Ambientes digitais virtuais: acessibilidade aos deficientes visuais

Páginas: 17 (4096 palavras) Publicado: 8 de fevereiro de 2013
AMBIENTES DIGITAIS VIRTUAIS: ACESSIBILIDADE AOS DEFICIENTES VISUAIS


|RESUMO |
|O objetivo deste trabalho é fornecer noções básicas sobre os principais sistemas de acessibilidade de deficientes visuais |
|(dv's) aos ambientes digitais virtuais atualmente utilizados emnosso país, suas principais características e modo de |
|funcionamento.  Procuramos apresentar uma compilação destas "próteses" as quais objetivam o acesso de dv's aos contextos |
|educacional e social em uma abordagem mais inclusiva. |
|Palavras chave: deficiência visual, ambientes digitais, acessibilidade,inclusão |
|VIRTUAL DIGITAL AMBIENTS: ACCESSIBILITY TO DISABLED VISUAL |
|  |
|ABSTRACT|
|This paper presents basic concepts about the main systems of acessibility to visual disabled (vd) to digital ambients today |
|used in our country, your main characteristics and operation manners. We try to present one overview of this softwares that |
|object the access to vd to the educational and social contexts in one approach more included.|
|Key words: visual disabled, digital ambients, accessibility, inclusion |
|INTRODUÇÃO |
|De acordo com uma pesquisa realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em 1991,haviam 1.668.654 |
|pessoas com necessidades educacionais especiais – PNEEs (1,15% da população) e segundo levantamento estatístico do MEC em 1997|
|somente 334.507 (2%) recebiam algum tipo de atendimento. No que tange a deficiência visual, A Organização Mundial de Saúde |
|(OMS) estima que nos países em desenvolvimento, como no Brasil, 1 a 1,5% da população apresenta esta necessidade."Assim, no |
|Brasil haveria cerca de 1,6 milhão de pessoas com algum tipo de deficiência visual, sendo a maioria delas com baixa visão" |
|(Gil, 2000). De acordo com dados do Senso Escolar MEC/INEP 2000, no período de 1996 a 2000, a matrícula de alunos com |
|deficiência visual na educação básica apresentou um aumento na ordem de 134,2%. (Santos, 2001, p.20). Por meio destes dados|
|podemos, mesmo que prematuramente, concluir que há uma certa preocupação com as PNEEs, mas ainda falta muito para que tenhamos|
|uma sociedade alicerçada nos ideais da inclusão. |
|"A construção de uma sociedade de plena participação e igualdade tem como um de seus princípios a interação efetiva de todos |
|oscidadãos. Nesta perspectiva é fundamental a construção de políticas de inclusão para o reconhecimento da diferença e para |
|desencadear uma revolução conceitual que conceba uma sociedade em que todos devem participar, com direito de igualdade e de |
|acordo com suas especificidades". (Conforto & Santarosa, 2002). |
|O respeito aidiossincrasia de cada sujeito constitui-se em um ponto chave para o que atualmente denominamos de inclusão. E a |
|informática tem sido uma grande aliada desses "diferentes" atravessando barreiras e quebrando obstáculos. Podemos comprovar |
|esta afirmação através de várias pesquisas já realizadas. (Santarosa, 2002). De acordo com a autora os resultados das |
|pesquisas demonstram...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • FERRAMENTAS DIGITAIS: ACESSIBILIDADE NA WEB PARA DEFICIENTES VISUAIS
  • Acessibilidade escolar para deficientes visuais
  • inclusao digital para Deficientes Visual
  • Inclusão digital para deficientes visuais
  • Usabilidade e acessibilidade de sites para deficientes visuais
  • Projeto Acessibilidade e Usabilidade Deficientes visuais
  • Associação de Deficientes Visuais do Rio Grande...
  • ANÁLISE DE USABILIDADE E ACESSIBILIDADE EM TABLETS PARA DEFICIENTES VISUAIS

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!