Resenha Sobre O Livro O Guarani artigos e trabalhos de pesquisa

  • Resenha critica "o guarani"

    RESENHA CRÍTICA SOBRE O LIVRO O GUARANI Cristian Santos Vilson Francisco Selch ALENCAR, José de. O guarani. 10 ed. São Paulo, Ática, 1985, pg 280. José Martiniano de Alencar foi um jornalista, político, advogado, orador, crítico, cronista, polemista, romancista e dramaturgo brasileiro, formou-se em Direito, escritor de obras com estilos variados, este escritor cearense criou romances que abordam o cotidiano. Deste estilo literário, também conhecido como romance de costumes, destacam-se os...

    645  Palavras | 3  Páginas

  • Resenha sobre Policarpo Quaresma Parte I

    Resenha sobre Triste Fim de Policarpo Quaresma O livro “Triste Fim de Policarpo Quaresma”, de Lima Barreto, nos faz conhecer a história de um personagem que lutou pelos seus ideais e interesses, criticando o nacionalismo exagerado, nos trazendo à tona uma nova perspectiva de construção da identidade nacional brasileira. Policarpo é descrito pelo autor como um indivíduo solitário e sistemático, pequeno, magro, portador de "pincez-nez", sempre de fraque e cartola. Funcionário público do arsenal...

    747  Palavras | 3  Páginas

  • Trabalho do livro Iracema

    ...............................................5 3. Personagens.................................................................................6 4. Análise da linguagem....................................................................7 5. Resenha crítica .............................................................................8 6. Características da obra..................................................................9 7. Biografia do autor.............................................

    1488  Palavras | 6  Páginas

  • Resenha de ''O Guarani''

    Resenha da Obra O Guarani de José de Alencar O Guarani é uma história, de romance e aventura. Narrada no ano de 1604, no interior do Brasil onde vivem dois jovens com realidades distintas. Peri cacique da tribo goitacá e Cecília uma portuguesa de bom coração, que cativa a todos a seu redor, em especial ao aventureiro Álvaro e a um dos vilões da trama Loredano um ex-frade. A história inicia quando Peri salva a vida de Ceci, e se torna seu escravo. A partir daquele instante o jovem herói decide...

    916  Palavras | 4  Páginas

  • Senhora Jos De Alencar RESENHA

    07/03/2015 Resenha: “Senhora”, José de Alencar | Falando em Literatura... Sobre estes anúncios Falando em Literatura… FALANDO EM LITERATURA… LITERATURA, ARTES & AFINS Resenha: “Senhora”, José de Alencar 23 de outubro de 2013 por Fernanda Jiménez Há mulheres assim, a quem um perfume de tristeza idealiza. As mais violentas paixões são idealizadas no exílio. (p.17) É uma pena que livros clássicos da literatura brasileira sejam vistos pelos jovens como chatos, leitura “obrigatória e cansativa” imposta pelos colégios...

    1882  Palavras | 8  Páginas

  • Resenha crítica Arqueologia da violência

     RESENHA CRÍTICA – ARQUEOLOGIA DA VIOLÊNCIA A DEFICIÊNCIA DO DIFERENTE CLASTRES, Pierre. “Do etnocídio”. In: Arqueologia da violência – pesquisas de antropologia política. SP, Cosac Naify, 2004. Pierre Clastres (1934 – 1977) foi importante antropólogo e etnógrafo francês da segunda metade do século XX. Realizou seus estudos de filosofia em Sorbonne, formando-se em 1957. Durante os anos de licenciatura, começou a interessar-se pelos estudos etnológicos, seguindo os cursos de Lévi-Strauss...

    729  Palavras | 3  Páginas

  • Resenha Do FIlme A Missão E Os Textos De Aranhas 1 Bimestre

    Luciani Wolf ² A presente resenha discute a educação jesuítica no Brasil ,tendo por base os textos estudados pelos alunos de pedagogia noturno da UNESPAR, os texto são da Autora Maria Lucia de Arruda Aranha e o filme A MISSÃO dirigido por Roland Joffé. A finalidade desta resenha é compreender as consequências da educação jesuítica no Brasil e como esses valores dados pelos Jesuítas no inicio da colonização influencia nossa sociedade até mesmo no dias atuais. Sobre os autores podemos destacar que...

    1262  Palavras | 6  Páginas

  • Resenha: triste fim de policarpo quaresma

    Colégio Estadual Edilson Freire Aluna: Iana Cristiane Santos Cunha Série/ Turma: 3°/ A Professora: Neila Portela Disciplina: Português Atividade: Resenha do livro, Triste fim de Policarpo Quaresma. BARRETO. Lima. Triste fim de Policarpo Quaresma. Porto Alegre. L&pm. 2003. 64 p. Afonso Henrique de Lima Barreto nasceu na cidade do Rio de janeiro- RJ, em 1881. Escritor e jornalista brasileiro. Participou do movimento Pré- Modernismo, se destacando na prosa. Para ele, o escritor tinha...

    603  Palavras | 3  Páginas

  • Resumo e resenha critica o trsite fim de pilicarpo quaresma

    ESCOLA DE REFERÊNCIA EM ENSINO MÉDIO MENDO SAMPAIO RESUMO E RESENHA CRÍTICA DE: “O TRISTE FIM DE POLICARPO QUARESMA” LIMA BARRETO Trabalho apresentado à disciplina de Português, da Profª Tânia; para obtenção relativa a nota do 1º bimestre/12. . . Nome dos alunos: Allef Rodrigues ...

    1366  Palavras | 6  Páginas

  • Resenha - Os Indios no Brasil

    Resenha Os Índios antes do Brasil – Fausto Carlos FAUSTO, Carlos. Os índios antes do Brasil. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2000. 95 p. Muitos questionamentos são feitos acerca da História dos Indígenas nas Américas, visto que antes da chegada de Cabral, os registros são apenas arqueológicos, os quais não são suficientes para sanar toda a curiosidade da comunidade em geral. Infelizmente o sistema Educacional Brasileiro, reporta que em tal período, existiam apenas selvagens, sem quaisquer...

    764  Palavras | 4  Páginas

  • Resenha Crítica da livro Por que (não) ensinar Gramática

    UNIVERSIDADE ESTADUAL DE ALAGOAS ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS RESENHA CRÍTICA Arapiraca/AL, 2013 RESENHA CRÍTICA PORQUE (NÃO) ENSINAR GRAMÁTICA NA ESCOLA Arapiraca/AL, 2013 POSSENTI, Sírio. Por Que (Não) Ensinar Gramática na Escola — Campinas – SP, Mercado de Letras: Associação de Leitura do Brasil, 1996. 92 p. Esta apresentação refere-se à primeira parte do livro, que é dividida em dez tópicos (teses) nos quais o autor chama a atenção do leitor trazendo a...

    1886  Palavras | 8  Páginas

  • Resenha do livro: RIBEIRO, Darcy. O povo brasileiro

    RESENHA CRÍTICA Referencia Bibliográfica: RIBEIRO, Darcy. O povo brasileiro - a formação e o sentido do brasil. Capítulo 9 “O Brasil caboclo” página 305 - 337. Companhia das Letras, 1995. São Paulo. 477 Páginas. 19 reais. Resumo: Neste pequeno capítulo que integra a obra, o escritor bate, intencionalmente, sempre na mesma tecla – De como esta a situação dos povos que habitavam na floresta Amazônica, e também se questiona sobre a economia que a maior floresta tropical do mundo gera, ocasionando...

    1651  Palavras | 7  Páginas

  • Metodologia científica: o que é fichamento, resenha, resumo, sinopse, resenha crítica, esquemas

    METODOLOGIA CIENTÍFICA: O QUE É FICHAMENTO, RESENHA, RESUMO, SINOPSE, RESENHA CRÍTICA, ESQUEMAS O que é fichamento, resenha , resumo, sinopse, resenha critica, dentre outros e exemplo de todos. Introdução O trabalho a seguir trata de assuntos acerca de métodos científicos, sendo estudado neles, sinopses, resumos, esquemas, resenhas criticas, resumos críticos e fichamentos. Expondo dados relevantes no conhecimento, para que se possa fazer bem os descritos acima, apresentando definições e exemplos...

    4219  Palavras | 17  Páginas

  • Resenha Critica A Sociedade contra o Estado -Pierre Clastres

    RESENHA CRÍTICA CLASTRES, P. A sociedade contra o estado. São Paulo: Cosac & Naify. 2003. 280 p. 1 CREDENCIAL DO AUTOR Pierre Clastres nasceu em Paris em1934. Formou-se em filosofia no ano de 1957 na Sorbone, em 1963 vive sua primeira experiência de campo entre os Guayaki ao lado de sua esposa Hélèn Clastres no Paraguai. Em1965 defende sua tese de doutorado na Sorbone e leciona no antigo Departamento de Ciências Sociais da USP. Nos anos seguintes realiza pesquisas mais curtas na América do...

    2027  Palavras | 9  Páginas

  • modelo trabalho do livro

    ..................................................5 3. Personagens.................................................................................6 4. Análise da linguagem....................................................................7 5. Resenha crítica.............................................................................8 6. Características da obra..................................................................9 7. Biografia do autor................................................

    1818  Palavras | 8  Páginas

  • Resenha

    Resenha Descritiva Nome do autor: Marisa Lajolo Título da obra: Monteiro Lobato (Um brasileiro sob medida) Nome da editora: Editora Moderna Lugar e data da publicação: São Paulo 2000 Números de paginas: 99 (Noventa e nove) páginas Divisão de capítulos e resumo do conteúdo deles: A obra é composta por 12 (Doze) capítulos. Capítulo 1 - Nascimento de Monteiro Lobato Na noite de 18 de Abril, nasce em Taubaté Monteiro Lobato filho de Jose bento e Dona Olímpia. Seu avô era conhecido como Visconde...

    1985  Palavras | 8  Páginas

  • Livros

    realizadas ao longo do ano. Ele tem como objetivo incentivar a leitura, fazendo com que realizamos várias atividades com o livro. O trabalho deverá ser realizado individualmente, em folhas padronizadas, A4. Ficha 1 Nome: O crocodilo e outras histórias. Autor: Fiódor Dostoiévski. Editora: Scipione. Número de páginas: 120 páginas. POEMA: É um livro que reúne três contos Todos três muito interessantes. O crocodilo, Pilhéria em graça e Um pequeno herói Histórias lindas...

    1141  Palavras | 5  Páginas

  • Resenha Do Livro Hist Ria Da Imprensa No Brasil I

     Resenha do livro História da imprensa no Brasil As histórias descritas neste livro formam uma viagem ao longo de duzentos anos da imprensa em nosso país, iniciando por volta de 1808 quando a família real chega ao Brasil. O livro descreve a história baseados em registros documentados e memórias dos bastidores da imprensa, dos personagens importantes, da promiscuidade dos governos e do poder público com a imprensa, da censura, da conivência entre os veículos de comunicação e os políticos. A parte...

    1344  Palavras | 6  Páginas

  • O Guarani

    Tamandaré se repetiu com Peri e Cecília e estes sobreviveram, dando início à população brasileira. Uma resenha exemplo O Guarani foi um dos primeiros livros que me marcaram, que conseguiram despertar em mim a vontade de conhecer melhor a literatura nacional além, é claro, de me apresentar à José de Alencar, um dos maiores escritores de todos os tempos, em minha humilde opinião.  O livro conta a história de Peri, um índio Goitacá que possui como musa inspiradora Ceci (Cecília). Ceci, por sua...

    740  Palavras | 3  Páginas

  • Cinco Minutos: reflexões em forma de resenha

    semestre/2014 Cinco Minutos: reflexões em forma de resenha A pressa do leitor carioca em folhear o Diário do Rio de Janeiro, numa certa manhã do ano de 1856, não era mais mistério, nem mesmo aos iletrados, que roubavam com os ouvidos - um pouco daqui, um pouco dali - uma leitura alheia. Dentre todas as perguntas, uma delas merece ser lembrada, ou, como diria Borges, merece se atrasar, se a meta é o esquecimento: "Seriam as últimas notícias sobre o Tratado de Paris, um rompante repentino entre Napoleão...

    3077  Palavras | 13  Páginas

  • Resenha do livro Triste fim de Policarpo Quaresma

     Resumos do Livro Triste Fim de Policarpo Quaresma Hoje a resenha é especial!!! Quem escreveu foi minha irmã Ivana, de 14 anos, que também é uma degustadora de livros assim como eu. A resenha está muito mimosa, espero que gostem. Policarpo Quaresma era um homem pequeno e magro. Vestia fraques curtos na frente e com abas atrás, nas cores preto, azul, cinza ou listrado. Uma cartola alta,de abas curtas,completava aquele figurino fora de moda. Policarpo...

    5031  Palavras | 21  Páginas

  • Resenha Crítica da obra Lucíola

     CEM – Centro Educacional de Manhuaçu Guilherme Arthur Resenha Crítica da obra Lucíola Manhuaçu 2014 .Breve biografia do autor José de Alencar nasceu no Ceará, em 1º de maio de 1829. Era filho de José Martiniano de Alencar, padre que mais tarde seria eleito senador, e que abandonaria a carreira sacerdotal para unir-se a sua prima Ana Josefina de Alencar. A família de Alencar mudou-se para o Rio de Janeiro, então capital do Império, quando o escritor era ainda...

    877  Palavras | 4  Páginas

  • Resenha critica

    Resenha Crítica: Triste Fim de Policarpo Quaresma. Afonso Henrique de Lima Barreto nasceu no Rio de Janeiro no dia 13 de maio de 1881.  Explora em suas obras, as injustiças sociais e as dificuldades das primeiras décadas da República. Lima Barreto com seu espírito inquieto e rebelde, seu inconformismo com a mediocridade reinante, se entrega ao álcool. Suas constantes depressões o levam duas vezes para o hospital. Em 01 de novembro de 1922 morre de um ataque cardíaco. ...

    1105  Palavras | 5  Páginas

  • Resumo do livro

    Universidade Federal do Oeste do Pará Centro de Formação Interdisciplinar RESENHA CRÍTICA Erick Oliveira do Nascimento – M7 GADELHA, Regina Maria A. Fonseca; Conquista e ocupação da Amazônia: a fronteira Norte do Brasil; Estudos avançados 16 (45), 2002. Pag.63 a 77. o CREDENCIAIS DA AUTORA Regina Maria A. Fonseca Gadelha e historiadora, professora titular da faculdade de economia, administração, contabilidade e atuárias da PUC-SP...

    1123  Palavras | 5  Páginas

  • Resenha do livro O Guarani

    Resenha do livro “O Guarani” José de Alencar O romance desenvolve sua ação no início do século XVII, começando em 1604. Na parte inicial deste livro, o narrador nos mostra D. Antônio Mariz, pai da heroína da história, a Ceci (Cecília), sendo ele um fidalgo português que participou da fundação da cidade do Rio de Janeiro no ano de 1567. Ele tinha decidido ficar no Brasil depois das derrotas de portuguesas sofridas no Marrocos. Desse modo, ele se firma no Rio de Janeiro em terras que lhe foram...

    771  Palavras | 4  Páginas

  • Perguntas sobre o Livro "Câmera na Mão, O Guarani no Coração"

    Rô, Aníbal e Pedro fazer o vídeo, que segundo o regulamento devia ser do livro “O Guarani”. Quem escreveu esse livro? a) José de Alencar b) Moacyr Scliar VF 3 - Tato sai para comprar o livro “O Guarani”, pois nunca tinha lido ele e então sua mãe pede a ele que fosse levar umas roupas pra sua tia. Quem era a tia de Tato? a) Cecília b) Amelia FV 4 - Alguém indicou um vizinho conhecido que adorava O Guarani e tinha a casa praticamente idêntica à descrita pelo autor. Qual era o nome...

    613  Palavras | 3  Páginas

  • Maniglier 2009 resenha

    Entrevista com Paulo Santilli Camilla MAINARDI; Marília LOURENÇO; Messias BASQUES; Tatiana MASSARO Relatos de Pesquisas O poder do riso Reflexões sobre o humor em uma etnografia Krahô Ana Gabriela MORIM DE LIMA O Espírito Santo e o Diabo O preenchimento pelo Bem e a contaminação pelo Mal na Renovação Carismática Católica Lílian Maria Pinto SALES Resenhas LÉVI-STRAUSS, Claude. O Suplício do Papai Noel Eliana do Pilar ROCHA KULICK, Don. Travesti: prostituição, sexo, gênero e cultura no Brasil Érica...

    97871  Palavras | 392  Páginas

  • O guarani - Resenha Crítica

    Resenha Crítica do Romance “O Guarani” ALENCAR, José de. O guarani. 10 ed. São Paulo, Ática, 1985. É um romance de autoafirmação brasileira, que busca no índio e no português, nessa mistura de raças e povos com espíritos guerreiros, valorosos e vencedores, o homemgenuinamente brasileiro. A narrativa é formada de 54 capítulos, distribuídos em quatro partes: Parte I - Os Aventureiros ( 15 capítulos: Cenário, Lealdade, A Bandeira, A Caçada, Loura e morena, A Volta, A Prece, Três linhas, Amor, Ao Alvorecer...

    1353  Palavras | 6  Páginas

  • Resenha: A Sociedade Contra o Estado

    Resenha: Clastres, P. A Sociedade contra o Estado, in “A Sociedade contra o Estado: Pesquisas de Antropologia Política”, do autor, RJ, Francisco Alves, 1978, pp. 132-152. A Sociedade contra o Estado é uma obra fundamental cujo autor é Pierre Clastres, fundador da antropologia política. A figura que serviria de inspiração a Clastres é a do chefe indígena (figura certamente genérica), autoridade que não detém poder algum, prisioneiro do grupo. Esse chefe está submetido a uma série de obrigações...

    806  Palavras | 4  Páginas

  • Livro O Guarani

    O GUARANI Trabalho apresentado à disciplina de Língua Portuguesa, como pré-requisito a avaliação do 2° Bimestre pelo Colégio Estadual Nilo Brandão. Professora: Clara Maria. CURITIBA 2012 Andressa Carla Ferreira da Silva N°04 Deborah Kalyandra Koppe N°08 Elisa Alves de Jesus N°10 Matheus Fernando Aniceto N°24 Millena Cristiane dos Santos N°25 Najla Pereira Vaz de Oliveira N°26 Wellington Ferreira N°33 O GUARANI ...

    2166  Palavras | 9  Páginas

  • Resenha crítica - as barbas do imperador

    RESENHA CRÍTICA – OBRA: AS BARBAS DO IMPERADOR Sobre a autora da obra, Lilia Katri Moritz Schwarcz, bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq, possui graduação em História pela Universidade de São Paulo (1980), mestrado em Antropologia Social pela Universidade Estadual de Campinas (1986), doutorado em Antropologia Social pela Universidade de São Paulo (1993), livre-docência em Antropologia Social pela USP (1998). Atualmente é professora titular da Universidade de São Paulo (2005), editora da...

    3209  Palavras | 13  Páginas

  • EJA GUARANI - ALÉM E AQUÉM DO BILINGUISMO

    Apresentação EJA GUARANI - ALÉM E AQUÉM DO BILINGUISMO José Ribamar Bessa Freire Por considerá-lo bastante apropriado, tomamos emprestado para essa apresentação o título – Más acá y más allá del bilinguismo - de um capítulo do livro Pasado, Presente y Futuro de la Lengua Guarani, de Bartomeu Meliá (CEADUC, Asunción, 2010). Lá, em outro capítulo instigante e provocador - A Interculturalidade e a farsa do bilinguismo - ele questiona: “Grandes palavras como bilinguismo e interculturalidade...

    2629  Palavras | 11  Páginas

  • Guarani

    Escola Municipal de Ensino Fundamental Adriano Farina O Guarani Veranópolis 2011 1 Nome da Obra O Guarani Autor José de Alencar Trabalho de Língua Portuguesa Veranópolis 2011 2 Sumário Introdução................................. 4 Desenvolvimento...................... 5 Desenvolvimento......................

    529  Palavras | 3  Páginas

  • O GUARANI

    JOSÉ DE ALENCAR: A POLÊMICA E M TORNO DA ADAPTAÇAO TEATRAL DE O GUARANI João Roberto Gomes de Faria Universidade Federai do Paraná RESUMO H á um episódio na vida de José de Alencar que não mereceu a atenção dos seus biógrafos: a polêmica em torno da adaptação do romance O Guarani para o teatro, realizada em 1874 por Visconti Coaraci e Pereira da Silva. Este trabalho procura preencher tal lacuna, comentando e trazendo à luz, pela primeira vez, textos dispersos de Alencar, Cardoso de Meneses...

    12208  Palavras | 49  Páginas

  • amor e odio

    ÓPERA "O Guarani", o libreto é de Antônio Scalvini, Livros Adicionar à minha bibliotecaEscrever resenha Página 35 VER E-LIVRO Obter este livro em versão impressa▼ Capa 12 Resenhas Escrever resenha O Guarani Por José Martiniano de Alencar,Eduardo Vieira Martins Google Livros Pesquisando um tópico? Pesquise no índice mais recente de livros de todo o mundo. Encontre milhões de ótimos livros que você pode visualizar ou ler gratuitamente. Usuários de leitores de tela: para...

    677  Palavras | 3  Páginas

  • Resenha da obra senhora

    UESPI CENTRO DE CIENCIAS HUMANAS E LETRAS – CCHL LICENCIATURA PLENA EM LETRAS / PORTUGUÊS DISCIPLINA: LITERATURA E TEORIA LITERARIA ERICO JORGE VALADARES DE ARAUJO SENHORA TERESINA 2011 ERICO JORGE VALADARES DE ARAUJO SENHORA Resenha Crítica da obra de José de Alencar, Senhora, apresentado à Universidade Estadual do Piauí – UESPI ao curso de Licenciatura Plena em Letras/Português Orientador(a): Professor(a) Dr(a). Estela Viana Lima TERESINA 2011 ALENCAR, José de. Senhora...

    1166  Palavras | 5  Páginas

  • o guarani

    O Guarani Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. Disambig grey.svg Nota: Se procura outras versões baseadas neste romance, veja O Guarani (desambiguação). O Guarani primeira edição do livro o guarani Autor (es) José de Alencar Idioma Língua portuguesa País Brasil Formato Folhetim (1a edição) Lançamento 1857 ISBN N/A Cronologia ÚltimoÚltimo Cinco Minutos A Viuvinha PróximoPróximo O Guarani é um romance escrito por José de Alencar, desenvolvido em princípio em folhetim, de fevereiro...

    2078  Palavras | 9  Páginas

  • ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE O LIVRO E O FILME

    O GUARANI ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE O LIVRO E O FILME Esse texto tem como objetivo realizar uma análise comparativa entre o livro O Guarani, de José de Alencar e a adaptação fílmica homônima, de Norma Bengell. "O Guarani" foi publicado originalmente como folhetim de janeiro a abril de 1957, sendo lançado na forma de livro no final desse mesmo ano. A obra é um dos maiores representantes da primeira fase do modernismo brasileiro, conhecida como fase indianista. Como o próprio nome diz, essa fase...

    773  Palavras | 4  Páginas

  • O Guarani

    O GUARANI JOSÉ DE ALENCAR A história se passa na época da Colonização do Brasil 1603 e 1604.Conta a história de amor e heroísmo entre Cecília e Peri. É um romance Indianista(O Guarani,Iracema e Ubirajara). O Guarani é um livro estruturado bem ao gosto romântico,pois ingredientes que o lhe amor,aventuras e vilões . enredo são contem próprios:  Estrutura da Narrativa A narrativa é formada de 54 capítulos, distribuídos em quatro partes: a) Os Aventureiros b) Peri c) Os Aimorés...

    617  Palavras | 3  Páginas

  • O guarani

    SUPLEMENTO DE ATIVIDADES O GUARANI Este suplemento de atividades é parte integrante da obra O guarani. Não pode ser vendido separadamente. © SARAIVA S.A. Livreiros Editores. JOSE DE ALENCAR NOME: No : SÉRIE/ANO: ESCOLA: J osé de Alencar é considerado o patriarca da literatura brasileira. Com seu projeto artístico, procurou criar histórias que, além de retratar a realidade brasileira, ajudaram a construir a identidade nacional do país. Isso era muito importante, pois o Brasil acabara...

    2039  Palavras | 9  Páginas

  • GUARANI

    O GUARANI ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE O LIVRO E O FILME Baixa Grande 2013 ALEXSANDRA ALMEIDA RIBEIRO O GUARANI ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE O LIVRO E O FILME Trabalho apresentado à professora Juscimeire Pamponet da disciplina Língua Portuguesa e Literatura Brasileira, do 2° ano B, do Ensino Médio, como requisito parcial de avaliação da II unidade. Baixa Grande 2013 O GUARANI ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE O LIVRO E O FILME ...

    1609  Palavras | 7  Páginas

  • Resenha Cr Tica

      Resenha critica do filme ”Iracema,a virgem dos lábios de mel“.    O  filme  é  baseado  em  um  livro  escrito  pelo  brasileiro  José  de  Alencar,  publicado  em  1865  que  faz  parte  da  ​ trilogia  ​ indianista  do  autor.  Os  outros  dois  romances  pertencentes  à  trilogia são ​ O guarani e  Ubirajara​ ..O filme foi lançado em 1979,  dirigido pelo cineasta ​ Carlos Coimbra​ .  A  história  retrata  o  romance  de  Iracema  descrita  como  “​ a  virgem  dos  lábios  de  mel  e  de  cabelos ...

    912  Palavras | 4  Páginas

  • O guarani

    estudo literário O Guarani Ipatinga – Dezembro de 2013 E. E. Selim José de Salles Profª: Graça Trabalho de estudo literário O Guarani Aluno: Diogo Borges da Silveira Nº: 17 Turma: 2º 02 Ipatinga – Dezembro de 2013 Introdução Escrito originalmente em folhetim, entre fevereiro e abril de 1857, com 54 capítulos, O Guarani teve tal êxito na edição folhetinesca que, antes do fim do ano de 1857, foi publicado em livro, com alterações mínimas...

    1969  Palavras | 8  Páginas

  • O guarani

    INTRODUÇÃO Como observa o próprio Alencar, nas "notas do autor", o título dado ao livro – "o guarani" – "significa o indígena brasileiro". Peri, pois, protagonista da história, seria não só o representante da grande nação tupi-guarani (da tribo dos goitacás), como também o símbolo do aborígine brasileiro em geral. O Guarani foi publicado, inicialmente, sob a forma de "folhetim", de fevereiro a abril de 1857. Segundo consta, sua publicação fez grande sucesso na época, sendo os exemplares...

    5716  Palavras | 23  Páginas

  • Resenha(Amarga Solidão)

    Resenha do Livro Amarga Solidão Referência bibliográfica: CARVALHO, O.G. Rego de. Amarga Solidão. Piauí: Corisco, 1988. 23 p. Orlando Geraldo Rego de Carvalho nasceu em 25 de janeiro de 1930, em Oeiras, Piauí. Garoto ainda, decidiu que seria escritor, após ler O GUARANI, de José de Alencar. Bacharel em Direito pela antiga Faculdade de Direito do Piauí, dedicou todo tempo disponível à literatura, sua grande paixão. Apesar de ter produzido uma obra quantitativamente pequena: ULISSES ENTRE O...

    1037  Palavras | 5  Páginas

  • roteiro

    Entre | Trabalhos e Monografias Gerador de Citação Mais Pesquise 1.800.000 Trabalhos Página Inicial » Português e Linguagem Teatro do livro: o guarani Enviado por rdsleticia, junho 2013 | 2 Páginas (380 Palavras) | 31 Consultas| Envie | | Assinar Assinar para acessar o trabalho completo O guarani Vamos contar uma história de amor entre o índio Peri e Cecília filha de um TrabalhosFeitos.com é a principal rico fazendeiro. ferramenta de aprendizado da...

    598  Palavras | 3  Páginas

  • O guarani

    história “inconscientemente”. * Opinar e argumentar sobre o texto lido. "O Guarani" é um romance da fase indianista de José de Alencar. Nele, o índio representa o verdadeiro herói universal, aquele que não mede as consequências e nem as dificuldades para ajudar quem ama. Peri é o "bom selvagem" em pessoa, cede aos encantos de uma representação feminina típica da segunda fase do Romantismo: extremamente doce, frágil e inalcançável. O livro mostra os encontros e desencontros desse amor impossível...

    745  Palavras | 3  Páginas

  • O guarani

     INTRODUÇÃO Neste trabalho iremos abordar a história do livro O Guarani , um romance escrito por José de Alencar, em 1857 que foi escrito em forma de ,que tem como tema a imposição da cultura branca, e do cristianismo, a idealização da natureza. Nosso objetivo é apresentar as características e apresenta-las de forma clara O Guarani, uma das obras mais emblemáticas de José de Alencar antecipa em pleno século XIX o que seria uma relação entre etnias diferentes. Como se fora um west side...

    3343  Palavras | 14  Páginas

  • Resenha livro CASA GRANDE E SENZALA - Gilberto Freire

    RESENHA Capítulo I: Características gerais da colonização portuguesa do Brasil: formação de uma sociedade agrária, escravocrata e híbrida. Em 1532, quando se organizou a sociedade Brasileira,econômica e civil, teve como base a agricultura, por meio do trabalho escravo, primeiro com o índio e depois com o negro. Da união do português com a índia, iniciou a cultura econômica e social do invasor. Essa predisposição dos portugueses para a colonização hibrida vinha de seu passado étnico, antes...

    3514  Palavras | 15  Páginas

  • PENTA do livro câmera na mão, o guarani no coração

    partes de O Guarani. É descrito como um garoto loiro e apesar de presente, sua presença não tem muita influencia no enredo. Aníbal: É um garoto cheio de conflitos pessoais. Ainda abalado com o rompimento do namorado com Rô, ele conhece Cecília, e logo tem mais uma decepção, além de ter problemas com o pai, com quem tem uma relação bem conturbada. É descrito como ruivo e com sardas. Teresa: É a irmã mais velha de Tato. Esforçada e ótima irmã, não perdoa preguiça. Foi ela quem disse à Tato sobre o concurso...

    1458  Palavras | 6  Páginas

  • O PARADIGMA FEUDAL (PO)ÉTICO INDÍGENA N’O GUARANI (1857) DE JOSÉ DE ALENCAR

    da UECE DOSSIÊ Diálogos sobre Artes O PARADIGMA FEUDAL (PO)ÉTICO INDÍGENA N’O GUARANI (1857) DE JOSÉ DE ALENCAR1 Tito Barros Leal * RESUMO O texto tem por objetivo apresentar algumas reflexões sobre aquilo que conceituamos como sendo a poética historiográfica alencariana. Para tanto, analisaremos a utilização que José de Alencar fez das fontes disponíveis e da historiografia existente na época em que escreveu seu primeiro Romance Nacional, O Guarani, saído primeiro em formato de...

    6106  Palavras | 25  Páginas

  • o guarani

    Introdução: O Guarani é um dos romances mais importantes de José de Alencar - foi uma das primeiras obras criadas com o objetivo de fundar uma literatura brasileira autônoma em relação à tradição portuguesa. Foi inicialmente publicada em forma de folhetim, e em meados de 1857, concedendo grande popularidade a Alencar. Autor: José de Alencar nasceu em Fortaleza, Ceará, no dia primeiro de maio de 1829. Formado em Direito pela Faculdade de Direito de...

    2085  Palavras | 9  Páginas

  • O guarani

    Introdução O guarani, é um livro de José de Alencar, que conta a historia de Peri, um índio, e Cecília, uma moça da alta sociedade. O Guarani foi publicado, inicialmente, sob a forma de "folhetim", de fevereiro a abril de 1857. Segundo consta, sua publicação fez grande sucesso na época, sendo os exemplares do jornal, em que era publicado, disputados avidamente pelo público leitor. O interesse era, talvez, semelhante ao que acontece hoje com as novelas de televisão.  Além de O Guarani, Alencar publicou...

    1260  Palavras | 6  Páginas

  • Aquifero Guarani

    INTRODUÇÃO Aquífero Guarani – Como minimizar o impacto da urbanização em Ribeirão Preto sobre o aquífero Guarani? É denominado aquífero grandes reservatórios de águas subterrâneas localizados a centenas de metros de profundidade. Possuindo cerca de 1,2 milhões de quilômetros quadrados, o aquífero Guarani é considerado o maior manancial de água doce subterrânea do mundo. Este reservatório é formado por derrames de basalto ocorridos nos Períodos Triássico, Jurássico e Cretáceo Inferior (entre 200...

    2424  Palavras | 10  Páginas

  • Yva'a - agrofloresta guarani

    UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS Cartilha Agroflorestal Mbya Guarani Saberes Yva`a Marcus Vinícius de Souza Mouzer Dezembro de 2011 1 Marcus Vinícius de Souza Mouzer Cartilha Agroflorestal Mbya Guarani Saberes Yva`a Trabalho de Conclusão apresentado à Comissão de Graduação do Curso em Ciências Biológicas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, como requisito parcial e obrigatório para obtenção do título Licenciatura em Ciências...

    22815  Palavras | 92  Páginas

  • Os Tupi-Guarani

    portugueses na região da atual cidade brasileira de São Paulo, a qual teve origem num aldeamento jesuítico Cunhambebe, líder tamoio, retratado por André Thevet no século XVI Desenho do livro autobiográfico de Jean de Léry mostrando saudações lacrimosas entre europeu e índia tupi, um costume tupi Desenho do livro autobiográfico de Hans Staden retratando a execução de um prisioneiro dos índios tupinambás que está amarrado à corda muçurana. À esquerda, um índio segura o porrete tupi ibirapema com...

    2149  Palavras | 9  Páginas

  • Resumo do livro "o guarani"

    "O Guarani" apresenta foco narrativo em terceira pessoa, sendo o narrador onisciente. Ao longo da narrativa ele faz comentários sobre as atitudes das personagens. É dividido em quatro pates: *Os Aventureiros *Peri *Os Aimorés *A Catástrofe "O Guarani" foi publicado originalmente como folhetim de janeiro a abril de 1957, sendo lançado na forma de livro no final...

    836  Palavras | 4  Páginas

  • Análise de "O Guarani"

    “O Livro” O Guarani é um romance indianista escrito por José de Alencar, onde primeiramente foi desenvolvido de fevereiro a abril de 1857 em folhetim, no Correio mercantil, e no fim do ano foi publicado como livro, com pequenas alterações. A obra fez de José de Alencar um autor reconhecido, e faz parte da trilogia indianista de Alencar: O Guarani (1857) Iracema (1865) Ubirajara (1874) O livro foi publicado por diversas editoras e, atualmente, encontra-se em domínio público. “Resumo” O...

    1331  Palavras | 6  Páginas

  • O guarani

    Escola Estadual Mauricio Murgel O Guarani José de Alencar Nome: Lucas Rodrigues Guimarães Nº:22 Turma: 3BM Data de entrega: 19/11/2014 Analise O livro O Guarani de José de Alencar, e uma obra escrita em 1857, originalmente foi escrita em formato de folhetim. O folhetim alcançou tanto sucesso que antes do fim do ano de 1857 um livro foi lançado com poucas mudanças. O livro e dividido em quatro partes intituladas: Os aventureiros , Peri , Os Aimorés e A Catástrofe...

    631  Palavras | 3  Páginas

  • Resumo câmera na mão guarani no coração

    NA MÃO GUARANI NO CORAÇÃO Capítulo 1 Renato (Tato) adorava cinema e o avô dele era cineasta. Ele fez vestibular de comunicação. Os pais dele eram pobres, mas no dia do aniversário dele resolveram dar a ele uma câmera novinha. Então ele resolveu se inscrever em um concurso em que eles devem apresentar grandes obras da literatura brasileira. Tato foi no bar do Clécio e resolveu com seus amigos Rô, Aníbal e Pedro fazer o vídeo, que segundo o regulamento devia ser do livro “O Guarani” de José...

    1614  Palavras | 7  Páginas

tracking img