Apostila De Harmonia Funcional

Páginas: 8 (1814 palavras) Publicado: 18 de julho de 2015
https://rosadesarontabs.wordpress.com/tag/intervalos/

Campo Harmônico

O Campo Harmônico, numa definição simples, é o conjunto de acordes que podemos formar a partir de uma escala. Por exemplo, temos a escala de Dó maior. A escala de Dó maior tem 7 notas. Sobre cada nota é possível formar um acorde. Portanto, da escala de Dó maior, que tem 7 notas, podemos formar 7 acordes, e esses 7 acordesformados a partir da escala de Dó maior formam o Campo Harmônico de Dó maior.
Estudaremos o Campo Harmônico em tétrades. Não que os acordes sempre devam ser tocados com a sétima, mas só para ampliarmos nossa visão sobre a estrutura dos acordes e das escalas.
Montar as tétrades é fácil. Basta que tenhamos uma fundamental (I) e a partir dela achamos a sua III, V e VII. O problema é classificar essesdemais graus. A III vai ser maior ou menor? A V vai ser diminuta, justa ou aumentada? A VII vai ser maior, menor ou diminuta? Vamos à prática!
Temos a escala de Dó Maior:

Agora sobre cada nota da escala vamos acrescentar suas respectivas III, V e VII:

Obtemos as seguintes tétrades:

Agora temos que classificar os intervalos de terças, quintas e sétimas dessas tríades:

Pensando que de uma colunaa outra na tabela acima temos a distância de ½ tom, percebemos que os acordes formados são:

Aí então temos os acordes que compõem o Campo Harmônico de Dó Maior.
C7M  –  Dm7  –  Em7  –  F7M  –  G7  –  Am7  –  Bm7/5-
(Dó Maior com Sétima Maior – Ré Menor com Sétima Menor – Mi Menor com Sétima Menor – Fá Maior com Sétima Maior – Sol Maior com Sétima Menor – Lá Menor com Sétima Menor – Simeio-diminuto)
Para completarmos o raciocínio façamos também o Campo Harmônico da relativa menor de Dó que será Lá Menor Natural. Façamos também da Menor Harmônica e Melódica.










Campo Harmônico de Lá Menor Natural

















Campo Harmônico de Lá Menor Harmônico
















Campo Harmônico de Lá Menor Melódico




Portanto, temos:

Como estudar?
A única forma de se estudar Campo Harmônico éformando as escalas, montando as tétrades e vendo qual acorde é formado. Uma forma legal de se organizar esse estudo é seguindo a sequência usada na formação de escalas. Por exemplo, montar C.H. de Dó Maior, depois da sua relativa menor mais a harmônica e a melódica.
Dó Maior Natural;
Lá Menor Natural;
Lá Menor Harmônico;
Lá Menor Melódico.
Depois partir para a próxima escala que vai ser:
SolMaior Natural;
Mi Menor Natural;
Mi Menor Harmônico;
Mi Menor Melódico.
Fazendo esse exercício logo você notará que no C.H. Maior sempre o I, IV e V graus são maiores, sendo que o I e IV tem 7M e o V 7; que o VII será sempre um acorde meio-diminuto, etc. Notará que o C.H. Menor Natural é igual ao Maior (pois eles são relativos). Também perceberá que no C.H. Harmônico o VII sempre será um acordediminuto, que no C.H. Melódico o VI e o VII sempre serão meio-diminutos, enfim, muda-se a tonalidade, mas os graus sempre formam os mesmos acordes. Nada mais lógico, pois a estrutura da escala é a mesma, só se muda a tonalidade (Ré Menor Melódico e Mi Menor Melódico – a escala é a mesma, mas a tonalidade é diferente. Mudam-se as notas, mas o tipo de acorde formado será sempre o mesmo). Então vocêpensa, “puxa, se eu decorar os acordes que são formados em cada grau de cada escala estarei por dentro do conteúdo!” – ledo engano. Inclusive aqui está a tabela dos acordes que serão sempre formados:

Decorar essa tabela é fácil. O difícil e mais importante é saber a relação entre as notas e ter esse conhecimento na ponta da língua, ou dos dedos. Por exemplo, sabemos que no C.H. Maior o I, IV e Vsempre formam acordes maiores. OK. Então no C.H. Maior de Mi sabemos que teremos Mi Maior (E) e que o IV e o V também serão maiores. Mas quem são o IV e o V? (Pensa, pensa, pensa…) O Lá e o Si (A,B). Tá, e quais são as notas que compõem esses acordes? Lá… (pensa, pensa, pensa…) Dó… não!!! (Pensa mais, mais, mais, mais…) Dó# e… (pensa, pensa, pensa, pensa…) Mi! E as notas da tríade do B? Aí vai mais...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • apostila sistemas funcionais
  • Harmonia
  • Harmonia
  • Harmonia
  • harmonia
  • harmonia
  • Harmonia na Arquitetura
  • O mestre de harmonia

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!