O sus: um problema inclusivo ou excludente?

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1912 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
SERVIÇO SOCIAL










O SUS: UM PROBLEMA INCLUSIVO OU EXCLUDENTE?

















Cruz das Almas
2012

JUCIMEIRE DO NASCIMENTO DE OLIVEIRA
LEONIE CRISTINE GOMES DE ALMEIDA
MARINALVA ROCHA PIRES
ROSECLEIDE DE JESUS ANDRADE













O SUS: UM PROBLEMAINCLUSIVO OU EXCUDENTE?







Trabalho apresentado ao Curso de Serviço Social da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para as disciplinas de Psicologia Social; Sociologia; Fundamentos históricos, teóricos e metodológicos do serviço social; Filosofia.
Prof.: Lisnéia Rampazzo, Sergio Barbosa, Adarly Goes, João Ferreira.















Cruz das Almas
2012

SÚMARIORESUMO¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬_____________________________________________________04

1 INTRODUÇÃO ______________________________________________05

2 DESENVOLVIMENTO ________________________________________06

2.1 ELEMENTOS ENVOLVIDOS NO PROCESSO DE DIREITOS DO USUÁRIOS DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE SUS____________________06

2.2 PONTOS POSITIVOS E NEGATIVOS DO SUS NO BRASIL__________072.3 O PARALELO ENTRE O SUS QUE TEMOS EO SUS QUE QUEREMOS___________________________________________________08

2.4 AS IDEOLÓGIAS ENVOLVIDAS NA GESTÃO DE RECURSOS PÚBLICO_____________________________________________________09

3 CONCLUSÃO________________________________________________10

REFERÊNCIAS________________________________________________11











RESUMOConviver com os problemas envolvidos no Sistema Único de Saúde –SUS é um grande desafio.
Este trabalho tem como objetivo apresentar toda esse problemática vivenciada pelos usuários do SUS, analisando de forma crítica o papel do Estado e de toda sociedade para enfrentar as dificuldades causadas pela falta de autonomia dos direitos do cidadão.1Introdução

Esta produção textual tem por objetivo reconhecer o Sistema Único de Saúde do Brasil, num processo inclusivo ou excludente, chegando a um objetivo central, envolvendo os usuários do SUS e finalmente a busca permanente da autonomia dos seus direitos como cidadão.
Embora existam indicadores negativos no atendimento da saúde no Brasil, devemos analisar também sob uma ótica positiva tendo combase aspectos ideológicos que buscam descrever a distância das leis que garantem a: ” todo homem tem direitos a um padrão de vida capaz de assegurar a si e a sua família, saúde e bem-estar incluindo alimentação, vestuário, habitação, cuidados médicos e serviços sociais indispensáveis, (...). Que esta declaração universal dos direitos humanos e que todos lutem por diretos, mudando desta forma arealidade da saúde pública no Brasil.



















2 Desenvolvimento

O Sistema de Serviço no Brasil evoluiu para um modelo no qual a saúde passou a ser um direito inerente a cidadania e garantido pelo Estado (CF. Art. 196), sendo que foi a partir de 1988, com a criação do Sistema Único de Saúde –SUS, que todos os brasileiros, independente de sua vinculação ao sistemaprevidenciário passaram a ter direitos ao atendimento integral à saúde.

2.1 Elementos envolvidos no processo de direitos dos usuários do Sisteme Único de Saúde – SUS.

Como o próprio nome diz, este é um sistema único, ou seja, deve ter a mesma doutrina e a mesma forma de organização em todo o país.
Presenciamos um período em que a demanda por saúde é grande e favorável ao indivíduo de baixa renda,mas pode-se observar injustiças no processo dos direitos dos usuários do SUS. Estudos comprovam que esse público tem uma maior probabilidade de realizar uma visita ao clínico geral do que a um especialista, isso significa que as pessoas que necessitam de uma avaliação médica mais detalhada tem que esperar por meses para ser atendida, estando dessa forma sujeita a não obter diagnóstico...
tracking img