Cap tulo 13 Resenha

Páginas: 9 (2089 palavras) Publicado: 20 de agosto de 2015
Capítulo 13 - “A ópera dos três cruzados : 1985-1989”
Eduardo Modiano
Os Planos Cruzado, Bresser e Verão não produziram mais do que um represamento temporário da inflação, uma vez que: i) não foram solucionados quaisquer dos conflitos distributivos de renda ou atacados os desequilíbrios estruturais da economia, que poderiam ser considerados focos de pressão inflacionária a médio prazo; ii) odesequilíbrio das contas do governo se agravou; iii) a política monetária foi predominantemente acomodatícia; iv) o setor empresarial passou a se defender com maior presteza e eficácia de quaisquer defasagens dos preços em relação aos custos; e v) os trabalhadores manifestaram com veemência crescente sua insatisfação quanto ao poder de compra dos salários. Assim, restou apenas ao governo promoverdesindexações e, em seguida, administrar as inevitáveis acelerações da inflação.
A desaceleração do crescimento na década de 80 foi comandada pela indústria - cujo produto real cresceu apenas 1,8% a.a. entre 1980 e 1988. Por este motivo, a década de 80 poder ser caracterizada como uma “década perdida”.
Um dos principais empecilhos para a retomada de uma taxa de investimento que garantisse umcrescimento autossustentado do produto da ordem de 6% a.a. decorre da insuficiência de poupança para seu financiamento.
A política econômica brasileira concentrou-se no combate à inflação: os planos de estabilização ortodoxa, adotados no período de 1981-84, promoveram o ajustamento externo da economia, mas não conseguiram evitar a escalada inflacionária. Assim, fazia-se necessário priorizar a desindexaçãoda economia, o que produziria uma queda mais rápida da inflação do que a contração da demanda agregada. Este capítulo analisa as diversas políticas de combate à inflação adotadas no período 1985-89.
A Nova República instalou-se em março de 1985 e o novo governo deu início à gestão da política econômica com anúncio apenas de medidas de austeridade fiscal e monetária.
Um congelamento de preços foideterminado pelo ministro da Fazenda, Francisco Dorneles, para o mês de abril. Além disso, visando amortecer a aceleração da inflação, as fórmulas de cálculo da correção monetária e das desvalorizações cambiais foram modificadas, estendendo a “memória” do processo inflacionário de um para três meses (inflação inercial).
O mês de junho marcou o início de descompressão dos controles sobre os preçosprivados e de descongelamento dos preços públicos. O fracasso do pacote anti-inflacionário marcou, com a substituição do ministro da fazenda, o final da 1ª fase da política econômica da Nova República.
O novo ministro, Dílson Funaro, anuncia uma meta anti-inflacionária mais modesta : estabilização à taxa de 10% ao mês e, as correções monetárias e cambial voltariam a ser norteadas pela inflação dopróprio mês em curso. A nova política econômica daria menor ênfase ao controle da base monetária - objeto permanente de preocupação da equipe anterior -, e assim, a taxa de juros real, que subira vertiginosamente durante o período de abril a julho de 85, declinaria como resultado de uma política monetária menos restritiva, tornando-se mais compatível com a recuperação econômica.
A mudança dafórmula de correção e a consequente redução da memória inflacionária, sugeriam que a economia estava caminhando na direção da indexação plena, e neste caminho, preços, taxa de câmbio e ativos financeiros tornavam-se crescentemente atrelados à variações mensais da ORT. No entanto, não havia uma regra clara e amplamente aceita para a indexação dos salários.
Não havia dúvidas que, com a indexaçãogeneralizada da economia, a taxa de inflação tenderia rapidamente para o novo patamar de 400% a 500% a.a.. Nestas condições, o governo não seria capaz de manter os registros salariais na frequência semestral, o que poderia resultar em outra pressão de custos, colocando a economia na rota da hiperinflação.
Assim, o fracasso do gradualismo em produzir sequer a estabilidade das taxas mensais de inflação,...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Cap Tulo 13
  • Resumo Cap Tulo 12 E 13
  • Cap Tulo 13 Alcool E A Ucar
  • Resenha Cap Tulo 49
  • Filosofia da educação*resenha cap 13
  • Resenha do cap tulo Juridica em constru o
  • Resenha o leviata cap 13 a 16
  • RESENHA DO CAP TULO 10 DO LIVRO TGA

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!