Apostila de mecanica do solos

Páginas: 9 (2172 palavras) Publicado: 8 de maio de 2014








MECÂNICA DOS SOLOS
– VOL. I -






PROF. SÉRGIO M. PIMENTA VELLOSO
PROF. JOSÉ ERNANI DA SILVA SILVEIRA
PROF. JOSÉ ABELARDO BRITO DA ROCHA




FACULDADE DE ENGENHARIA DA FUMEC
- 2002 -


MECÂNICA DOS SOLOS
VOL. I
ÍNDICEFolha
I. Histórico
II. Conceituação e Importância da Mecânica dos Solos
III. Origem e Formação dos Solos
IV. Índices Físicos
V. Granulometria
VI. Plasticidade
VII. Sistemas de Classificação
VIII. Água no Solo – Pressões TotaisEfetivas e Neutras
IX. Movimento da Água através dos Solos – Permeabilidade –
Percolação – Areia Movediça – Filtros – Redes de Fluxo
Piping.
X. Propagação e distribuição das tensões no Solo.











Prof.: Sérgio Maurício Pimenta Velloso
Prof.: JoséErnani da Silva Silveira
Prof.: José Abelardo Brito da Rocha

I - Histórico

Na literatura técnica um dos primeiros trabalhos que temos conhecimento é do francês Vaubam, engenheiro militar e economista, que escreveu em 1687 uma norma para o dimensionamento dos muros de arrimo.
Em 1773, Coulomb apresentou a primeira Teoria de Empuxode Terra considera como um problema de máximos e mínimos e que ainda hoje é utilizada. Esta teoria foi desenvolvida por Poncelet (1844) e Rebhan (1871).
No final do século XIX Rankine (1856), Culman (1866), Forchheimer (1882) e Mohr (1905) estabeleceram as bases de cálculo de empuxo de terras deduzidas pela teoria matemática da elasticidade.
A Mecânica dos Solos deve o seudesenvolvimento a uma série de acidentes ocorridos em obras de terra, principalmente nos Estados Unidos, Suécia e Alemanha.
Os Estados Unidos sendo o país que mais construiu obras em terra, naturalmente é o que apresenta o maior número de relatos de acidentes ocorridos em obras dessa natureza.
As rupturas de Cavaleras Dam, as do canal de Panamá, os recalques diferenciais excessivos – como os domonumento de Washington construído em 1854 levaram o American Society of Civil Enginners a nomear em 1913 uma comissão para estudar o assunto chefiada por Robert Cummings.
Na Suécia os numerosos escorregamentos de cortes e aterros na Ferrovia Federal obrigaram o governo a um programa de pesquisas que se iniciaram em 1913 sobre a presidência de Fellenius, sendo publicado o relatório do mesmoem 1922. Nesta época ocorreu em Göteborg, na Suécia ( 1916 ) uma das maiores rupturas já observadas. O cais de Göteborg se deslocou pela ruptura do solo de fundação havendo um movimento e levantamento do fundo do mar que se fez sentir até uma distância de 90m.

Na Alemanha foram também os numerosos acidentes ocorridos durante a construção do canal de Kiel que levaram os Drs. Krey eFranzius em 1913 a uma pesquisa sistemática dos solos daquele país.
Entretanto, a Mecânica dos Solos só tomou corpo como ciência com o trabalho publicado em 1925 pelo prof. Karl Terzaghi denominado Mecânica das Construções em Terra baseada na Física dos Solos (Erdbaumechanick auf Bodenphysikalische Grungdlage ). Terzaghi é considerado atualmente o pai da Mecânica dos Solos.

II -Conceituação e importância da Mecânica dos Solos

Podemos definir solos como sendo materiais terrosos, desagregados, de origem inorgânica ou orgânica e constituídas de elementos pertencentes às três fases físicas em proporções variáveis, e que se encontram à superfície da terra, sobre o seu embaçamento cristalino.
A mecânica dos Solos é a ciência técnica que tem por finalidade o estudo quantitativo...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Apostila de mecânica dos solos
  • Apostila Mecanica dos Solos
  • apostila mecanica dos solos
  • apostila mecanica dos solos
  • Apostila de mecanica dos solos escola de engenharia de são carlos
  • Apostila de mecanica dos solos escola de engenharia de são carlos
  • Mecanica dos solos
  • Mecânica dos Solos

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!