Conflitos étnicos na ex Iugoslávia

Páginas: 12 (2881 palavras) Publicado: 18 de setembro de 2014
Escola de Educação Básica e Profissional Fundação Bradesco - Paragominas









CONFLITOS NA IUGOSLÁVIA








Paragominas
2014
Escola de Educação Básica e Profissional Fundação Bradesco - Paragominas



Ana Júlia de Souza LimaEduardo de Moraes da Silva
Pedro Eli Souza Luz
Victor Hugo Soares Borges
Vinicius Bruno Soares Borges



CONFLITOS NA IUGOSLÁVIATrabalho de geografia apresentado sobre conflitos na Iugoslávia, apresentado à Fundação Bradesco como requisito avaliativo do terceiro bimestre, supervisionado pelo professor Cléber Oliveira.




Paragominas
2014
Sumário

1 Introdução __________________________________________________
2 A formação da Iugoslávia e a importância de Tito ____________________
3 Slobodan Milosevc assume opoder da Iugoslávia ___________________
4 Guerras e Genocídios na Bósnia ________________________________
5 Eslovênia, Croácia e Macedônia ________________________________
6 Conflitos e mudanças geopolíticas recentes _______________________
7 Situação atual da Iugoslávia ___________________________________
8 Conclusão _________________________________________________
9 Referências________________________________________________













1- Introdução

Este trabalho busca explicar sobre o contexto histórico da Iugoslávia e os conflitos existentes nessa região, desde o período da formação até sua desintegração.
A Iugoslávia é uma região onde há diversos povos com várias etnias distintas e bem definidas, sendo motivos de grandes diferenças entre eles,o que ocasionou vários conflitos.
Nesse contexto da Iugoslávia, com o governo de Marechal Tito as diferenças eram relevadas pelo poder de diálogo que esse representante tinha com esses povos. Porém, após a morte de Tito, quem passa a governar a Iugoslávia é o sérvio Slobodan Milosevic, que praticou a limpeza étnica e vários crimes e atrocidades contra a população.
No decorrer da históriavários povos conquistam sua autonomia, tornando-se regiões independentes, e atualmente consideramos ex-Iugoslávia, pois essa região está totalmente dividida.


Palavras chaves: Guerra civil, etnia, independência







2- A FORMAÇÃO DA IUGOSLÁVIA E A IMPORTÂNCIA DE TITO

A formação da Iugoslávia remonta a 1918, data em que se concretizou um delicado arranjo. Durante a PrimeiraGuerra Mundial, em 1917, representantes sérvios e croatas decidiram constituir uma monarquia “sérvia, croata e eslovena”, sob a dinastia sérvia Karageorgevic que ocupou o trono da Sérvia desde o século XIX.
Esses grupos possuíam pouco em comum que pudesse aproximá-los. Os diferentes povos que se uniram no reino jamais tinham pertencido a um mesmo Estado. Haviam ficado de lados opostosdurante a guerra de 1914-1918: os sérvios lutaram ao lado dos Aliados, enquanto eslovenos e croatas se reuniram às potências centrais.
O partido croata passou para a oposição até o dramático assassinato, em 1928, em plena assembleia, de seu chefe, Radic, por um representante montenegrino. Isso gerou uma instabilidade ministerial que desacreditou o poder político. Um golpe, em janeiro de1929, permitiu que o rei dissolvesse o Parlamento. Em 3 de outubro de 1929, nascia o “reino da Iugoslávia”, nome que significa “eslávia do sul”.
Na Constituição de 1931, o novo sistema eleitoral limitava a representação política, enquanto os sérvios exerciam um quase monopólio sobre as posições de poder. Isso levava ao extremo as reivindicações nacionalistas. A Iugoslávia foi se...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Ex Iugoslávia
  • conflitos etnicos
  • Conflitos étnicos
  • conflitos étnicos
  • Conflitos Etnicos
  • Conflitos étnicos
  • Conflitos etnicos
  • Conflitos Étnicos

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!