Tipos De Memoria Humana artigos e trabalhos de pesquisa

  • A memória humana

    1 UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA – CAMPUS I CENTRO DE EDUCAÇÃO CURSO DE PSICOPEDAGOGIA DEPARTAMENTO DE PSICOPEDAGOGIA A MEMÓRIA HUMANA DEYSEBERTA GAMA KAROLYNE THAIS LARISSA RAVENA VANESSA ARAUJO COMPONENTE CURRICULAR: NEUROPSICLOGIA JOÃO PESSOA – PB MARÇO/2013 2 DEYSEBERTA GAMA KAROLYNE THAIS LARISSA RAVENA VANESSA ARAUJO A MEMÓRIA HUMANA Artigo desenvolvido por exigência da PhD: Carla Moita Minervino do Curso de Psicopedagogia da Universidade Federal da Paraíba, para...

    3509  Palavras | 15  Páginas

  • memoria humana

     Memória humana . O que é ? A memória humana é constituída pela capacidade dos seres humanos de adquirir, conservar e evocar informações através de dispositivos neurobiológicos e da interação social. Funcionamento da memória Quanto mais se sabe sobre a memória, melhor se compreende como melhorá-la. É nosso conjunto de memórias coletivas - nossa "memória" como um todo - que nos torna quem somos, elas oferecem uma percepção de personalidade. São elas que fazem você se sentir confortável...

    2238  Palavras | 9  Páginas

  • DESVENDANDO A MEMÓRIA HUMANA

    DESVENDANDO A MEMÓRIA HUMANA A memória é definida como uma modificação mais ou menos permanente das relações do organismo com o seu meio, que ocorre como resultado da prática, da experiência ou observação. O aprendizado é a aquisição dessas modificações. Para se chegar à memória é preciso aprendizagem, e para que haja aprendizagem é necessário o envolvimento da capacidade de perceber. A percepção, não requer apenas mecanismos de coerência, mas também mecanismos de memória, aqui definida como...

    1188  Palavras | 5  Páginas

  • Memória Humana

     Introdução á Memória Humana Documentário “Complains of a Dutiful Daughter” no youtube (Alzheimer). Défices de memória – Caso 5. Clive Wearing: Danos profundos no cérebro (7 segundos de memória). *caso mais profundo de perda de memória. Memória não é singular – há vários tipos de memória. M. Procedimental – componente motora (competência). Actividade rotineira (ex: fazer chá) pode ainda ser efectuada mesmo com perda de memória. Caso 6. Jimmie G (Síndrome Korsakov):...

    573  Palavras | 3  Páginas

  • TRABALHO SOBRE MEMÓRIA

    PEREIRA VIVIANE MARIA MARINHO ALBUQUERQUE MEMÓRIA: ALGUNS APONTAMENTOS NATAL 2013 ALYKELLEN POLLYANNA MACÊDO SOARES ANA CARLA LIMA DE MORAIS FRANCILANE JOYCE LIMA LEMOS FRANCISCA MARTA NASCIMENTO GAMA DOS SANTOS JERUSA MARIA DO ESPÍRITO SANTO SOUZA DANTAS LUANA MARIA FELIX MARIA DAS VITÓRIAS ANDRADE PEREIRA VIVIANE MARIA MARINHO ALBUQUERQUE MEMÓRIA: ALGUNS APONTAMENTOS Trabalho apresentado Universidade...

    6055  Palavras | 25  Páginas

  • Memoria

    1.0 DEFINIÇÃO: A memória é basicamente a capacidade humana de inscrever, conservar, e relembrar mentalmente vivências conhecimentos, conceitos, sensações e pensamentos experimentados em um tempo passado. (FONTE) Entender os mecanismos de funcionamento da memória humana é um grande desafio da ciência, pois o tema é de uma extrema complexidade. Memória é a capacidade de reter e manipular informações adquiridas anteriormente, não pode deixar de citar que a capacidade de memorização não é exclusiva...

    1631  Palavras | 7  Páginas

  • Resumo do texto “le goff, jacques . memória”

    Federal do Estado do Rio de Janeiro Museologia, memória e patrimônio José Mauro Aluna: Thais Pucu Neves Ano: 2012.2 Resumo do texto “LE GOFF, Jacques . Memória” Segundo o autor, o conceito de memória surge em meio às ciências humanas, mas que também abrange os campos psíquicos e biológicos relacionados ao homem, já que remonta acontecimentos pessoais do indivíduo. Sendo, então, a conservação de informações de cada pessoa, mantendo-as vivas. A memória também serve para abordar problemas do tempo...

    858  Palavras | 4  Páginas

  • Memorias e associações na opnião do autor Edgar Willems

    Fale sobre a memoria segundo o autor edgar Willems -No inicio dos estudos musicais, focamos em determinadas vertentes, tais como postura correta, os principios básicos da tecnica necessaria tocar determinado instrumento musical ou cantar e a qualidade timbristica e sonora. O de que fato acontece é que para guardarmos essas vivencias e experiencias utilizamos diversos tipos de memoria. Para Willems, entre outros psicologos, esses diversos tipos de memorias, que conservam ideias e vivencias anteriormente...

    754  Palavras | 4  Páginas

  • MEMORIA

    Memória Imagine sua vida sem memória. Não haveria como saborear as recordações de momentos alegres, sem sentimento de culpa ou angústia por recordações dolorosas. Cada momento seria uma nova experiência. Mas cada pessoa seria um estranho, cada língua estrangeira, cada tarefa, como se vestir, cozinhar, andar de bicicleta seria um novo desafio. Sua memória é o arquivo da mente, o depósito de sua aprendizagem acumulada. Para o estadista romano Cícero, a memória era “o tesouro e guardião de todas...

    1267  Palavras | 6  Páginas

  • Introducão como funciona a memoria humana

    Introdução a Como funciona a memória humana Quanto mais se sabe sobre a memória, melhor se compreende como melhorá-la. Neste artigo você terá uma visão geral básica de como sua memória funciona e de que maneira os efeitos do envelhecimento afetam sua capacidade de lembrar. O primeiro choro de seu filho, o gosto dos biscoitos de polvilho da sua avó, o cheiro da brisa do oceano. São esse tipos de memórias que formam a experiência contínua de sua vida - elas oferecem uma percepção de personalidade...

    764  Palavras | 4  Páginas

  • Distinções entre memória de curto prazo e memória de longo prazo

    Distinções entre Memória de Curto Prazo e Memória de Longo Prazo Renata Queiroz Dividino RA993183, Ariadne Faigle RA001380 1. Introdução A memória humana é capaz de realizar uma rica variedade de operações. De um lado, a memória humana nos permite a identificar e classificar sons, sinais, cheiros, gostos e sensações. De outro lado, ela é capaz de reter e manipular informações que adquirmos durante nossa vida. A memória consiste em um conjunto de procedimentos que permite manipular e compreender...

    2675  Palavras | 11  Páginas

  • Memoria

    PROCESSOS PSICOLÓGICOS BASICOS MEMÓRIA: CODIFICAÇÂO ARMAZENAMENTO E REPRODUÇÃO RESUMO Neste trabalho acadêmico iremos discorrer sobre um dos processos psicológicos básicos utilizando a metodologia cientifica aos rigores avaliativos com o intuito de demonstrar coerentemente o funcionamento de tal processo. Este processo é denominado de memória ao qual divide se em três parâmetros primordiais para o seu funcionamento estes seriam: Codificação, armazenamento e reprodução com a abrangência...

    2183  Palavras | 9  Páginas

  • trabalho de memoria

    Definição de Memória Memória é a capacidade de o indivíduo se situar no presente levando em consideração o passado e o futuro. A memória fornece as bases para todos os nossos conhecimentos, habilidades, sonhos, planos e anseios. Memória é, por conseguinte, um fator determinante do nosso comportamento. Assim, o conhecimento sobre a natureza e as bases biológicas da memória é essencial para o entendimento da psique humana. Memória é a capacidade de adquirir, reter e evocar, quando necessárias...

    1147  Palavras | 5  Páginas

  • Memória humana

    A MEMÓRIA HUMANA Para o melhor entendimento da memória veremos basicamente três questões fundamentais: Como a informação entra como ela é mantida e como é resgatada da memória, isso envolve três processos: A codificação, armazenagem e recuperação. A codificação: È preciso prestar atenção à informação para lembrá-la, a atenção é uma seleção de estímulos, temos que filtrar a estimulação ao nosso redor e apenas os estímulos selecionados passam para a consciência para que o cérebro processe o significado...

    1556  Palavras | 7  Páginas

  • Resumo do capítulo 6 le goff - memórias

    texto: Memória – Jacques Le Goff O ensaio se ocupou com a memória tal com ela nasce nas ciências humanas, ressaltando mais a memória coletiva do que as memórias individuais e descrevendo em tópicos a memória no campo científico global. A linha de estudo ficou por conta das relações entre a memória e a história divididas em cinco tópicos: a memória étnica nas sociedades sem escrita ditas (selvagens); o desenvolvimento da memória, da oralidade à escrita, da Pré-história à Antiguidade; memória medieval...

    1288  Palavras | 6  Páginas

  • Memória

    PORTELA FONTES ELAINE SOUZA GADELHA GABRIELLA CONDE GOMES  JÂMILA SURAYA VIEIRA DE SOUZA SIRLEIDE BEZERRA MARTINS     Memória: Processos da Memória           RIO BRANCO - ACRE  2013  ALEXANDRA ANDRESSA PORTELA FONTES ELAINE SOUZA GADELHA GABRIELLA CONDE GOMES  JÂMILA SURAYA VIEIRA DE SOUZA SIRLEIDE BEZERRA MARTINS Memória: Processos da Memória       Pesquisa apresentada como requisito para obtenção de nota parcial referente à avaliação de B1 da disciplina de Processos...

    2351  Palavras | 10  Páginas

  • funções psíquicas: memoria

    ESTUDOS A formação da memória no desenvolvimento psíquico: contributo à educação Lucélia Yumi Inumar Isilda Campaner Palangana Palavras-chave: desenvolvimento psíquico; memória; educação escolar. Resumo Ao longo da história, juntamente com o trabalho, as funções psíquicas são constituídas e modificadas. Em meio às transformações da sociedade contemporânea, gradualmente, a memória, como uma dessas funções, vem sendo cada vez menos exercitada, devido à disponibilidade de recursos tecnológicos...

    9489  Palavras | 38  Páginas

  • Patrimonio e memória

    Conceito de memória é crucial. Embora o presente ensaio seja exclusivamente dedicado á memória tal como ela surge nas ciências humanas fundamente na memória e na antropologia, e se ocupe mais da memória coletiva que das memórias individuais ,é importante descrever coletiva que das memórias individuais no campo cientifico global. O homem pode atualizar impressões passadas ou que ele representa como passadas . A noção do aprendizagem ,importante na fase de aquisição da memória desperta o...

    815  Palavras | 4  Páginas

  • Influência genética sobre a memória humana

    genética sobre a memória humana: uma revisão Fabiana Michelsen de Andrade1*, Vanessa Kappel da Silva1 e Jaqueline Bohrer Schuch2 Recebido: 14 de setembro de 2010 Recebido após revisão: 23 de junho de 2011 Aceito: 14 de julho de 2011 Disponível on-line em http://www.ufrgs.br/seerbio/ojs/index.php/rbb/article/view/1728 RESUMO: (A influência genética sobre a memória humana: uma revisão). A aquisição, armazenamento e evocação de informações são processos importantes para a formação da memória. O déficit...

    11115  Palavras | 45  Páginas

  • Neurobiologia - Linguagem e memória

    LINGUAGEM E MEMÓRIA I – INTRODUÇÃO O seguinte texto aborda os campos da linguagem e da memória em relação a neurobiologia. Mostrando como o ser humano utiliza a linguagem para simbolizar o que o cerca e o fenômeno de memória como Ideia de armazenamento dessa informação estrutural, um aspecto central da existência humana. Mostrando a estrutura do cérebro intimamente relacionada aos processos de memória. II - LINGUAGEM A linguagem é uma habilidade humana que procura simbolizar...

    2229  Palavras | 9  Páginas

  • Memória

    relação à memória é a ilusão do déjà-vu (o já visto), em que uma pessoa tem a falsa impressão de familiaridade com situações que, no entanto, são vividas pela primeira vez. Estudiosos da memória ainda buscam uma explicação para o fenômeno. Memória é a capacidade da mente humana de fixar, reter, evocar e reconhecer impressões ou fatos passados. A função de lembrar e sua oposta, esquecer, são normalmente adaptativas. O aprendizado, o pensamento e o raciocínio não seriam possíveis sem a memória, mas a...

    834  Palavras | 4  Páginas

  • Fichamento Historia e memória / Jacques Le Goff

    1924 Historia e memória / Jacques Le Goff; tradução Bernado Leitão... [et al.]. – 5ª Ed. – Campinas, SP: Editora da Unicamp, 2003. MEMÓRIA O conceito de memória é crucial. Embora o presente ensaio seja exclusivamente dedicado à memória tal como ela surge nas ciências humanas (fundamentalmente na história da antropologia), e se ocupa mais da memória coletiva que das memórias individuais, é importante descrever sumariamente a nebulosa memória no campo cientifico global...

    627  Palavras | 3  Páginas

  • memoria e meios de comunicacao

    Formas da memória em ambientes de instabilidade Bibliografia: VAN DIJCK, José. Mediated memories in the digital age. Stanford: Standord University Press, 2007. Capítulos 1e 2. Bibliografia: GARDE-HANSEN, Joanne; HOSKINS, Andrew; READING, Anna. Save as…Digital Memories. Hampshire: Palgrave Macmillan, 2009. Caps. 1 e 10, 2009. Bibliografia: BROCKMEIER, Jens. After the archive: remapping memory. Culture & Psichology. Vol. 16, no. 1, p. 5-35, 2010. A memória é a capacidade de adquirir (aquisição)...

    1966  Palavras | 8  Páginas

  • Neuroanatomia: Sistema endócrino, comportamento e memória

    ROBERT NEUROANATOMIA sistema endócrino, comportamento humano e memória. PINHALZINHO-SC 2014 Universidade do Oeste de Santa Catarina - UNOESC Campus de Pinhalzinho Curso:Psicologia Disciplina: Neuroanatomia Professor: Leonardo Weber Fabiao NEUROANATOMIA sistema endócrino, comportamento humano e memória. Acadêmica: Daiane Robert PINHALZINHO-SC 2014 1 INTRODUCÃO A anatomia humana visa ao estudo da estrutura e a organização do nosso corpo, bem...

    2241  Palavras | 9  Páginas

  • Memória

    1 INTRODUÇÃO:. A memória é o que permite a aprendizagem, pois é através da memória que os conhecimentos se consolidam nos possibilitando aprender coisas novas e aumentando assim o nosso conhecimento. É um sistema de armazenamento que permite reter a informação aprendida e permite evocar essa mesma informação, isto é, permite lembrar informação retida anteriormente. Foi o que colocamos em prática nesse estágio, conseguimos observar a importância da memória em nossa vida, realizando um...

    1365  Palavras | 6  Páginas

  • Memória Semantica

     Universidade Lusíada de Lisboa Faculdade de Ciências Humanas e Sociais Psicologia e Ciências da Educação Memória: Memória Semântica Inês Maria Perez Lopes Lisboa Novembro 2012 Inês Maria Perez Lopes Memória: Memória Semântica Trabalho académico entregue na disciplina de Psicologia Cognitiva da Licenciatura em Psicologia Orientador: Prof. Doutor António Rebelo Co-orientador: Prof. Doutora...

    1152  Palavras | 5  Páginas

  • Fichamento do prefácio e o capítulo memória do livro história e memória de jacques le goff

    LE GOFF, Jacques. História e Memória. 4. ed. Campinas: Ed. Da UNICAMP, 1996. Aluno: Rodrigo Otto da Silveira Professor: Vagner da Silva * O presente fichamento, apresenta o prefácio e o capítulo Memória do livro História e Memória de Jacques Le Goff. * Prefácio * O autor expõem seis tipos de problemas sobre o conceito de história. (p.07). * [...] desde a Antiguidade, a ciência histórica, reunindo documentos escritos e fazendo deles testemunhos, superou o limite do meio século...

    1768  Palavras | 8  Páginas

  • Neurociência, Psicologia e Memória

    importância da Neurociência para a Psicologia?” e “qual a importância da memória para a Psicologia?”, trazendo conceitos básicos sobre estes termos, visando um melhor entendimento sobre a interdisciplinaridade e as ferramentas utilizadas pela Psicologia para a compreensão do comportamento e da mente humana, considerando históricos, teorias e pontos de vista desenvolvidos durante o trajeto de estudo psicológico, da neurociência e da memória. Neurociência...

    1726  Palavras | 7  Páginas

  • Aprendizagem e Memória para as Ciências Cognitivas

    ou não - sofre alterações, sejam essas temporárias ou permanentes. Para o processo de estabilização efetiva do condicionamento, a presença (ou promessa de presença) de um estímulo reforçador é necessária. A literatura Comportamental apresenta dois tipos básicos de condicionamento: Clássico e Operante. O conceito de condicionamento clássico surge em 1920, quando Ivan Petrovich Pavlov (1849 - 1936) estudava as reações de cães à exposição de estímulos alimentares. Durante os experimentos, Pavlov percebeu...

    718  Palavras | 3  Páginas

  • aula de memória

    MÓDULO 3 – MEMÓRIA Nos módulos anteriores (de números 1 e 2), os processos psicológicos básicos de sensação e percepção foram tratados em todo o seu detalhamento. Neste módulo de estudos, deixaremos de lado estes processos já conhecidos e trabalharemos um novo processo psicológico básico: a memória humana. Novamente manteremos o autor David Myers como nossa referência bibliográfica básica. Veja, a seguir, como este autor apresenta o processo psicológico básico de memória humana: A memória é o arquivo...

    3495  Palavras | 14  Páginas

  • Dilema Ético: Apagar Memórias Ruins

    Apagar Memórias Ruins Todos guardamos, ao longo de nossa vida, memórias ruins e dolorosas. No entanto, um projeto ambicioso que pode mudar radicalmente esta afirmação está prestes a ser concluído: a criação de uma droga que apague essas memórias. Isso sempre foi considerado impossível pela ciência. Mas o cenário começou a mudar no final da década de 1990, graças ao neurocientista egípcio naturalizado americano Karim Nader (Oliver Hardt, Einar Örn Einarsson e Karim Nader Annual Review...

    2248  Palavras | 9  Páginas

  • FALSAS MEMÓRIAS NO TESTE PICTÓRICO DE MEMÓRIA

    FALSAS MEMÓRIAS NO TESTE PICTÓRICO DE MEMÓRIA • Cássia • Josimara • Karine • Laleska • Valessa • Rita • Walcy Estrutura do trabalho  Objetivo:Verificar o aparecimento de FM no teste pictorico da memória  Método: Manipulou-se o tempo de exposição da lâmina(1,3 ou 5 min) a fim de avaliar sua influencia no aparecimento de FM.  Amostra :273 participantes. A memória humana pode apresentar distórçoes das lembranças do passado,ilusões...

    649  Palavras | 3  Páginas

  • Tecnologia, experiência e memória

    Tecnologia, experiência e memória Aécio Amaral Jr* Resumo O artigo investiga a estruturação de uma nova cultura de memória, a qual inverte a lógica metafísica com que se pensou a relação entre tecnologia e experiência nas ciências sociais. Com as recentes tecnologias da vida e da informação, a concepção do corpo humano como algo que se constitui à margem de um aparato tecnológico declina em credibilidade. Com isso, um dos principais projetos da metafísica ocidental, a saber, a estruturação...

    7389  Palavras | 30  Páginas

  • A Memória e a Aprendizagem

    A Memória e a Aprendizagem A articulação aprendizagem-memória Aprendizagem e memória são processos indissociáveis na medida em que uma conduta só se considera aprendida se for retida, isto é, memorizada pelo sujeito; e só se pode reter o que foi adquirido ou aprendido. O próprio conceito de aprendizagem como mudança sistemática da conduta supõe implicitamente a memória como condição de conservação da resposta aprendida. A memória e a aprendizagem são aspetos...

    3106  Palavras | 13  Páginas

  • A pregnância das memórias

                 A Pregnância das Memórias[1]   Ana Elisa Frazão[2] Giuliana Gallucci[3] Jessica Kumeda[4] Nathana Veronezi[5]  Orientador: Prof. Ms. Geraldo Coelho Lima Junior. Resumo: O tema Design de Moda e Artes Visuais foi desenvolvido a partir da escolha de um artista. Escolhemos o artista  contemporâneo Bill viola, que trabalha com o conceito da condição humana em seus vídeos-instalações. Focamos no conceito de memória, depois da analise e do estudo de sua obra mais recente ''Ocean...

    2833  Palavras | 12  Páginas

  • memoria

    MEMÓRIA, COGNIÇÃO E EDUCAÇÃO: IMPLICAÇÕES MÚTUAS * Amâncio da Costa Pinto Faculdade de Psicologia e de C. da Educação - Universidade do Porto Resumo Os conhecimentos adquiridos no sistema escolar e usados ao longo da vida requerem um sistema de memória eficiente sob pena de serem inúteis. Este artigo é uma revisão de alguns dos principais factores que afectam as fases de aquisição, retenção e recordação de informação e conhecimento, analisados no âmbito da memória humana e do sistema...

    13119  Palavras | 53  Páginas

  • Questoes sobre memória

    IZQUIERDO, I. Questões sobre memória. São Leopoldo: Editora Unisinos, 2004. Daniele Cristina Carminatti Estudante de Psicologia da IMED Iván Izquierdo, doutor em Medicina, que dedicou quarenta anos de sua vida aos estudos memória, procura responder em seu livro à diversas questões relacionadas ao tema memória. A memória, segundo ele, pode ser definida como a aquisição, formação, conservação e evocação de informações. A aquisição se denomina também aprendizado. A evocação também se denomina...

    634  Palavras | 3  Páginas

  • MECANISMOS MOLECULARES DA MEMORIA

    Mecanismos Moleculares da Memória Objectivo • Tentar entender os mecanismos de funcionamento da memória humana • Conhecer os processos que envolvem a aquisição, armazenamento e a evocação de cada tipo de memória • Reconhecer que não existe um só tipo de memória, mas sim, vários tipos de memória que se relacionam Definição e importância da memória • Conjunto de mecanismos que permitem adquirir, armazenar e evocar informações permitindo manipular e compreender o mundo Meios...

    803  Palavras | 4  Páginas

  • Ciência da informação e cognição humana: uma abordagem do processamento da informação

    Ciência da informação e cognição humana: uma abordagem do processamento da informação INTRODUÇÃO Os últimos anos da segunda metade do século XX foram marcados pela ocorrência de inúmeros estudos nos campos da ciência e da tecnologia que tornaram possível a incorporação de mudanças significativas na produção do conhecimento. Pensada na origem como uma ciência interdisciplinar, a ciência da informação possui, desde seu nascimento, uma ligação íntima com a tecnologia da informação. Sua principal...

    2920  Palavras | 12  Páginas

  • Resumo memoria de jacques le goff

    Memória A memória é a capacidade de adquirir (aquisição), armazenar (consolidação) e recuperar (evocar) informações disponíveis, seja internamente, no cérebro (memória biológica), seja externamente, em dispositivos artificiais (memória artificial) ou de uma forma grupal (memória social). O conceito de memória estabelecido na obra de Jacques Le Goff ocupa-se da memória coletiva e social. Além de ser o objeto de estudo de muitas outras áreas do conhecimento humano como na psicologia, neurofisiologia...

    3170  Palavras | 13  Páginas

  • GERÊNCIA DE MEMÓRIA, DISCOS E DISPOSITIVOS, PRODUTO DE MATRIZ 3x3 – 3x3

    SOCIEDADE EDUCACIONAL DE SANTA CATARINA – SOCIESC Gabriel Heleno dos Santos Luana Gonçalves Juvenal Murilo Reinert Rodrigo de Moraes Franco GERÊNCIA DE MEMÓRIA, DISCOS E DISPOSITIVOS PRODUTO DE MATRIZ 3x3 – 3x3 Joinville 2012/1 LISTA DE ILUSTRAÇÕES Figura 1: Disco Rígido Aberto......................................................................................7 Figura 2: Driver de Disquete.......................................................................................

    864  Palavras | 4  Páginas

  • Memória episódica

    A memória episódica no processo de aprendizagem: da infância a idade escolar Episodic memory in the learning process: from childhood to school age Autores: Fonseca ,Keity Teixeira1, 1 Aluna do Curso de Especialização em Neuropsicologia school age A memória episódica no processo de aprendizagem: da infância a idade escolar Resumo: Neste artigo...

    4165  Palavras | 17  Páginas

  • Psicologia -percepção e memoria

    dos sentidos. Do ponto de vista psicológico ou cognitivo, a percepção envolve também os processos mentais, a memória e outros aspectos que podem influenciar na interpretação dos dados percebidos. Explicar o carácter específico dos processos cognitivos. Compreender a noção de cognição. Cognição consiste no conhecimento humano e animal sob diferentes formas: percepção, aprendizagem, memória, consciência, atenção e inteligência. Segundo Marc Richelle, cognição é o conjunto de mecanismos pelos quais...

    2929  Palavras | 12  Páginas

  • Memoria

    INTRODUÇÃO Neste trabalho pretende-se identificar os diferentes tipos de memória quer em termos de duração temporal quer em termos de capacidade de armazenamento de informação, e ainda identificar e hierarquizar os fatores capazes de influenciar a memória. A memória ajuda-nos a definir quem somos, na verdade ela é essencial para a construção da identidade da pessoa. O conjunto de experiências armazenadas na mente do indivíduo e a facilidade com que se acede a elas, é vital para que possamos interpretar...

    3133  Palavras | 13  Páginas

  • Metodologia das Tecnologias de Informação aplicadas às Ciências Humanas

    transmissão, possibilitando a interação entre vários intervenientes do sistema e até adicionando novos intervenientes, que antes não teriam acesso a participar. Com a Revolução da Informação as tecnologias passaram a estar presentes em todas as atividades humanas. As TIC vieram dar maior capacidade ao ser humano para identificar problemas, tomar decisões com base na informação que produzem, maior facilidade e rapidez no acesso a info, alteraram diversos relacionamentos do ser humano com várias áreas como...

    9975  Palavras | 40  Páginas

  • Alteraçoes de memoria

    A MEMÓRIA E SUAS ALTERAÇÕES Define-se memória como a capacidade de registrar, manter e evocar as experiências e os fatos já ocorridos; A capacidade do processo de memorização é influenciado pelo nível de consciência, atenção e interesse afetivo; Sendo assim, pode se fizer que todo conhecimento adquirido por um determinado indíviduo ao longo da vida é dependente da sua capacidade de memorização. Pode-se entender que a memória é constituída de elementos provenientes de experiências vivenciadas...

    3789  Palavras | 16  Páginas

  • introdução a psiclogia memória

    “Introdução à Psicologia” no capítulo cinco, Linda L. Davidoff trata sobre questões relacionadas à memória. A autora inicia esse capítulo com uma reflexão sobre o ato de lembrar e a sua relação com o processo de percepção. A estudiosa pontua que o ato de lembrar está relacionado a quase todas as atividades que as pessoas realizam. Assim a autora esclarece que o objetivo do capítulo é explorar a natureza da memória e ela inicia essa reflexão através da exploração do caso S., o homem que lembrava demais. ...

    993  Palavras | 4  Páginas

  • Aprendizagem e memória

    Aprendizagem e Memória 1º questionário 01 – Diferencie condicionamento clássico de condicionamento operante. R: Clássico: aprendemos a associar 2 estímulos. É quando o individuo faz a associação entre eventos que ele não controla. Ex. o clarão de um relâmpago avisa do iminente estrondo de um trovão, e começamos a nos preparar quando o clarão surge próximo ou também, quando vamos trabalhar de carro, e aos poucos vamos associando a rotina de tal forma, que quando nos damos conta já chegamos. Quando...

    2675  Palavras | 11  Páginas

  • Resumo do Cap 7 - Aprendizagem e Memoria -Estácio de Sa

    Sistemas de memória de longo prazo Resumo CAP 07 Introdução Schacter e Tulving (1994) baseando-se no trabalho de muitos teóricos, defenderam uma visão mais convicente da memória em geral e da memória de longo prazo em particular. Em essência, afirmaram que há cinco princicpais sitemas de memória: Memória de trabalho, memória semântica, memória episódica, sistema de representação perceptual e memória procedural. A memória de trabalho é de fundamental importância para a memória de curto prazo...

    1024  Palavras | 5  Páginas

  • Projeto sobre as interpretações dos aspectos materialistas do naturalismo na obra memórias póstumas de brás cubas de machado do assis

    Problema Sabendo que “Memórias Póstumas de Brás Cubas” de Machado de Assis foi escrita em 1881 e que marcou o início do Realismo Naturalismo no Brasil, de que forma podemos interpretar os aspectos materialistas do naturalismo presentes na mesma? 2- Justificativa Sabe-se que o naturalismo foi uma tendência literária sucessora do Romantismo e que trouxe inovações nas produções, como uma nova ótica sobre a sociedade, sobre o homem expondo seus defeitos como nota-se em Memórias póstumas de Brás Cubas...

    1559  Palavras | 7  Páginas

  • Memórias de computador

    Trabalho de Informática Memórias de Computador Professor: Alunos – Turma MCT1BN a) Alexandre b) Bruno Barueri, 02 de março de 2012. Sumário O que é memória .........................................................................................................2 História da Primeira Memória.......................................................................................3 O primeiro Chip DRAM............... .......................................................

    8764  Palavras | 36  Páginas

  • A MEMÓRIA E SUAS REPERCUSSÕES NO ENVELHECIMENTO

    A MEMÓRIA E SUAS REPERCUSSÕES NO ENVELHECIMENTO SAUDÁVEL O envelhecimento populacional é um desafio para o mundo atual e tem estimulado diversos estudos e investigações nas diversas áreas do conhecimento. Uma das principais queixas percebidas para esta faixa etária se relaciona à memória, por trazer drásticas repercussões na vida do indivíduo, na família, grupos sociais, etc. Por isso, surge a importância de estudos sobre o que ocorre no processo de envelhecimento, principalmente sobre o envelhecimento...

    9990  Palavras | 40  Páginas

  • Afetividade e memória

    AFETIVIDADE E MEMÓRIA ATÉ QUE PONTO ESSA RELAÇÃO AFETA A CRIANÇA Teresa Cristina Scheleder[1] RESUMO O tema deste artigo é a afetividade e a memória, procurando mostrar até que ponto estes dois elementos afetam o desenvolvimento de uma criança. É imprescindível se pensar em uma criança como um ser individual, pensante, que constrói um mundo ao seu redor de acordo com o seu conhecimento, sua visão, seu espaço, sua afetividade e seus sonhos. Este trabalho tem assim o objetivo de...

    4193  Palavras | 17  Páginas

  • Memoria e Sociedade

    SOCIAL MEMÓRIA E SOCIEDADE SETEMBRO DE 2013 SOUSA - PB MEMÓRIA E SOCIEDADE Artigo desenvolvido na disciplina de Filosofia, Referente ao 3º estágio da disciplina, 1º período. SETEMBRO DE 2013 SOUSA - PB Introdução Tendo em vista a importância que a memória tem para os seres...

    1810  Palavras | 8  Páginas

  • História e memória social

    dá sentido ao processo de colonização europeia que nos formou e nos transformou em descendentes da Europa, em membros do Ocidente, participantes da civilização ocidental. Desde o século xix, a “ocidentalização” de nossa História e de nossa memória foi um projeto consciente do Estado brasileiro e de nossas elites. 8 História Antiga A História Antiga ocupa, assim, uma parte importante em nossa identidade como pessoas e como nação. Pensar sobre a História Antiga é uma maneira de pensarmos...

    2899  Palavras | 12  Páginas

  • A memória

    A busca do melhor entendimento no que vem a ser a memória tem sido tema de reflexão há muito tempo. Aristóteles considerava a memória como a única fonte de recordação e de transmissão de conhecimento de pessoa para pessoa e de geração para geração.A memória corresponde a uma grande área de estudo e vem sendo designada por diferentes conceitos, dentre eles os mais frequentes referem-se à capacidade neurocognitiva de codificar, armazenar e devolver informação (GARDNER & JAVA, 1993 apud RUEDA &...

    3059  Palavras | 13  Páginas

  • Memoria

    importantes distinções a cerca da memória de longo prazo, sendo a distinção entre as memórias declarativas e as memórias processuais (procedimentais) a mais relevante. Uma outra distinção proposta é a de memória implícita e memória explicita, com base na relação consciência e memória, esta não sendo uma alternativa a anterior , mas baseada em um critério diferente, pelo fato da memória poder ser consciente(explicita) ou não(implícita). O foco de nosso trabalho será o das memórias declarativas, do subtipo...

    2651  Palavras | 11  Páginas

  • memorias postumas

    Introdução O trabalho a seguir apresenta uma análise critica de uma obra muito famosa Memórias Póstumas de Brás Cubas do autor Machado de Assis. Com essa obra ao autor consegue influenciar no Brasil uma nova corrente literária, o Realismo. A influência no surgimento do Realismo é o Positivismo, o qual analisa a realidade através das observações e das constatações racionais. Na obra podem-se observar vários pontos do Realismo, várias características presentes em sua estrutura. O autor ao...

    3003  Palavras | 13  Páginas

  • Memória-Experimento da Lesma-do-Mar

    Sumário Introdução............................................................................................................2 Biografia...............................................................................................................3 Memória S/A........................................................................................................4 Conclusão............................................................................................................7 Bibliografia.......

    1212  Palavras | 5  Páginas

  • Memória

    Memória Introdução: Oh! que saudades que tenho Da aurora da minha vida, Da minha infância querida, Que os anos não trazem mais! Que amor, que sonhos, que flores, Naquelas tardes fagueiras À sombra das bananeiras, Debaixo dos laranjais! Memória é a capacidade humana para reter e guardar o tempo que se foi, salvando-o da perda total. A memória é a garantia de nossa própria identidade, a memória é uma forma de percepção interna chamada introspecção. A memória tem consciência da diferença...

    836  Palavras | 4  Páginas

tracking img