Arte Bizantina

Páginas: 5 (1178 palavras) Publicado: 29 de julho de 2013
UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA
FACULDADE DE COMUNICAÇÃO
CURSO DE JORNALISMO



AMANDA DA SILVA BARBOSA




ARTE BIZANTINA






JUIZ DE FORA
2013
O termo arte bizantina refere-se à expressão artística de caráter religioso do Império Bizantino. No entanto, deve-se lembrar de que esta tendência artística, por meio de influência político-religiosa, expandiu-se pararegiões fora das fronteiras imperiais. O crescente problema nas fronteiras causado pelos bárbaros, além de problemas dentro de Roma com o senado constantemente se envolvendo em questões relacionadas ao reinado dos imperadores, fez com que os imperadores optassem por outras cidades para serem sedes do império. Oimperador Constantino I transferiu a capital do império para Bizâncio, antiga cidade renomeada mais tarde para Constantinopla. Neste local, reúnem-se toda uma série de fatores que impulsionam a ascensão da nova expressão artística. O movimento viveu o seu apogeu no século VI, durante o reinado do imperador Justiniano I ao qual se sucede um período de crise denominado Iconoclasta e que consiste na destruiçãode qualquer imagem santa devido ao conflito político entre os imperadores e o clero. Após a crise iconoclasta, houve uma nova era de ouro da arte bizantina que se estendeu até o fim do império no século XV. No entanto, reminiscências desta arte permaneceram embutidas dentro da religião ortodoxa e em regiões como a Rússia que receberamgrande influência da cultura bizantina. A localização de acordo Constantinopla permite à arte bizantina a absorção de influências vindas da Roma, da Grécia e do Oriente e a interligação de alguns destes diversos elementos culturais num momento de impulso à formação de um estilo repleto de técnica e cor.A arte bizantina está intimamente relacionada com a religião, obedecendo a um clero fortalecido que possui, além das suas funções naturais, as funções de organizar também as artes, e que consequentemente relega os artistas ao papel de meros executores. Também o imperador, possui poderesadministrativos e espirituais, sendo o representante de Deus na Terra.
A história deste estilo artístico pode ser dividida em cinco períodos:
Período Constantiniano – A formação da arte bizantina deu-se nesse período, quando vários elementos se combinaram para dar forma a um estilo bizantino. Mais presente nas criações arquitetônicas, já que pouco resta da pintura, da escultura e dos mosaicos da época,muitos dos quais teriam sido destruídos durante o período iconoclasta que ocorreria no século VIII.
Período Justiniano – Caracterizado por uma decoração naturalista, com enfeites cada vez mais elaborados. Esta mesma tendência apresenta-se também nos tecidos de seda, inspirados na arte persa. Esta é a primeira idade de ouro deste estilo artístico.
Período Macedoniano – Depois de uma era iconoclasta,durante a qual as raras esculturas produzidas foram destruídas pelos imperadores, por evocarem idolatrias pagãs, a arte bizantina vive seu segundo momento áureo. Há uma hierarquização na decoração das igrejas – a parte mais elevada para representar Cristo, a Virgem e os santos; a intermediária com cenas da vida de Jesus e a inferior para a expressão de patriarcas, apóstolos, mártires e profetas.Destaca-se, dessa época, a escultura em marfim.
Período Comneniano – Marcada por uma independência cada vez maior da tradição, evolui para um formalismo de emoção puramente religiosa. Esta arte, nos séculos seguintes, servirá de modelo à arte bizantina dos Balcãs e da Rússia, que tem nos ícones e na pintura mural suas expressões mais elevadas.
Período Paleologuiano – Durante a dinastia dos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Arte Bizantina
  • Arte bizantina
  • A arte bizantina
  • Arte Bizantina
  • A arte Bizantina
  • Arte Bizantina
  • Arte bizantina
  • Arte bizantina

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!