braquetes autoligados

Páginas: 15 (3583 palavras) Publicado: 23 de outubro de 2013
ARTIGO DE REVISÃO

Fricção superficial dos bráquetes autoligados
Surface friction of self-ligated brackets

Ana Flávia Borges de Paula
Mestre em Ortodontista pela São Leopoldo Mandic (SP)
Coordenadora e Professora do Curso de Especialização em Ortodontia no INCO 25 (RJ)
Ana Paula Borges de Paula
Ortodontista da Aeronáutica (DF)

Resumo

Este trabalho avalia a fricção superficial dosbráEste trabalho avalia a fricção superficial dos
bráquetes autoligados e bráquetes convencionais,
suas vantagens e desvantagens. Alguns estudos
avaliaram fatores como: os materiais dos fios e dos
bráquetes, as condições da superfície dos fios e do
encaixe do bráquete, a secção do fio, o torque na
interface fio-bráquete, a angulação dos bráquetes,
o tipo e a força da ligadura, a salina eas funções
bucais. Estes fatores influenciam na fricção tanto
dos bráquetes autoligados como dos bráquetes
convencionais, porém todos os bráquetes autoligados mostraram valores de fricção inferiores
aos dos bráquetes convencionais, tanto no atrito
estático como cinético.
Palavras-chave: bráquetes; autoligados; fricção; atrito.

Abstract

The present paper compares the friction surface
ofself-ligated brackets and conventional brackets,
their advantages and disadvantages, based in studies
wich evaluates such factors as the materials of wires
and brackets, the surface condition of the wires and
the brackets fit, the cable section, the torque on the
bracket-wire interface, the angle of the brackets and
strength of their ligations, the saline and oral functions.
These factorsinfluence the friction of both self-ligated
brackets and conventional brackets, but all self-bonded brackets showed lower friction values compared
to those of conventional brackets in both (static and
kinetic) frictions.
Keywords: brackets, self-ligated, friction.

102

O

Introdução

movimento dentário ortodôntico depende de diversos fatores para
que seja executado de maneiraprecisa, tais como: tipo de bráquete e qualidade dos materiais; tipo de amarração entre bráquete e fio
e resposta individual. Para que o sistema de amarração arco-bráquete seja
ideal, deve apresentar algumas propriedades essenciais, como: ser resistente;
manter força constante; proporcionar engrenamento total do arco no slot do
bráquete; produzir o menor atrito possível; ser de manuseio fácil erápido;
permitir aumento da força de fricção, quando desejável; permitir a colocação
de um elástico em cadeia; proporcionar uma boa higiene e ser confortável
para o paciente (15).
O uso de uma amarração com ligadura convencional (elástica ou metálica) tem uma alta prevalência entre os ortodontistas. Entretanto, estes tipos
de ligadura não preenchem todos os requisitos para uma amarração ideal.Durante um longo tempo, as ligaduras metálicas eram as únicas utilizadas.
Elas têm como propriedade uma baixa resiliência, tornando difícil o engrenamento total fio-slot (canaleta da estrutura do bráquete onde é inserido o
arco), e sua força de ligação podem variar de acordo com o manuseio do operador, além de causar desconforto e injúrias ao paciente (15).
Com o objetivo principal de diminuir aresistência do movimento ortodôntico e acelerar o tempo de atendimento do paciente, Stolzemberg criou,
em 1935, o primeiro bráquete do sistema self-ligating (26). Este sistema, também conhecido como self-ligating ou autoligável, se caracteriza por não necessitar da utilização de uma amarração externa, seja elástica ou metálica,
pois o sistema de ligadura está inerente à estrutura do bráquete. Odesign
deste bráquete apresenta como característica um parafuso horizontal com
rosca para fixar o arco, dispensando o uso de amarrilho (9). A ideia de um
sistema livre de ligadura foi redefinida por Wildman, em 1972, como um
bráquete que apresenta tampa que desliza para abrir e fechar o slot, deixando
o arco liberado para qualquer movimento (5).
Ao longo dos anos, diversos fabricantes...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Sistema autoligado
  • introdução aparelhos autoligado
  • Avaliação da resistência à tração de artifícios ortodônticos

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!