Atps Libras

Páginas: 11 (2574 palavras) Publicado: 22 de novembro de 2013
UNIVERSIDADE ANHANGUERA – UNIDERP CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA
CURSO DE PEDAGOGIA

Língua Brasileira de Sinais


NOME DO ALUNO: Samanta Elisa da Costa RA: 7713635709
NOME DO ALUNO: Benedita da Costa Santos RA: 7328549702
NOME DO ALUNO: Vanessa Costa Araujo RA: 8310760495
NOME DO ALUNO: Josemary deo. S. Vital RA: 6581335484
NOME DO ALUNO: Ana PaulaRA:





Atividade Prática Supervisionada (ATPS) entregue como requisito para conclusão da disciplina “Língua Brasileira de Sinais” sob orientação do professor-tutor à distância Ma. Kate M. Oliveira Kumada.São José dos Campos
18 de novembro de 2013


INTRODUÇÃO

Este trabalho procura analisar criticamente a relação entre a surdez , a linguagem e cultura na prática docente. Atualmente o Brasil depara – se com um novo paradigma o da inclusão social dos portadores de necessidades especiais na busca de uma escola para todo, sem separações desexo, raça, classe social para uma abordagem de educação inclusiva que esta aberta para acolher as diferenças. Isso significa atentar para as mudanças e diferenças, dessa forma a inclusão torna-se um direito adquirido no cenário brasileiro.
O surdo percebe o mundo de forma diferenciada dos ouvintes, através de uma experiência visual e faz uso de uma linguagem específica, para isso a língua desinais. Esta língua é, antes de tudo, a imagem do pensamento dos surdos e faz parte da experiência vivida, na comunidade surda é, como artefato cultural, a língua de sinais também é submetida à significação social a partir de critérios valorizados, sendo aprovada como sistema de linguagem rica e independente.


Língua brasileira de sinais na prática docente

A história da linguagem brasileira desinais vem desde antes da descoberta do Brasil, não haviam escolas especializadas para surdos. Até o final do século XV, os surdos eram considerados ineducáveis. Começou a sentir-se a influência de novas manifestações sobre a educação dos surdos, surgidas na Europa e nos Estados Unidos durante os séculos XVI a XIX. Em 1855, veio no Brasil um professor chamado Ernesto Huet e fundou no Rio deJaneiro a primeira escola para surdos no Brasil, o Instituto de Educação de Surdos (INES), em 26 de Setembro de 1857. A Língua de Sinais usada no Brasil recebeu muita influência dos sinais da França e dos Estados Unidos.
Antigamente se usavam sinais diferentes e não havia um padrão a ser seguida, coisa que hoje em dia nós temos. No ano de 2002, foi criada uma lei que reconhecia a Língua Brasileirade Sinais como meio de comunicação objetiva e de utilização das comunidades surdas no Brasil, e em 2005, foi criado um decreto que tornou obrigatória a inserção da disciplina nos cursos de formação de professores para o exercício do magistério em nível médio e superior (Pedagogia, Educação Especial, Fonoaudiologia e Letras). Os surdos são regulamentados pela LEI nº 10.436 de 24 de Abril de 2002,que diz o seguinte: Art.1º É reconhecida como meio legal de comunicação e expressão a língua Brasileira de Sinais – Libras e outros recursos de expressão a ela associados.
Art.2º Deve ser garantido por parte do poder público em geral e empresas concessionárias de serviços públicos, formas institucionalizadas de apoiar o uso de difusão da Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS como meio decomunicação objetiva e de utilização corrente das comunidades surdas do Brasil.
Art.3º As instituições públicas e empresas concessionárias de serviços públicos de assistência á saúde devem garantir atendimento e tratamento adequado aos portadores de deficiência auditiva, de acordo com as normas legais em vigor.
Art.4º O sistema educacional federal e os sistemas educacionais estaduais, municipais e...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • atps de libras
  • ATPS Libras
  • Atps libras
  • Atps libras
  • Atps libras
  • Atps de libras
  • ATPS De Libras
  • ATPS libras

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!