Romantismo No Brasil Normas Abnt artigos e trabalhos de pesquisa

  • Normas abnt

    CIENTÍFICA DA UNESP” Normas para apresentação de Referências segundo a NBR 6023:2002 da ABNT SUMÁRIO INTRODUÇÃO SEÇÃO I – INFORMAÇÕES GERAIS SEÇÃO II – TIPOS DE DOCUMENTOS ÍNDICE REMISSIVO GRUPO DE TRABALHO NORMALIZAÇÃO DOCUMENTÁRIA DA UNESP E-mail para contato : gtnormaliza@reitoria.unesp.br UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA. Coordenadoria Geral de Bibliotecas. Grupo de Trabalho Normalização Documentária da UNESP. Normalização documentária para a produção científica da UNESP: normas para apresentação...

    23248  Palavras | 93  Páginas

  • Norma abnt

    BOEDECKER NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIA 6ª edição São Paulo 2008 Equipe responsável pela revisão: Marina Elisabeth Vaz Souza Elenice Yamaguishi Madeira 1ª ed. – 1997 2ª ed. – 2001 3ª ed. – 2003 4ª ed. – 2005 5ª ed. – 2007 6ª ed. – 2008 Normas para apresentação de monografia / Fundação Getulio Vargas, Escola de Administração de Empresas de São Paulo, Biblioteca Karl A. Boedecker. – 6.ed. – São Paulo: FGV-SP, 2008. 93 p. 1. Documentação - Normalização. 2. Normas técnicas I....

    15081  Palavras | 61  Páginas

  • Romantismo em portugal e no brasil

    Romantismo em Portugal | |Por Fernando Rebouças | O início da fase romântica na literatura portuguesa ocorreu com a publicação do poema narrativo “Camões”, do autor Almeida Garret, em 1825. Neste poema é expressado uma espécie de biografia sentimental de Luís Vaz de Camões. Nesta época, em Portugal, houve uma ascensão da burguesia, queda do absolutismo  e emergência do liberalismo. Antes...

    8224  Palavras | 33  Páginas

  • O romantismo no brasil

    Introdução O Romantismo, no brasil, foi um período inicialmente de apenas uma atitude, um estado de espírito, o Romantismo toma mais tarde a forma de um movimento e o espírito romântico passa a designar toda uma a visão do mundo centrada no indivíduo . Os autores românticos voltaram-se cada vez mais para si mesmos, retratando o drama humano, amores trágicos, ideais utópicos e desejos .Para os românticos, o mundo real é sempre uma frustração de seus idealismos e sonhos. Daí a rebeldia dos poetas...

    1687  Palavras | 7  Páginas

  • Introdução ao Romantismo no Brasil

    COLÉGIO ESTADUAL DE ENSINO MÉDIO PROFESSORA MARIA ROCHA LITERATURA – ROMANTISMO BRASIL ROMÂNTICO: é relativo ao gênero narrativo denominado romance. Iracema, por José Maria de Medeiros,1884 CARACTERÍSTICAS DO ROMANTISMO 1 ) Individualismo e subjetivismo A ideologia burguesa tinha como núcleo a liberdade de expressão, de iniciativa e concorrência. O Romantismo, reflexo da nascente ordem social, centrava-se na glorificação do particular...

    769  Palavras | 4  Páginas

  • Romantismo no Brasil

    ROMANTISMO NO BRASIL (1836 -1881) O Romantismo foi uma corrente artística que teve origem na Alemanha e na Inglaterra do século XVIII e predominou na Europa em grande parte do século XIX, ligado diretamente aos movimentos burgueses. No Brasil, o Romantismo se deu, sobretudo, na primeira metade do século XIX, inserido no contexto da Independência, em 1822. Essa estética procurou expressar os devaneios, os desejos, as frustrações e as fantasias de um "eu" livre de qualquer compromisso com os padrões...

    1605  Palavras | 7  Páginas

  • Romantismo No Brasil

    Introdução: O romantismo é todo um período cultural, artístico e literário que se inicia na Europa no final do século XVIII, espalhando-se pelo mundo até o final do século XIX. O berço do romantismo pode ser considerado três países: Itália, Alemanha e Inglaterra. Porém, na França, o romantismo ganha força como em nenhum outro país e, através dos artistas franceses, os ideais românticos espalham-se pela Europa e pela América. As características principais deste período são : valorização das emoções...

    2147  Palavras | 9  Páginas

  • romantismo no brasil

    Romance brasileiro 1- O romance começou a circular no Brasil em qual ano? a) 1830 b) 1846 c) 1550 d) 1747 e) 1836 2- Quais foram os dois primeiros autores que ganharam excelência no Brasil? a) Aluísio de Azevedo e Raul Pompeia b) Julio Ribeiro e Casimiro de Abreu c) Jose de Alencar e Gonçalves Dias d) Gonçalves Dias e Visconde de Taunay e) Joaquim Manuel e Castro Alves 3- Qual foi a traço essencial, que abriram varias possibilidades de expansão da literatura? a) Condoreira b) Regionalismo ...

    4356  Palavras | 18  Páginas

  • Romantismo no Brasil - resumo

    Índice 1. Romantismo —————————————————————- 3 2. O Romantismo no Brasil ———————————————— 3 3. Principais Características do Romantismo Brasileiro ———— 4 4. As Gerações Românticas ———————————————- 6 5. Principais escritores e obras ——————————————- 7 6. Mal do Século ————————————————————- 8 Romantismo O Romantismo foi um movimento artístico que surgiu no final do século XVIII e teve como principais características a criatividade ilimitada e a imaginação...

    2379  Palavras | 10  Páginas

  • Romantismo Brasileiro

    Romantismo 1ª Fase Como o Romantismo se apresenta no Brasil? De 1823 a 1831, o Brasil viveu um período conturbado como reflexo do autoritarismo de D. Pedro I: a dissolução da Assembléia Constituinte; a Constituição outorgada; a Confederação do Equador; a luta pelo trono português contra seu irmão D. Miguel; a acusação de ter mandado assassinar Líbero Badaró e, finalmente, a abdicação. Segue-se o período regencial e a maioridade prematura de Pedro II. É neste ambiente confuso e inseguro que...

    1086  Palavras | 5  Páginas

  • Romantismo no brasil

    CETEP Romantismo no Brasil: ensino médio Romance Romântico Trabalho apresentado sobre romantismo, literatura brasileira, Contando suas principais características, Pedido pela professora Ana Maria, Curso de técnico em informática, 2ª A vespertino. Vitoria da Conquista 30 de outubro de 2012 Romantismo no Brasil O Romantismo no Brasil No Brasil, o momento histórico em que ocorre o Romantismo tem que ser visto a partir das últimas produções...

    7599  Palavras | 31  Páginas

  • Romântismo no Brasil

    Romantismo no Brasil: Começa o Romantismo no Brasil em 1836, com publicação de Suspiros Poéticos e Saudades, de Gonçalves de Magalhães. Aparece também, nessa época, a revista Niterói, com idéias românticas de Gonçalves de Magalhães, Porto Alegre e Torres Homem. O espírito clássico, a obediência às regras e a razão entram em crise, e surge o Romantismo, um movimento literário. O Romantismo, um movimento cultural muito amplo, é fruto de uma nova atitude de espírito diante dos problemas da vida...

    1185  Palavras | 5  Páginas

  • Romantismo no Brasil

    Os principais escritores do Romantismo brasileiro – Poesia Por Tiago Soriano O Romantismo surgiu na Europa por volta de 1774, tendo a Alemanha e a Inglaterra como pioneiras dessa nova escola literária, mas coube à França o papel de divulgar o Romantismo. Já no Brasil, o Romantismo inicia-se em 1836, com a publicação Niterói – revista brasiliense, de Gonçalves de Magalhães e também com o lançamento do livro de poesias intitulado Suspiros poéticos e saudades. Antes de descrevermos os principais...

    1227  Palavras | 5  Páginas

  • Romantismo no Brasil

    II. ROMANTISMO O Romantismo, um movimento cultural muito amplo, é fruto de uma nova atitude de espírito diante dos problemas da vida e do pensamento, implica numa profunda metamorfose, numa verdadeira revolução histórico-cultural, que abrange a filosofia, as artes, as ciências, as religiões, a moral, a política, os costumes as relações sociais e às famílias. O estilo toma suas liberdades, de modo que o escritor cria seu próprio vocabulário e forma sua própria sintaxe, fugindo das normas acadêmicas...

    4513  Palavras | 19  Páginas

  • O que é o romantismo

    branco, libertando se dos modelos greco-latinos-, tão valorizados pelos clássicos, e aproximando se da linguagem coloquial. Segundo Massaud Moisés no livro “A Literatura Portuguesa”: “... Os românticos revoltam-se contra as regras, os modelos as normas, batem-se pela total liberdade na criação artística e defendem a mistura e a” “impureza” dos gêneros literários. Em lugar da ordem clássica, colocam a aventura, preferem o caos, ou a anarquia; ao universalismo clássico (142).” Medievalismo: ...

    2524  Palavras | 11  Páginas

  • Romantismo

    Romantismo surgiu na Europa por volta de 1774, tendo a Alemanha e a Inglaterra como pioneiras dessa nova escola literária, mas coube à França o papel de divulgar o Romantismo. Já no Brasil, o Romantismo inicia-se em 1836, com a publicação Niterói – revista brasiliense, de Gonçalves de Magalhães e também com o lançamento do livro de poesias intitulado Suspiros poéticos e saudades. A principal característica do Romantismo é a oposição ao estilo Clássico. Se durante o Classicismo a arte era de cunho...

    542  Palavras | 3  Páginas

  • Romantismo

    Romantismo A era Romântica da Literatura No Brasil as manifestações literárias costumam ser distinguidas em apenas dois períodos, que podem receber os nomes de: . Era colonial: do século XVI ao século XVIII; . Era nacional: do século XIX até os nossos dias. O adjetivo “Romântica”, utilizado para caracterizar o terceiro período, possui um significado bastante amplo, que deve ser bem compreendido para que se evitem confusões. Com ele queremos designar a literatura produzida na era...

    1546  Palavras | 7  Páginas

  • Origens Do Romantismo Na Europ

     Origens Do Romantismo na Europa No início do século XVIII, a era clássica entra em crise, dando origem, na Europa, ao movimento romântico cujas primeiras sementes dão-se na Inglaterra e na Alemanha, cabendo a França, posteriormente, a função de difusora desse movimento. A Inglaterra envia para a Escócia, a literatura clássica francesa que, por sua vez, era divergente da literatura escocesa que por sua vez, estava sendo extinta tendo como meio de transporte apenas a oralidade. Esse fato...

    2509  Palavras | 11  Páginas

  • romantismo em portugal e brasil

    Começa o Romantismo no Brasil em 1836, com publicação de Suspiros Poéticos e Saudades, de Gonçalves de Magalhães. Aparece também, nessa época, a revista Niterói, com idéias românticas de Gonçalves de Magalhães, Porto Alegre e Torres Homem. O espírito clássico, a obediência às regras e a razão entram em crise, e surge o Romantismo, um movimento literário. O Romantismo, um movimento cultural muito amplo, é fruto de uma nova atitude de espírito diante dos problemas da vida e do pensamento, implica...

    1292  Palavras | 6  Páginas

  • Romantismo

    1.Introdução De acordo com o propósito do trabalho, que fala em torno do Romantismo, iremos abordar de uma forma clara e sintetizada, das épocas que marcaram o período romântico em Portugal tanto quanto no Brasil. É de referir que o Romantismo surge nas artes, quase naturalmente quando os artistas se apercebem da impossibilidade de negar certos aspectos da criatividade humana. Pode, então, ser caracterizado como um apelo ao individualismo, exaltando o sentimento, a emoção e a genialidade. O escritor...

    3340  Palavras | 14  Páginas

  • Romantismo

     Romantismo Romantismo no Brasil Índice 1. Romantismo —————————————————————- 3 2. O Romantismo no Brasil ———————————————— 3 3. Principais Características do Romantismo Brasileiro ———— 4 4. As Gerações Românticas ———————————————- 6 5. Principais escritores e obras ——————————————- 7 6. Mal do Século ————————————————————- 8 RomantismoRomantismo foi um movimento artístico que surgiu no final do século XVIII e teve como principais...

    2383  Palavras | 10  Páginas

  • A linguagem do Romantismo e etc...

     Trabalho de Literatura Assuntos: A Linguagem do Romantismo O Romantismo em Portugal O Romantismo no Brasil: 1ª geração O Ultrarromantismo e O Condoreirismo A Linguagem do Romantismo: - O egocentrismo, o predomínio da poesia lírica, o relativismo, a insatisfação e o idealismo. A visão do mundo, nostálgica nos românticos, explica-se pelo descontentamento da nobreza, que deixa o poder, e de parte da burguesia, que ainda não havia assumido ou que tivesse ficado...

    1668  Palavras | 7  Páginas

  • Romantismo

    Romantismo Romantismo foi um movimento artístico, político e filosófico surgido nas últimas décadas do século XVIII na Europa que perdurou por grande parte do século XIX. Caracterizou-se como uma visão de mundo contrária ao racionalismo e ao iluminismo e buscou um nacionalismo que viria a consolidar os estados nacionais na Europa.  Inicialmente apenas uma atitude, um estado de espírito, o Romantismo toma mais tarde a forma de um movimento, e o espírito romântico passa a designar toda uma visão...

    666  Palavras | 3  Páginas

  • Romantismo brasileiro

    aves que aqui gorjeiam não gorjeiam como lá”. Este trecho exemplifica bem uma visão nacionalista e saudosista, pois como o nome já nos diz, o poeta está exilado, assim demonstra uma saudade de sua pátria, e uma visão nacionalista. 2ºGeração- Ultra-romantismo é uma geração onde a postura exagerada, associada ao arrebatamento sentimental, tendo assim uma visão de medo, desejo e culpa. Seu tema preferido é a fuga da realidade. A poesia é intimista e egocêntrica. Tem como características o egocentrismo...

    1396  Palavras | 6  Páginas

  • Romantismo

    Índice: -Introdução 3 -Romantismo no Brasil 4 * 1° geração romantica 5 * 2° geraçao romantica 5 * 3° geração romantica 5 -Romantismo em Portugal 6 -Romantismo na Europa 7 -Artes Plásticas 8 -Músicas 9 -Teatro 10 -Momento histórico 11 -Conclusão 12 Introdução O romance é um dos gêneros narrativos mais utilizados na produção literária brasileira, tendo ganhado força principalmente a partir do século XIX. Em geral, apresenta a narrativa de uma...

    2176  Palavras | 9  Páginas

  • romantismo

    Romantismo no Brasil Começa o Romantismo no Brasil em 1836, com publicação de Suspiros Poéticos e Saudades, de Gonçalves de Magalhães. Aparece também, nessa época, a revista Niterói, com ideias românticas de Gonçalves de Magalhães, Porto Alegre e Torres Homem. O espírito clássico, a obediência às regras e a razão entram em crise, e surge o Romantismo, um movimento literário. O Romantismo, um movimento cultural muito amplo, é fruto de uma nova atitude de espírito diante dos problemas da vida...

    1273  Palavras | 6  Páginas

  • Romantismo

     Romantismo em Portugal O Romantismo em Portugal surgiu no século XIX. Nas artes plásticas o Romantismo é normalmente encarado como um movimento oposto ao Neoclassicismo, por ser uma reação à excessiva racionalidade clássica, negando os princípios de harmonia, ordem e proporção. A questão é, no entanto, um pouco mais complexa, porque ambos se completam e revelam serem as duas fases de um mesmo objeto. É obvio que existem elementos díspares ou mesmo opostos, como sentimento e razão ou o...

    1383  Palavras | 6  Páginas

  • Romantismo (Resumo)

    Características Reação ao racionalismo classicista, o Romantismo marcou a história da literatura do final do século 18 a meados do século 19. Literatura de tendências mais subjetivas, que buscava expressar, de maneira espontânea, as emoções individuais e coletivas. Recuperação do medievalismo, do exotismo e do irracionalismo; liberação do inconsciente; reação contra o cientificismo; rebelião contra as convenções sociais e artísticas; retorno à natureza. Busca de uma verdade relativa...

    745  Palavras | 3  Páginas

  • Romantismo-Realismo

    O Romantismo no Brasil O romantismo no Brasil começa em 1836, com a publicação de Suspiros Poéticos e Saudades, de Gonçalves de Magalhães. Este movimento cultural muito amplo é fruto de uma nova atitude de espírito diante dos problemas da vida e do pensamento, e implica em uma profunda metamorfose, em uma verdadeira revolução histórico-cultural, que abrange a filosofia, as artes, as ciências, as religiões, a moral, a política, os costumes, as relações sociais e as famílias. O estilo toma suas...

    2174  Palavras | 9  Páginas

  • Romantismo

    O Romantismo no Brasil Após 1822, cresce no Brasil independente o sentimento de nacionalismo, busca-se o passado histórico, exalta-se a natureza da pátria; na realidade, características já cultivadas na Europa e que se encaixavam perfeitamente à necessidade brasileira de ofuscar profundas crises sociais, financeiras e econômicas. De 1823 a 1831, o Brasil viveu um período conturbado como reflexo do autoritarismo de D. Pedro I: a dissolução da Assembléia Constituinte ; a Constituição outorgada;...

    2857  Palavras | 12  Páginas

  • Romantismo - literatura

    O Romantismo foi um movimento artístico e filosófico surgido nas últimas décadas do século XVIII na Europa que perdurou por grande parte do século XIX. Origens No Brasil, o romantismo coincidiu com a independência política em 1822 com o 2º Reinado, a guerra do Paraguai e a campanha abolicionista. O romantismo é um movimento que vai contra o avanço da modernidade em termos da intensa racionalização e mecanização. É uma crítica à perda das perspectivas que fogem àquelas correlacionadas à razão...

    1276  Palavras | 6  Páginas

  • Romantismo Realismo

    Romantismo Características  Reação ao racionalismo classicista, o Romantismo marcou a história da literatura do final do século 18 a meados do século 19.  Literatura de tendências mais subjetivas, que buscava expressar, de maneira espontânea, as emoções individuais e coletivas.   Recuperação do medievalismo, do exotismo e do irracionalismo; liberação do inconsciente; reação contra o cientificismo; rebelião contra as convenções sociais e artísticas; retorno à natureza.   Busca de uma...

    1606  Palavras | 7  Páginas

  • Romantismo: " Apoteose dos sentimentos".

    ROMANTISMO: “APOTEOSE DOS SENTIMENTOS” Patricia Baptista Alves de Souza Dalva Fabiola Buttenbender Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI Curso Letra LED 0177– Prática do Módulo I 18/10/13 RESUMO O Romantismo foi marcado por intensa explosão dos sentimentos humanos. Esta tendência estética que dominou a produção artística de boa parte do século XIX aconteceu primeiramente em toda a Europa. É essa mesma estética que orientará a produção das obras nacionais, porém, nossos...

    2088  Palavras | 9  Páginas

  • O Brasil do romantismo judicial

    O Brasil do romantismo judicial Por: Marcos Souza** Como se pode acreditar no combate da crescente escalada de violência em que vive a população brasileira, quando o que se observa é uma sociedade refém dos seus medos e desacreditada nas instituições, por conta do romantismo político, onde as decisões judiciais e leis, de tão surreais, parecem mais roteiros de novelas que instrumento jurídico de conduta e comportamento social? Atualmente o que se vê, são medidas e decisões judiciais capazes...

    658  Palavras | 3  Páginas

  • romantismo no Brasil prosa 1 e 2

    Romantismo no Brasil Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. O Romantismo no Brasil teve como marco fundador a publicação do livro de poemas "Suspiros poéticos e saudades", de Domingos José Gonçalves de Magalhães, em 1836, e durou 45 anos. Nos primórdios dessa fase literária, 1833, um grupo de jovens estudantes brasileiros em Paris, sob a orientação de Gonçalves Magalhães e de Manuel de Araújo Porto Alegre, inicia um processo de renovação das letras, influenciados por Almeida Garrett e pela leitura...

    5233  Palavras | 21  Páginas

  • romantismo

    ROMANTISMO 1. CONTEXTO HISTÓRICO Ascensão da burguesia – implantação definitiva do capitalismo – Liberalismo econômico, jurídico, filosófico – surgimento de um novo público leitor – a arte passa a valer como mercadoria. 2. SURGIMENTO Fins do século XVIII, com a obra Os sofrimentos do jovem Werther, de Goethe. Já o apogeu romântico ocorre na primeira metade do século XIX. 3. CARACTERÍSTICAS A) Individualismo e subjetivismo A ideologia burguesa tinha como núcleo central as liberdades de expressão...

    2392  Palavras | 10  Páginas

  • romantismo

    1.Introdução…………………………………………………………………………….3 2.Romantismo Em Portugal……………………………………………………4 2.1.Contexto Histórico……………………………………………………………….4 2.2.Conceito……………………………………………………………………………….4 2.3.Caracteristicas…………………………………………………………………….5 3.Os Três Períodos Do Romantismo…………………………………………...6 3.1. 1ªGeração……………………………………………………………………………6 3.2.Principais Autores e Obras……………………………………………………6 3.3. 2ª Geração ou Geração Ultra-Romântica……………………………….7 4.Principais Autores e Obras………………...

    1432  Palavras | 6  Páginas

  • Romantismo

    .....................................................................Romantismo ......................................................................................O termo e o conceito de romântico ...................................................................Diversidade e unidade do romantismo europeu ....................................................................................O idealismo alemão e o romantismo ......................................................................

    6738  Palavras | 27  Páginas

  • Romantismo no brasil

    oposição ao classicismo. No século XIX, forja-se, na França, a palavra romantismo e, na Itália, romanticismo. As origens do movimento romântico encontram-se na Escócia e na Prússia, portanto nos países anglo-saxônicos. Estes, apenas indiretamente vinculados à cultura clássica greco-latina, puderam a um só tempo reagir contra ela e buscar nas próprias raízes históricas e étnicas o impulso de autenticidade que originaria o Romantismo. A Escócia, geograficamente separada da Grã-Bretanha pelas montanhas...

    3832  Palavras | 16  Páginas

  • Romantismo em portugal

    que foram decisivos para o surgimento da Escola Literária denominada Romantismo, bem como seus principais pontos, suas três gerações distintas, e seus principais autores. Com um texto simples e direto, será demostrado de forma simplificada os aspectos desta escola que surgiu em meados dos anos 20 no Século XIX, mas que é lembrada e uma das mais admiradas nos dias de hoje. ROMANTISMO EM PORTUGAL Contexto Histórico O Romantismo em Portugal surge num contexto sociopolítico. Nos anos posteriores...

    1313  Palavras | 6  Páginas

  • Romantismo

     Romantismo no BrasilRomantismo no Brasil teve como marco fundador a publicação do livro "Suspiros poéticos e saudades", de Gonçalves de Magalhães, em 1836, e durou 45 anos terminando em 1881 com a publicação de Memórias Póstumas de Brás Cubas, por Machado de Assis. O Romantismo foi sucedido pelo Realismo. Periodo Histórico No Brasil, o momento histórico em que ocorre o Romantismo tem que ser visto a partir das últimas produções árcades, caracterizadas pela satírica política de...

    5177  Palavras | 21  Páginas

  • Romantismo século XIX

    1 ROMANTISMO SÉCULO XIX Romantismo foi um movimento artístico, político e filosófico surgido nas últimas décadas do século XVIII na Europa que perdurou por grande parte do século XIX. Caracterizou-se como uma visão de mundo contrária ao racionalismo e aoiluminismo1 e buscou um nacionalismo que viria a consolidar os estados nacionais na Europa. Inicialmente apenas uma atitude, um estado de espírito, o Romantismo toma mais tarde a forma de um movimento, e oespírito romântico passa a designar...

    1892  Palavras | 8  Páginas

  • Romantismo na Prosa

    O ROMANTISMO NA PROSA A prosa literária brasileira começa de fato no Romantismo, com os folhetins, que são histórias publicadas em capítulos nos jornais. Quando uma dessas histórias fazia sucesso, era lançada em forma de livro. Assim nasceram quase todos os romances importantes do século XIX no Brasil. A prosa romântica praticamente inexistiu durante o período colonial, ao contrário da poesia que se destacava pela qualidade, representada por Gregório de Matos, Cláudio Manuel da Costa, Tomás...

    1035  Palavras | 5  Páginas

  • O Romantismo Surgiu Na Europa Por Volta De 1774

    O Romantismo surgiu na Europa por volta de 1774, tendo a Alemanha e a Inglaterra como pioneiras dessa nova escola literária, mas coube à França o papel de divulgar o Romantismo. Já no Brasil, o Romantismo inicia-se em 1836, com a publicação Niterói – revista brasiliense, de Gonçalves de Magalhães e também com o lançamento do livro de poesias intitulado Suspiros poéticos e saudades. Antes de descrevermos os principais escritores do Romantismo brasileiro, apresentaremos um breve resumo do cenário...

    1114  Palavras | 5  Páginas

  • Romantismo

    Romantismo, também chamado de Romanticismo[1], foi um movimento artístico, político e filosófico surgido nas últimas décadas do século XVIII na Europa que perdurou por grande parte do século XIX. Caracterizou-se como uma visão de mundo contrária ao racionalismo e ao iluminismo[2] e buscou um nacionalismo que viria a consolidar os estados nacionais na Europa. O termo romântico refere-se ao movimento estético ou, em um sentido mais lato, à tendência idealista ou poética de alguém que carece de sentido...

    2306  Palavras | 10  Páginas

  • Romantismo

    ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------2 Romantismo e suas vertentes na arte------------------------------------------------------------------------------------------3 Romantismo no Brasil-------------------------------------------------------------------------------------------------------------- 6 Romantismo nas pinturas brasileiras-------------------------------------------------------------------------------------------...

    3902  Palavras | 16  Páginas

  • Normas abnt

    Introdução A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) foi fundada em 28 de setembro de 1940 e reconhecida como órgão de utilidade pública através da Lei 4.150, de 21 de novembro de 1962. É reconhecida como Fórum Nacional de Normalização no país. No Brasil, representa a International Organization on Standardization (ISO). A ABNT tem inúmeros objetivos, entre os quais elaborar normas brasileiras e fomentar seu uso nos campos científico, técnico, industrial, comercial, agrícola, de serviços...

    2717  Palavras | 11  Páginas

  • Romantismo

    Romantismo Características do Romantismo A palavra romantismo e derivados origina-se da forma francesa “romantique” (adjetivos de roman – romant – romanz), já assinalada em 1694 num texto do Abade Nicase (“Que dites – vous, Monsieur, de as pasteroux, ne sont – ils pás bien romantiques!”). Emprestada pelo Inglês e o Alemão, a palavra passou a romantik e romantisch, de onde foi importada por literatos franceses juntamente com a vaga, ideia que expressava. E da França disseminou-se pelo resto...

    1260  Palavras | 6  Páginas

  • Romantismo

    Romantismo (poesia) Introdução Romantismo foi um movimento que representa as mudanças no plano individual, destacando a personalidade, sensibilidade, emoção, os valores interiores tradições nacionais, e saudade num tom pessoal, artístico, político e filosófico surgido nas últimas décadas do século XVIII na Europa que perdurou por grande parte do século XIX. Caracterizou-se como uma visão de mundo contrária ao racionalismo e ao iluminismo e buscou um nacionalismo que viria a consolidar os...

    2752  Palavras | 12  Páginas

  • romantismo

    Escola Estadual Álvaro de Souza Vieira Romantismo Nome: Anderson Andrade nº 02 Josely Maciel de Carvalho nº 13 Phelipe Venâncio de Oliveira nº 24 Ribeirão Pires Abril /2014 Escola Estadual Álvaro de Souza Vieira Romantismo Trabalho apresentado à disciplina de Língua Portuguesa, Professora: Adriana; para obtenção da nota relativa à atividade do 2º Bimestre/2014. Nome: Anderson Andrade nº 02 Josely Maciel de Carvalho nº 13 ...

    7099  Palavras | 29  Páginas

  • Arte no Romantismo

    A Arte Romântica O Romantismo surgiu na Europa por volta do século XVIII e estendeu-se até o século XIX, representando mudanças racionalistas do período neoclássico. A busca pela liberdade de expressão e valorização da natureza é marcado pelo nacionalismo, é classificado como movimento artístico, político e filosófico. As mudanças sociais, políticas e culturais causadas por fortes eventos como a Revolução Industrial e Revolução Francesa produziram nos artistas românticos o sentimento de libertação...

    616  Palavras | 3  Páginas

  • romantismo

    princípios do Romantismo e suas características, como ele marcou a historia literária e ainda permanece com uma forte valorização nos tempos atuais. O Romantismo começou a nascer no final do século XVIII, na Alemanha com um romance que conta os sofrimentos amorosos de um jovem e seu suicídio, e na Inglaterra com um poeta libertador dos povos. Mas foi a França, a responsável pela divulgação das novas ideias influenciadas, em grande parte, pela teoria do bom selvagem. O Romantismo expressa os sentimentos...

    3510  Palavras | 15  Páginas

  • Romantismo

    Romantismo O Romantismo foi um movimento artístico, político e filosófico. Surgiu no final do século XVIII e manifestou-se tanto na música como na literatura e nas artes plásticas, mas o foco deste seminário é o romantismo na literatura. Romântico era tudo aquilo que se opunha a clássico. Ou seja, passa a valorizar o caráter popular, o folclore e o que é nacional. Inicialmente apenas uma atitude, um estado de espírito, o Romantismo toma mais tarde a forma de um movimento e o espírito romântico...

    3627  Palavras | 15  Páginas

  • Romantismo

    Português Sumário Introdução .......................................................................................... 02 Romantismo........................................................................................03 Romantismo no Brasil.........................................................................05 Romantismo Prosa............................................................................... 09 Realismo...............................................

    2942  Palavras | 12  Páginas

  • Fichamento Cap VII - Romantismo - Massuad Moisés

    Nayara Roberta de Souza Costa Fichamento: Capítulo VII Romantismo Universidade Paulista – UNIP Nome: Nayara Roberta de Souza Costa RA:C197CH-1 Fichamento: Capítulo VII Romantismo Moises, Massaud. A Literatura Portuguesa. São Paulo: Editora Cultrix, 1986. Cap. VII, p. 111-156. No capítulo VII delineia o percurso histórico proveniente do movimento arcadista, dissolvido no primeiro trimestre do século XIX, até o surgimento do romantismo. O capítulo é dividido em tópicos no primeiro deles...

    1580  Palavras | 7  Páginas

  • Prosa Romântica No Brasil

    Desenvolvimento Prosa Romântica No Brasil A primeira obra de prosa romântica no Brasil é A Moreninha, livro de Joaquim Manuel de Macedo. Na época do Romantismo brasileiro, os romances seguiam os elementos das publicações européias, que conservavam as características de folhetim, apresentando histórias na ordem cronológica com início, meio e fim. Entre os autores da prosa romântica brasileira, José de Alencar, Álvares de Azevedo, Visconde de Taunay e Franklin Távora são nomes de extrema importância...

    1634  Palavras | 7  Páginas

  • A Norma ABNT NBR ISO 50001

    Normalização Cursos A Norma ABNT NBR ISO 50001 Gestão de energia André Carvalho Certificação Analista Técnico ABNT ABNT Certificadora Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT Normalização Cursos • Entidade sem fins lucrativos e de Utilidade Pública • Fundada em 1940 •Fórum Nacional de Normalização Certificação ABNT Certificadora Objetivos da ABNT • Elaborar Normas Técnicas Normalização • Difundir e Fomentar o Uso de Normas Técnicas • Conceder Certificados e Marcas de Conformidade...

    758  Palavras | 4  Páginas

  • Normas técnicas no mundo e no Brasil

    - Normas técnicas Internacionais As normas internacionais são normas técnicas estabelecidas por um organismo internacional de normalização para aplicação em âmbito mundial. Existem diversos organismos internacionais de normalização, em campos específicos, como a ISO (a maioria dos setores), a IEC (área elétrica e eletrônica) e a ITU (telecomunicações). As normas internacionais são reconhecidas pela Organização Mundial do Comércio – OMC como a base para o comércio internacional, e o seu atendimento...

    693  Palavras | 3  Páginas

  • romantismo nas revoluções

    ao surgimento, na Inglaterra e na Alemanha, de autores que caminhavam num sentido contrário ao da racionalidade clássica e da valorização do campo, conforme normas da arte vigente até então. Esses autores tendiam a enfatizar o nacionalismo e identificavam-se com a sentimentalidadepopular. Essas idéias foram o germe do que se denominou romantismo. Algumas atitudes, e outras consequentes delas, foram se consolidando e, ao chegarem à França, receberam um vigoroso impulso graças à Revolução Francesa de...

    698  Palavras | 3  Páginas

  • Normas abnt

    PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ SISTEMA INTEGRADO DE BIBLIOTECAS MANUAL DE NORMAS PARA TRABALHOS TÉCNICO-CIENTÍFICOS: DE ACORDO COM AS NORMAS DA ABNT CURITIBA 2010 PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ Administração Superior Presidente: Ir. Dario Bortolini Vice-Presidente: Ir. Frederico Unterberger Superintendente: Marco Antonio Barbosa Cândido Grão-Chanceler: Dom Moacyr José Vitti Reitor: Ir. Clemente Ivo Juliatto Vice-Reitor:...

    27349  Palavras | 110  Páginas

tracking img