• Guimarães rosa
    OBRA ANALISADA A Hora e a Vez de Augusto Matraga GÊNERO Prosa de ficção: conto da obra Sagarana AUTOR Guimarães Rosa Na noite de 16 de novembro de 1967, toma posse na Academia Brasileira de Letras ocupando a cadeira n.º 2, que tem como patrono o escritor Álvares de Azevedo, e...
    922 Palavras 4 Páginas
  • ANÁLISE DO CONTO: A TERCEIRA MARGEM DO RIO DE JOÃO GUIMARÃES ROSA
    ANÁLISE DO CONTO: A TERCEIRA MARGEM DO RIO DE JOÃO GUIMARÃES ROSA RESUMO: Este artigo tem como finalidade fazer uma análise do conto A terceira margem do Rio de João Guimarães Rosa, que faz parte do livro Primeiras Estórias de 1962 e compreende o período do pós-modernismo. A terceira margem...
    2246 Palavras 9 Páginas
  • Somente para o rio o infinito é possível
    novos caminhos. O espaço de leitura do conto A terceira margem do rio, neste ensaio, será permeado por outros textos, teóricos e literários, num diálogo em que se possa apreender os elementos de linguagem utilizados por Guimarães Rosa ao compor sua literatura. Tomando por empréstimo as palavras de...
    4478 Palavras 18 Páginas
  • Literatura Brasileira
    como a alma de um homem. Na superfície são muito vivazes e claros, mas nas profundezas são tranqüilos e escuros como o sofrimento dos homens." João Guimarães Rosa nasceu em Cordisburgo (MG) a 27 de junho de 1908 e era o primeiro dos seis filhos de D. Francisca (Chiquitinha) Guimarães...
    1093 Palavras 5 Páginas
  • Vida e Obras de Guimarães Rosa
    Sagarana, ganhou o prêmio Humberto de Campos. O primeiro de tantos outros que recebeu por esta obra que reúne contos sobre a vida rural em Minas. É através desse livro que Guimarães Rosa começa a mostrar o regionalismo através da linguagem, característica maior do autor. É em sua viagem à Europa...
    882 Palavras 4 Páginas
  • Questionario ala 2 de meio ambiente
    uma coletânea de contos, que uma vez revisado é publicado, em 1946, sob o título de Sagarana, que já apresenta um tom regionalista inovador e o reconhecimento como um dos mais importantes livros surgidos no Brasil contemporâneo. Em 1938, Guimarães Rosa é nomeado Cônsul Adjunto em Hamburgo, e segue...
    2650 Palavras 11 Páginas
  • Lingua portuguesa
    O Espelho Machado de Assis e Guimarães Rosa 17 de outubro de 2013 Interpretação do texto: “O Espelho” de Machado de Assis O conto “O espelho”, escrito por Machado de Assis é feita uma analise das pressões sociais de que se é vítima, como também faz critica e...
    1234 Palavras 5 Páginas
  • Guimarães Rosa
    Quem foi Guimarães Rosa? João Guimarães Rosa nasceu em Cordisburgo no dia 27 de junho de 1908 e morreu no Rio de Janeiro no dia 19 de novembro, foi um dos mais importantes escritores brasileiros de todos os tempos. Foi também médico e diplomata. Foi o primeiro dos seis filhos de...
    427 Palavras 2 Páginas
  • Trabalho de Português
    ”, o qual mais tarde se chamaria Sagarana, ganhou o prêmio Humberto de Campos. O primeiro de tantos outros que recebeu por esta obra que reúne contos sobre a vida rural em Minas. É através desse livro que Guimarães Rosa começa a mostrar o regionalismo através da linguagem, característica maior do...
    2672 Palavras 11 Páginas
  • Guimaraes rosa
    uma escola de padres alemães. Logo que ingressa, Guimarães Rosa começa o estudo de alemão.  Ainda nessa cidade, matricula-se na Faculdade de Medicina da Universidade de Minas Gerais, em 1925.  Nem tinha formado, quando em 1929, escreveu seus primeiros contos e deu início à sua carreira como...
    903 Palavras 4 Páginas
  • brasil
    “Conversa de bois” (Sagarana, de João Guimarães Rosa) época, fora premiado várias vezes por seus contos no concurso promovido pela revista O Cruzeiro. Mas eram textos que ainda não definiam seu estilo e sua linguagem. Em 1936, foi premiado, no concurso da Academia Brasileira de Letras, pelo...
    7441 Palavras 30 Páginas
  • joao guimaraes rosa
    João Guimarães Rosa Guimarães Rosa é considerado por muitos críticos o maior escritor brasileiro da segunda metade do século 20. Ele foi o primeiro dos sete filhos de Francisca Guimarães Rosa ("Chiquitinha") e de Florduardo Pinto Rosa ("Seu Fulô"), comerciante, juiz de paz, caçador e contador de...
    568 Palavras 3 Páginas
  • Sagarana
    , árabe, sânscrito, lituano, polonês, tupi, hebraico, japonês, tcheco, finlandês e dinamarquês. A estréia literária de Guimarães Rosa se deu em 1929, quando a revista O Cruzeiro publicou alguns contos seus, vencedores de um concurso literário da edição. Em 1936, a coletânea de versos Magma, obra que...
    3773 Palavras 16 Páginas
  • as margens da alegria
    grandes rios, pois são profundos como a alma de um homem. Na superfície são muito vivazes e claros, mas nas profundezas são tranqüilos e escuros como o sofrimento dos homens. (Guimarães Rosa). RESUMO: Este trabalho discute o conto de Guimarães Rosa “As margens da alegria”, mostrando a estória...
    1364 Palavras 6 Páginas
  • Biografia de joão guimaraes rosa
    romance “Grande Sertão: veredas”, de 1956. No mesmo ano publicou o conto “Corpo de Baile”. As duas publicações renderam a Guimarães Rosa o reconhecimento literário. Guimarães Rosa foi também Ministro no Brasil em 1958, e chefe do Serviço de Demarcação de Fronteiras, tratando de dois casos críticos de...
    748 Palavras 3 Páginas
  • o que eu to lendo atualmente
    entre as formas de expressão lusitanas (clássicas) e brasileiras. É evidente que a raiz comum da língua persiste, bem como a presença etimológica e uma certa erudição latinista. Assim, tendo estreado em 1946, com os contos de Sagarana, João Guimarães Rosa tornou-se o escritor de maior importância...
    6741 Palavras 27 Páginas
  • Conto nenhum, nenhuma-guimarães rosa
    Nenhum, nenhuma - Guimarães Rosa No conto Nenhum, Nenhuma, a indefinição do espaço se articula com a questão do tempo, na medida em que todas as referências a espaços indefinidos misturam-se à memória perdida que o narrador tenta recuperar; o que ele talvez resuma da seguinte forma: As lembranças...
    1467 Palavras 6 Páginas
  • pre modernismo
    alemães. Logo que ingressa, Guimarães Rosa começa o estudo de alemão. Ainda nessa cidade, matricula-se na Faculdade de Medicina da Universidade de Minas Gerais, em 1925. Nem tinha formado, quando em 1929, escreveu seus primeiros contos e deu início à sua carreira como literário. Já a princípio...
    1575 Palavras 7 Páginas
  • Comparação entre os contos de giovanni verga e guimarães rosa
    Comparação entre os Contos de Giovanni Verga e Guimarães Rosa 1. Biografia de Giovanni Verga (1840- 1922) Giovanni Verga nasce em Catânia, em 2 de setembro de 1840, em uma família burguesa de origem nobre. Sua educação foi de cunho político e patriótico, influenciado substancialmente pelo...
    1538 Palavras 7 Páginas
  • Anáilise do conto : a menina de lá
    humana e captar suas inquietações, seus conflitos e anseios, sem, contudo, perder o sabor da psicologia, da língua e dos valores do homem do sertão mineiro. Os contos e romances escritos por Guimarães Rosa ambientam-se quase todos no chamado sertão brasileiro. Porém destaca-se pela capacidade...
    1000 Palavras 4 Páginas