O stress

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 26 (6451 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Revista Portuguesa Revista de 51 Psicossomática Portuguesa de Psicossomática

Stress – Respostas fisiológicas e fisiopatológicas

Stress – Respostas fisiológicas e fisiopatológicas
Marta L. Tavares*, José M. Soares-Fortunato** e Adelino F. Leite-Moreira***

Resumo O stress e as suas manifestações têm vindo a receber uma atenção cada vez maior pela morbilidade e mortalidade a que sãoassociados. Conhecer os seus mecanismos é o primeiro passo para o estabelecimento de condutas terapêuticas eficazes e para delinear as estratégias de investigação no futuro. Neste artigo pretendemos abordar de forma global e integrada, mas ao mesmo tempo clara, os diversos mecanismos fisiológicos e moleculares relacionados de forma directa ou indirecta com o stress, esclarecendo conceitos antigos erevendo os conhecimentos mais contemporâneos sobre o assunto.

INTRODUÇÃO O estudo do comportamento e da reacção do organismo aos estímulos externos tem sido desde sempre alvo de interesse por parte do homem, desde as explicações míticas milena-

* Monitora; ** Prof. Associado, Director do Serviço; *** Professor Auxiliar no Serviço de Fisiologia da Faculdade de Medicina do Porto
Vol. 2, nº 2,Jul/Dez 2000

res, passando pela concepção Galénica organicista de lesão ou do dualismo Cartesiano. À medida que o conhecimento científico evoluiu, a marcha para a sistematização orgânica de qualquer desiquilíbrio, entenda-se, uma resposta inadequada do indivíduo a um agente agressor, tem adquirido progressivamente fundamentos fisiológicos mais sólidos e fundamentados até ao despontar do que hoje éjá um campo bem estudado da ciência, a Medicina Psicossomática. Hoje reconhecemos em Cannon o primeiro grande fisiologista que apontou os sistemas neuroendócrino e nervoso como importantes intervenientes em reacções emocionais como o medo, a ansiedade ou a cólera, baseado na relação que estabeleceu entre estes estados e as alterações orgânicas que concomitantemente eram observadas. Mais tarde,com o conhecimento das catecolaminas e das conexões entre o sistema endócrino com sede reguladora sediada no hipotálamo, e o sistema límbico, "locus" visceral profundamente ligado às emoções, foi possível chegar a um conceito moderno, abrangente, de stress.

Marta L. Tavares, José M. Soares-Fortunato e Adelino F. Leite-Moreira

52

Selye em 1956 define stress como um síndrome adaptativo, ouseja, a resposta orgânica que surge face a um estímulo físico ou psíquico. Esta reacção, com um componente imediato e uma variação temporal desenrolar-seia em três grandes fases: 1. Reacção de alarme agudo; 2. Fase de resistência; 3. Fase de esgotamento, que corresponde a um desiquilíbrio entre os mecanismos de resistência e a persistência do estímulo. Deste conceito de stress, a sua relação comprocessos patológicos, do equilíbrio ou não entre agressor e agredido surgiria então a situação de adaptação ou de lesão, que tem sido utilizado por algumas teorias para explicar a fisiopatologia de variadas doenças crónicas e até o envelhecimento (Selye, 1978). Desde então, a investigação elaborada sobre esta matéria, baseada em grande parte em modelos de experimentação animal, permitiu chegar a umvasto número de conclusões não menos remotas que as explicações empíricas do passado, do que pode ser o reflexo dos estímulos externos ou internos no sistema biológico animal, mais propriamente no homem. Das correlações observadas entre a adrenalina encontrada como ‘o’ elemento "desencadeador" de ansiedade e a hipertensão arterial, chegamos hoje, no limiar do próximo milénio, a associações querelacionam a imunidade natural e o stress social ou os estados anímicos, qual incursão lite-

rária dos nossos românticos de outrora. CONCEITOS FISIOLÓGICOS ACERCA DO STRESS Sistema simpático A ocorrência de stress é tão remota como a existência humana. Para os nossos antepassados primitivos residentes em locais inóspitos, provavelmente o reflexo de luta ou fuga seria a principal e a mais...
tracking img