O surgimento da sociologia e a concepção durkheiminiana

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1199 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]


SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
















































































O surgimento da Sociologia ocorre num contexto de desagregação da sociedade feudal e a conseqüente consolidação da sociedade capitalista. É resultado de um processo histórico,intelectual e científico que teve como apogeu o século XIX, onde os acontecimentos desencadeados pelas Revoluções Francesa e Industrial possibilitaram o seu surgimento, uma vez que criam novas condições de existência e formas de pensar a sociedade.
Para entendermos o nascimento da Sociologia temos que atentar o seu campo de estudo e onde ela se enquadra nas demais ciências.As Ciências Sociais são os estudos sistemáticos do comportamento social humano __ sociedade, homem, relações sociais, políticas, econômicas, culturais etc. Para que houvesse uma melhor sistematização do estudo e das pesquisas, devido o avanço do conhecimento, percebeu-se a necessidade de divisão das Ciências Sociais em: Economia, Antropologia, Ciência Política e a Sociologia. Portanto asCiências Sociais tem um papel fundamental no mundo de mudanças e agitações sociais, permitindo entender melhor a sociedade e compreender os fatos, processos e as relações sociais diversas.






























A Sociologia estuda todos os símbolos culturais que os seres humanos criam e usam para interagir e organizar a sociedade; ela explora todasas estruturas sociais que ditam a vida social, examina todos os processos sociais, tais como desvio, crime, divergência, conflitos, migrações e movimentos sociais, que fluem através da ordem estabelecida socialmente; e busca entender as transformações que esses processos provocam na cultura e estrutura social.
Nesse sentido, a Sociologia pode ser entendida como um estudo científico docomportamento humano construído socialmente e o estudo das interações humanas, onde uma de suas principais aplicações práticas é contribuir para que as pessoas entendam suas próprias vidas e sua relação com o resto do mundo.
Após o surgimento e a consolidação da Sociologia como Ciência e de sua ampla inserção no pensamento intelectual da sociedade moderna e em torno dos movimentossociais organizados; surgiu um dos maiores Sociólogos: Émile Durkheim (1858-1917), nascido em 15 de agosto de 1858, em Epinal, França. Influenciado pelo Positivismo, principalmente pelas obras de Auguste Comte, delimita claramente o objeto de estudo da Sociologia o FATO SOCIAL, para melhor situá-lo no campo do conhecimento.
Durkheim mostra que em todas as sociedades existe um grupodeterminado de fenômenos que são exteriores ao homem e exercem um poder coercivo sobre o mesmo, a estes denominou Fato Social que consiste nas maneiras de pensar, agir e sentir exteriores ao indivíduo, dotadas de um poder de coerção reconhecido pela existência de alguma sansão determinada.
O Sociólogo era defensor da ordem social. Em suas obras buscou analisar o que seria necessáriopara o bom funcionamento da sociedade. Dentro dessa perspectiva analisou que a nova divisão do trabalho, provocada pela Revolução Industrial, proporcionava o surgimento de duas formas de Solidariedade Mecânica e Orgânica. A primeira está ligada às sociedades como as tribais e ou a feudal, quando a divisão do trabalho era menos complexa por conseqüência das poucas especializações e das centralizaçõesculturais. O trabalho era movimentado pelos artesãos, principalmente na feudal. Já a segunda se caracteriza pelas relações sociais desenvolvidas nas sociedades complexas (capitalistas) que resultam os suicídios, favelas, poluição, desempregos, greves....
Neste período Durkheim inaugura um outro movimento na Sociologia: o Positivismo-funcionalista, compreendendo que acreditava que...
tracking img