Aneurisma

Páginas: 5 (1051 palavras) Publicado: 24 de outubro de 2013
ANEURISMA
Definição
Exemplo: artéria renal tem em média 2 cm.
>3cm: aneurisma
Entre 2 e 3: ectasia

Pq dç aneurismática é importante  pq rompe (alta mortalidade cirúrgica)
Dilatação isolada de um segmento da artéria que envolva todas as camadas da parede que seja 50% maior que o tamanho normal do vaso. Se não chegar a 50% não é aneurisma é uma ectasia. Se não envolver todas as camadasTb é aneurisma falso ou pseudoaneurisma. Se for uma dilatação difusa por todo o vaso é uma arteriomegalia.
Observações
É comum ter aneurismas múltiplos. O aneurisma de extremidade mais comum que existe é o de poplítea e no geral o mais comum é o abdominal. O segmento abdominal mais comum é o infra-renal.
Epidemiologia
3º causa de morte súbita, mais comum em homens
Fatores de riscoTabagismo, história familiar, idade, homens, dça aterosclerótica, dislipidemia, DPOC e HAS (aumentam o risco de rotura). DM não é fator de risco.
Classificação
Quanto a forma, ao tamanho, a localização e ao diâmetro.
Classificação quanto a forma
a) fusiforme: dilatação em toda a circunferência da artéria (não necessariamente na mesma proporção)
b) saculares: enfraquecimento é localizado
Classificaçãoquanto ao tamanho
Considera o maior tamanho transverso. É o principal critério para correção eletiva de aneurisma
Classificação quanto a localização
a) torácico: foram os que mais se beneficiaram com a cirurgia endovascular
b) toráco-abdominal: usa a classificação de Crawford
c) abdominais: mais comum é o infra renal
Classificação de Crawford
(não é uma classificação anatômica mas simtécnico-cirúrgica)
Tipo I: pega torácica e só um pouquinho da abdominal
Tipo II: maior aneurisma que se pode ter
Tipo III: pega as duas porções
Tipo IV: não envolve aorta torácica mas para acessar a aorta abdominal tem que entrar pela torácica.
Classificação quanto a etiologia
Pode ser degenerativo (aterosclerótico), inflamatório, micótico, congênito, pós-estenótico, dissecante,pseudoaneurisma (por trauma ou por infecção)
Degenerativo
Patologia multifatorial, mais comum, degradação proteolítica da parede, metaloproteinases ficam ativadas e digerem as fibras.
Inflamatório
Segundo mais comum, idiopático, parede espessada, tem calcificação intraparietal, aumento de VHS.
Micótico ou infeccioso
Enfraquecimento ocorre devido infecção. Predomina aneurismas saculares. Predomina oStaphylococcus aereus e Salmonella. Para operar não tem negócio de tamanho nesse caso!
Congênito
Causa congênita leva ao enfraquecimento da parede. Exemplo Sd de Marfan
Pós-estenótico
Ocorre por causas hemodinâmicas e aqui o risco maior não é de rotura mas sim de embolia para os dedos e de trombose. Exemplo Sd. Do desfiladeiro torácico.
História natural
Geralmente estão assintomáticos comcrescimento lento...pode dar sintomas compressivos ou pode dar complicações isquêmicas (embolia e trombose). Durante essa fase o aneurisma pode instabilizar e ter um crescimento rápido (expansão rápida), que costuma ter sintomas e pode romper. A rotura pode ser estável ou instável. Apenas na fase de crescimento lento é que se pode tratar eletivamente.
Quadro clínico
De Bakey positivo(não vê final doaneurisma): sugere tóraco-abdominal
De Bakey negativo(vê final do aneurisma): sugere abdominal
Maioria assintomática, acaba sendo um achado ocasional de exame físico ou imagem. Pode ser descoberto pela palpação. Existe o sinal de DeBakey (diferencia aneurismas abdominais de tóraco-abdominais). Se tem dor abdominal é indicativo de aneurisma roto. Se tiver sinais de choque hemorrágico é indicativode aneurisma roto instável (vai para Centro cirúrgico)
Exames complementares
Faz exame e pct tá assintomático e vc sente uma massa pulsátil  faz US
Pct assintomático
Radiografia de tórax (praticamente não se faz) qdo faz pode mostrar um alargamento aórtico que sugere um aneurisma...mas tem q fazer mais exames. ECO pode mostrar aneurismas de aorta ascendente, US abdominal é o exame para...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Aneurisma
  • aneurisma
  • Aneurisma
  • Aneurisma
  • ANEURISMA
  • aneurisma
  • Aneurisma
  • Aneurisma

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!