O trabalho do pedagogo nos espacos educativos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1685 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
PEDAGOGIA

VANUSA LORENZON

trabalho interdisciplinar INDIVIDUAL
Eixo temático: O trabalho do pedagogo nos espaços educativos

Lajeado
2012

VANUSA LORENZON

trabalho interdisciplinar INDIVIDUAL
Eixo temático: O trabalho do pedagogo nos espaços educativos

Trabalho apresentado ao Curso de Pedagogia da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná,para as disciplinas de Sociologia da Educação, Psicologia da Educação, Processo Educativo no Contexto Histórico e Teoria Geral do Conhecimento.
Profs. Bernadete Strang, Carlos Eduardo de Souza Gonçalves, Marcia Bastos e Okçana Batini.
Tutora eletrônica: Renata Almeida
Tutor(a) de sala: Andréia Karin Geroleti

Lajeado
2012
Introdução

O trabalho desenvolvido e apresentado a seguir visadiscutir a função da escola e o papel de professor no processo de ensino aprendizagem, abordando as diferenças fundamentais entre o método tradicional e o método histórico-crítico dentro deste processo, assim como as motivações e finalidades dessas mudanças no contexto educacional, tendo como base as disciplinas estudadas no primeiro semestre do Curso de Graduação em Pedagogia, dentro do Sistema deEnsino Presencial Conectado da Unopar.

Educação – uma prática que exige definição

Receita de alfabetização - Ingredientes: 1 criança de 6 anos, 1 uniforme escolar, 1 sala de aula decorada e 1 cartilha. Preparo: Pegue uma criança de seis anos e lave-a bem. Enxugue-a com cuidado e envolva-a num uniforme, colocando-a sentadinha numa sala de aula. Nas oito primeiras semanas, alimente-a comexercícios de prontidão. Na nona semana, ponha uma cartilha nas mãos da criança, mas tome cuidado para que ela não se contamine no contato com os livros, jornais, revistas e outros perigosos materiais impressos. Abra a boca da criança e faça com que ela engula as vogais. Quando as tiver digerido, mande-a mastigar, uma a uma, as palavrinhas da cartilha. Cada palavra deve ser mastigada no mínimo sessentavezes, como na alimentação macrobiótica. Se houver dificuldade para engolir, separe as palavras em pedacinhos. Mantenha a criança em banho-maria durante quatro meses, fazendo exercícios de cópia. Em seguida, faça com que ela ingira algumas frases inteiras. Mexa com cuidado para não embolar. Ao fim do oitavo mês, espete a criança com um palito, ou melhor, aplique uma prova de leitura e verifique seela devolve pelo menos, 70% das palavras e frases engolidas. Se isto acontecer, considere a criança alfabetizada. Enrole-a num bonito papel de presente e despache-a para série seguinte. Se a criança não devolver o que lhe foi dado para engolir, recomece a receita desde o início, isto é, volte aos exercícios de prontidão. Repita a receita quantas vezes for necessário. Ao fim de três anos, embrulhe acriança em papel pardo e coloque um rótulo: "aluno renitente" (CARVALHO, Marlene, 1994).

Durante séculos os educadores consideraram que, se desejassem que uma criança aprendesse algo, a única coisa a fazer seria proporcionar-lhe instrução, reproduzindo modelos, transmitindo os conhecimentos peviamente reduzidos e sistematizados dentro de sua cultura, como se houvesse uma receita que pudesselevar a um resultado sem que de outra forma fosse possível e com possibilidade de descarte após tentativas frustradas.
Mas o papel da escola veio, ao longo da história, se modificando e sendo modificado, passando de objetivos de informação, como nos primeiros modelos, para objetivos de formação dos sujeitos, sempre seguindo necessidades culturais, sociais e políticas das épocas. A importância, osfins, as técnicas e os métodos aplicados à educação também foram se modificando à medida que estudiosos, filósofos e pensadores desenvolviam suas teses e teorias e conforme a evolução histórica da humanidade e, através destas mudanças, a escola serviu, ora como instrumento de reprodução de relações sociais, de interesse puro das classes dominantes, ora como instrumento de organização em busca...
tracking img