O prinicpio de responsabilidade - segundo hans jonas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (656 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
No capítulo V analisa-se em seis tópicos a idéia contemporânea de progresso, os avanços tecnológicos e científicos, o capitalismo versus marxismo como duas formas de lidar com os problemas advindosdos avanços tecnológicos e científicos e as utopias que movem essas duas concepções políticas.

2.4 A relação entre a Responsabilidade Paterna, Política e Total Para Hans Jonas (2006), o serhumano por si só já tem um valor fundamental pela totalidade do seu Ser, tendo uma vantagem em relação aos outros seres pelo fato de poder assumir responsabilidades, podendo assim, garantir seus própriosFins. É a partir deste momento que surge o arquétipo de toda a responsabilidade do homem, baseada na natureza das coisas, na relação do sujeito e objeto, porém, essa relação ocorre somente com aexistência do espaço e do tempo. Jonas contribui afirmando que:
A marca distintiva do ser humano, de ser o único capaz de ter responsabilidade, significa igualmente que ele deve tê-la pelos seussemelhantes, eles próprios, potenciais sujeitos de responsabilidade, e que realmente ele sempre a tem, de um jeito ou de outro: a faculdade para tal é a condição suficiente para a sua efetividade. Serresponsável efetivamente por alguém ou por qualquer coisa em certas circunstâncias (mesmo que não assuma e nem reconheça tal responsabilidade) é tão inseparável da existência do homem quanto o fato deque ele seja genericamente capaz de responsabilidade da mesma maneira que lhe é inalienável a sua natureza falante, característica fundamental para a sua definição, caso deseje empreender essa duvidosatarefa (JONAS, 2006, p. 175-176).
Desta forma, percebemos que existe um Dever implícito de forma muito concreta no Ser, com obrigações objetivas sob a responsabilidade externa, como por exemplo, aResponsabilidade Paterna. Jonas (2006) definiu a Responsabilidade Paterna como sendo uma relação natural, incondicional, englobando a totalidade do objeto, não dependendo de aprovação prévia. A...
tracking img