O uso abusivo de drogas e prevenção no brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4420 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
145

O uso de drogas psicotrópicas e a prevenção no Brasil Use and prevention of psychotropic drugs in Brazil

ARTIGO ARTICLE

Ana Regina Noto 1 José Carlos F. Galduróz 1

Abstract Even though the context related to the use of psychotropic drugs in Brazil is still somewhat unknown, available studies point to alcohol, tobacco and some psychotropic medications as the most used drugs and asresponsible for the highest indexes of problems in our population. However, the increasing consumption of cocaine over the years is unquestionable, as well as the increase of a series of associated problems, including violence. As far as possible interventions in this scenario are concerned, the need for complementary preventive measures has been stressed. Although the repressive approach has beenhighlighted in the last decades, studies have pointed out to the limitations of this kind of intervention. The different levels of psychotropic drugs use prevention are presented in this study, along with comments on the main approaches used and how they have been implemented in Brazil. Key words Psychotropic; Prevention; Drug Abuse; Public Policies
1 Centro Brasileiro de Informações sobreDrogas Psicotrópicas, Departamento de Psicobiologia, Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, Rua Botucatu 862, 1o andar, 04023-062 São Paulo, SP, Brasil. cebrid@psicobio.epm.br

Resumo Embora o contexto relacionado ao consumo de drogas psicotrópicas no Brasil ainda seja pouco conhecido, os estudos disponíveis apontam que o álcool, o tabaco e alguns medicamentos psicotrópicossão as drogas mais consumidas e responsáveis pelos maiores índices de problemas para a nossa população. No entanto, é inegável o crescente consumo de cocaína ao longo dos últimos anos, bem como o aumento de uma série de problemas daí decorrentes, incluindo a violência. No que diz respeito às possíveis intervenções nesse cenário, embora o enfoque repressivo tenha recebido destaque nas últimasdécadas, estudos têm apontado as limitações desse tipo de intervenção, enfatizando a necessidade de medidas preventivas complementares. No presente artigo são apresentados os diferentes níveis de prevenção ao uso de drogas psicotrópicas, sendo comentados os principais enfoques utilizados e como os mesmos vêm sendo implementados no Brasil. Palavras-chave Psicotrópicos; Prevenção; Abuso de Drogas; PolíticasPúblicas

146
Noto, A. R. & Galduróz, J. C. F.

O uso de drogas psicotrópicas no Brasil
O Brasil, maior país da América Latina, tem uma população de aproximadamente 158 milhões de habitantes e é a oitava economia mundial. Entretanto, a maioria da população não tem acesso às riquezas geradas no país. Cerca de 15% da população é composta por adultos analfabetos e grande parte das criançasnão tem acesso às necessidades básicas. As diferenças regionais do país são marcantes, refletindo-se em peculiaridades culturais que envolvem desde o nível de educação às práticas religiosas (IBGE, 1997). Essa variabilidade também se reflete no cenário do consumo de drogas psicotrópicas, chegando a ser marcante para algumas drogas específicas. O consumo de cocaína é um exemplo típico, concentrando-seem algumas regiões do país, em especial no Sudeste e no Sul do Brasil, sendo mais comum em algumas populações específicas e praticamente inexistente em outras (Nappo et al., 1996; Nappo, 1996a, Noto et al., 1998). Por outro lado, vale considerar que existem drogas cujo consumo se distribui de forma mais uniforme no território nacional, como é o caso do álcool e do tabaco (Almeida-Filho et al.,1992; Noto & Carlini, 1995; Galduróz et al., 1997). Também merecem destaque as diferenças de padrão de consumo entre homens e mulheres, sendo as drogas ilícitas (maconha e cocaína) mais consumidas por homens, e os medicamentos psicotrópicos (ansiolíticos, anfetaminas, entre outros) preferidos pelas mulheres (Nappo & Carlini, 1993; Nappo, 1996b; Galduróz et al., 1997; Nappo et al., 1998). O...
tracking img