Cardiopatias

Páginas: 15 (3729 palavras) Publicado: 28 de abril de 2013
Síndrome de Brugada
Cardiomiopatia Hipertrófica
Cardiopatia Isquêmica
Infarto Aguado do Miocárdio
Intubação Orotraqueal

Síndrome de Brugada
Definição
Até o final da década de 1980, quando uma pessoa morria subitamente, logo diziam que tinha sofrido um infarto. Com o avanço das pesquisas genéticas, percebeu-se que muitos desses eventos eram provocados por anormalidades genéticas -presentes no DNA do indivíduo. Com essa informação, novas doenças causadoras de morte súbita foram descobertas. Em 1992, os irmãos Brugada, descreveram uma nova síndrome clínica caracterizada pela presença de um padrão eletrocardiográfico que é responsável por eventos de morte cardíaca súbita e ocorre mais em homens do que em mulheres e homens de origem asiática.
Essa arritmia hereditária que faz comque os ventrículos batam tão rapidamente que podem impedir que o sangue circule eficientemente no corpo. Quando esta situação ocorre (também chamada fibrilação ventricular), o indivíduo desmaia e pode morrer em alguns minutos se o ritmo do coração não for restabelecido.
A Síndrome de Brugada é uma doença genética, com transmissão autossômica dominante, esta ligada a alterações no gene SCN5A queleva a uma alteração estrutural dos canais de sódio do coração. Esta cardiopatia afeta apenas o miocárdio. A Síndrome é caracterizada pela elevação do segmento ST nas derivações pré-cordiais direitas ou, por vezes, nas derivações inferiores.
As alterações da repolarização ventricular na síndrome de Brugada foram caracterizadas desde o primeiro consenso sobre a enfermidade, no final do ano de 2002.Foram catalogados 3 tipos denominados tipo 1, tipo 2 e tipo 3. Somente o tipo 1, tem sinal de Brugada, ou fenótipo eletrocardiográfico Brugada é diagnóstico quando observado na ausência de cardiopatia estrutural ou funcional aparentes e não esteja relacionado a isquemia, desequilíbrioeletrolítico ou efeito de fármacos ou drogas.
Sinais e Sintomas
* São assintomáticos fora das crises dearritmia cardíaca.
* Quando essas arritmias ocorrem, pode haver palpitações, tonturas, falta de ar, sensação de desmaio, desmaio e, até, parada cardíaca, podendo ocorrer uma morte súbita.
* Os episódios de morte cardíaca súbita geralmente acontecem durante o sono ou em um momento de repouso.
Diagnóstico
* O diagnóstico é difícil de ser realizado.
A dificuldade se dá porque essaanormalidade acontece em nível molecular e só pode ser detectada por meio de algumas “pistas” e da junção de informações.
A documentação de arritmias ventriculares graves, história de síncope (desmaio) ou paragem cardíaca, um histórico familiar de morte súbita. A primeira suspeita para o diagnóstico de Síndrome de Brugada é uma alteração na onda de batimentos cardíacos do indivíduo, detectada noeletrocardiograma.
Um recurso que pode auxiliar no diagnóstico é o teste farmacológico com Ajmalina. A substância é injetada no indivíduo e bloqueia os canais de sódio do coração, induzindo a anormalidade, que fica mais evidente em quem tem o problema.

Tratamento
Além do uso de antiarrítmicos, o desfibrilador automático implantável (CDI – aparelho que identifica e trata as arritmias cardíacas com umchoque eléctrico), é a única forma de tratamento dos pacientes portadores de Síndrome de Brugada.
Os medicamentos antiarrítmicos não protegem o indivíduo da morte súbita. Por isso, o implante de um cardioversor-desfibrilador - que dá um choque elétrico no coração caso ele sofra uma parada cardíaca - é uma forma de terapia eficaz e capaz de salvar o paciente em caso de um evento cardíaco grave.
Oprognóstico para pacientes com CDI é bom. Caracteristicamente não há evolução para disfunção contrátil miocárdica e os eventos arrítmicos são quase que na totalidade, tratados eficazmente pelo desfibrilador. A complicação mais frequente do tratamento com CDI é a presença de disparos inapropriados secundários a taquicardia sinusal, fibrilação atrial ou outras arritmias supraventriculares....
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Cardiopatia
  • Cardiopatias
  • cardiopatia
  • Cardiopatias
  • cardiopatia
  • Cardiopatias
  • Cardiopatia
  • cardiopatia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!