550483306 43452 Modelo Relat Rio F Sica Experimental II

Páginas: 2 (434 palavras) Publicado: 21 de julho de 2015




As superficies equipotenciais e, a análise do campo elétrico.

Autores: Karollyne Plácido, Isadora Rodrigues, Fernando Júnior, Amanda Mendanha, Vinícius Bueno.
Física Experimental II – Técnicoem Química
Prof. Dr. Fernando Pereira de Sá

Resumo. Esta atividade tem o objetivo de conhecer o campo elétrico, como a sua identificação, descrição, potencial, linhas equipotenciais, comparação,reconhecimento e sua ultilização no dia a dia.

Palavras chave: campo, elétrico, linhas.
Introdução

Superícies equipotenciais são superficies de um campo elétrico, onde todas as linhas de força sãosempre perpendiculares a sua superfície.
Se um conductor elétrico apresenta equilíbrio em sua superfície, esta superfície é equipotencial. Sua representação matemática se baseia da expressão dotrabalho: τ = q (Vb - Va).

Procedimento Experimental

01 ponteira para tomada de dados;
01 cuba projetável com escala;
02eletrodos planos;
01 eletrodo em anel
02 eletrodos cilíndricos;
01 escalaprojetável;
01conexão de fio com pinos banana;
02 conexões de fios VM com pino banana e garra jacaré;
02 conexões de fios PT com pino banana e garra jacaré;
01 chave liga-desliga;
01 retroprojetor;01 copo descartável com sal;
Coloque 250 msl de água no copo. Meça duas colheres de sal de cozinha, adicione à água e agite a solução por 30 segundos. Aguarde a dissolução do sal. Coloque a escalasobre o retroprojetor. Coloque a cuba sobre a escala. Derrame a soluçaõ de cloreto de sódio na cuba de forma cobrir os eletrodos retos.

Resultados e Discussão


Quando introduzido o anel condutor nocampo elétrico produzido por placas paralelas, verificamos que há uma indução de cargas na superfície deste anel, e que no seu interior surgirá um campo de módulo igual ao campo produzido pelas placas,portanto igual a zero. Por isso observamos que o potencial no interior do anel deve ser constante. Embora no experimento o potencial dentro do anel não fosse constante, ele ficou muito próximo...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Relat rio de F sica Experimental
  • Relat rio de F sica Experimental
  • Relat Rio De F Sica Experimental
  • RELAT RIO DE F SICA II
  • Relat Rios De F Sica II
  • Relat Rio II De F Sica
  • Relat Rio Experimental De F Sica Corrigido
  • Relat rio 07 F sica Experimental 2

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!