Calvinismo

Páginas: 8 (1817 palavras) Publicado: 17 de setembro de 2014
10 Principais Dificuldades do Sistema Teológico Calvinista e Três Possíveis Soluções


O erudito Reformado James Daane assinala em seu livro The Freedom of God (Eerdmans), que Calvino abordou a predestinação em suas Institutas sob a seção de soteriologia--após ter tratado em profundidade da questão central da justificação. A predestinação não era o seu ponto de início. Ele não tratou arespeito disso nos capítulos iniciais de teologia, propriamente dita. Contudo, no século XVII os teólogos calvinistas desenvolveram um conceito de “decretos divinos” que tornavam um certo ponto de vista da predestinação o ponto de partida e centro de todo um sistema teológico. Isso tem acarretado ao ramo Reformado da Igreja problemas embaraçosos e complexos dos quais nunca conseguiudesvencilhar-se.
Neste ponto, não atraímos a atenção aos argumentos empregados por declarados oponentes da fé Reformada, mas mencionamos algumas das dificuldades no sistema Reformado que têm sido comentadas pelos próprios eruditos Reformados:


1. Não é um idéia cristocêntrica. A noção de um decreto pré-temporal para eleger alguns e condenar outros “incondicionalmente” não é de fato uma eleição “emCristo”. É verdade que o elemento “em Cristo” às vezes é introduzido nessa teoria de eleição, mas somente como um método de efetivar a decisão divina. Por detrás desse “em Cristo” há ainda a etapa mais profunda de eleição e condenação. O ato de eleição em si é fora de Jesus Cristo.

2. Jesus Cristo não é o ponto de partida. Cristo deixa de ser o ponto de partida, e sim uma visão abstrata,filosófica e especulativa que se introduz diretamente na divina glória não velada e torna o Todo-Poderoso sujeito ao escrutínio da lógica humana. O que vem primeiro de tudo é a “eleição”.

Obs.: Lutero dizia que não devemos presumir penetrar a desvelada glória de Deus mas contentar-nos em conhecê-lo só como Ele a nós Se revelou em Jesus Cristo.Tudo quanto podemos saber a respeito de Deus e da eleição foirevelado em Seu Filho. Cristo é a verdade. O evento do Cristo é a verdade sobre o futuro, pois em Sua morte e ressurreição os eventos do juízo final já foram revelados. Ele é também a verdade sobre o passado. Jesus Cristo é a plena revelação do que Deus planejou desde a eternidade. Nesta questão deve-se determinar nada saber, salvo Jesus Cristo, e Este crucificado (1 Cor. 2:2).

3. Deus é acausa do pecado. Quando é asseverado que Deus decretou deixar alguns de parte e reter deles o dom da fé, isso torna a Deus a causa subjacente de alguns não receberem fé. Conquanto os calvinistas neguem vigorosamente que Deus seja a causa do pecado, não é fácil evitarem essa acusação plenamente. Como poderão fazê-lo quando homens como Peter Y. de Jong declaram abertamente: “Deus claramente pré-ordenao mal”?—Crisis in the Reformed Churches (Reformed Fellowship, Inc.), p. 148.

4. Uma doutrina que não pode ser pregada. O erudito Reformado James Daane (The Freedom of God [Eerdmans]) declara que a doutrina Reformada da eleição (e condenação) não pode ser pregada. Ele nos lembra dos argumentos quanto a se o evangelho devia ou não ser pregado a todos os homens, e revela como essa pergunta temtorturado as comunidades Reformadas por séculos. A despeito de esforços hercúleos por um após outro de seus eruditos, ainda não conseguem pôr para descansar a vexatória questão. Daane declara que, conquanto a teoria de eleição Reformada possa ser discutida ou argumentada apologeticamente, ela não pode ser pregada. Ninguém pode pregar a condenação, uma vez que somente o que é objeto de fé pode serpregado. Daane também assinala ser um fato que a eleição não é pregada de púlpitos Reformados:
Hoeksema e Van Til empreenderam as mais abrangentes e sofisticadas tentativas para superar o abismo entre eleição e pregação. Ninguém tentou mais duramente, ninguém lutou mais séria e vigorosamente com esse problema. Comparado com os seus esforços, os dos teólogos escoceses do século dezessete e dos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Calvinismo
  • Calvinismo
  • Calvinismo
  • calvinismo
  • calvinismo
  • Calvinismo
  • Calvinismo
  • Calvinismo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!