60754629376

Páginas: 2 (288 palavras) Publicado: 17 de julho de 2014
O movimento ambiental no Brasil e no mundo

Questão ambiental contemporânea ganha força a partir da década de 1970
Por Patrícia Mariuzzo

O movimento ambiental no Brasil e no mundoMore Sharing Servicesmaisarquivar texto Share on printimprimirShare on emaile-mail
15/08/2010
Biodiversidade, aquecimento global, destruição da camada de ozônio, destinação do lixo,acidentes ambientais, emissão de dióxido de carbono, reciclagem, fontes alternativas de energia, desenvolvimento sustentável são assuntos prementes na contemporaneidade. A partir de quando essaspreocupações passaram a ocupar a agenda política global, afetando as estratégias empresariais e o comportamento dos indivíduos? "O marco da crise ambiental emerge com as bombas atômicas queos Estados Unidos explodiram no Japão no fim da II Guerra Mundial, em 1945[1], com os diversos testes nucleares realizados pelas potências militares e consequentes movimentos de reaçãopacifistas e antinucleares", explica Gustavo Costa Lima, sociólogo da Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

O questionamento dos rumos do desenvolvimento econômico e tecnológico e suarelação com o esgotamento dos recursos naturais se intensifica na década 1950. Esses anos já apresentam características que se ampliam nas duas décadas seguintes: grandes taxas de crescimentoeconômico, importantes avanços tecnológicos, polarização geopolítica (Guerra Fria e corrida armamentista), emergência do American Way of Life (modelo americano de consumo intensivo, comapelo à praticidade dos alimentos industrializados, dos eletrodomésticos, dos "carrões", da expansão das grandes redes varejistas). "Temos algo que poderíamos chamar de uma consciênciaambiental que se volta à discussão dos impactos do uso do conhecimento do homem sobre o planeta e sobre o próprio ser humano", explica Rosana Corazza, professora da Facamp (Faculdades de Campinas).
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!