma só faculdade de filosofia sem nos deparar com seus especialistas. Alguns por
infelicidade do desenrolar da história da filosofia e, principalmente da filosofia mesma,
1

Esse artigo foi escrito a partir da proposta do CaféFilosófico de refletir sobre a Banalidade do mal em
Hannah Arendt. O presente artigo faz uma livre reflexão sobre alguns temas arendtianos sem, contudo
seguir um rigor de pesquisador ou especialista no assunto. A carência de referência bibliografia e citações
se devem ao mesmo motivo. Nossa intenção é chamar a atenção para o pensar e sua importância em
todos os âmbitos da vida.
2
Bacharel e licenciadaem Filosofia pela Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia – FAJE, membro da
Equipe do Anchietanum.

1

têm perdido, de fato, a capacidade ou o interesse de dialogar com a filosofia na sua
totalidade histórica e sistemática.
Esse tipo de fenômeno é perigoso e, se levado a última conseqüência pode de
fato minar não só a nossa capacidade de pensar como demonstra H. Arendt, mas
tambémnossa capacidade de conhecer. O conhecimento específico de algo exige o
conhecimento, mesmo que tangencialmente, do todo no qual esse algo está inserido.
Não é conveniente perder a visão de conjunto, mesmo diante de saberes que
naturalmente parecem ser dados a especificidades. A verdade, que é o horizonte do
nosso conhecer, depende da forma que nos comportamos diante do ato de conhecer, e decomo temos cuidado do nosso aparato cognitivo e da nossa realização no mundo.
Realização que para ser digna deve ser levada em conta nossa responsabilidade moral.
No tocante ao pensamento, esse tem como objetivo não a verdade, mas o
significado, o sentido. A grande distinção feita por H. Arendt entre pensamento e
conhecimento se baseia nesse fato. O pensamento para H. Arendt é uma atividade doespírito humano que está diretamente ligado ao nosso sentimento de pertença ao mundo.
O conhecimento nos ajuda a lidar com esse mundo. O pensamento nos permite sentir
em casa nesse mundo, no qual chegamos como estranhos e do qual partiremos com esse
sentimento de estranheza.
O pensamento é uma atividade fundamentalmente humana. Os animais têm uma
relação de conhecimento com seu ambiente....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • O que é conhecimento linguagem, conhecimento, pensamento o que é ideologia?
  • O pensamento evolutivo:metodologia,raciocinio e conhecimento
  • O PENSAMENTO COMPLEXO NA PRÁTICA: A ESCADA DO CONHECIMENTO
  • O pensamento exige método, o conhecimento depende dele.
  • Processo do pensamento e linguagem na construção do conhecimento.
  • A questão do conhecimento: senso comum e pensamento científico
  • Paradigmas e o conhecimento matemático: pontos convergentes do pensamento científico?
  • A questão do conhecimento: senso comum e pensamento científico

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!