O prazer

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (330 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Trabalho de Filosofia
Tema: O prazer

O
prazer é algo humano, em retro-expectiva mais nenhum ser vivo tem a competência para ter tal sensação; a sensação de prazer.
O prazer éautomaticamente ligado ao sexo, para alguns algo simples, como qualquer outra acção humana, ligada á procriação, mas também ao prazer, para outros imoralidade.
Será imoral para as pessoas a quemchamamos de puritanos, pessoas que nem mais nem menos podemos dizer ter medo do prazer.
Medo do prazer no sentido de medo de se tornarem viciados nele, de tal maneira que os distrai darealidade, ao ponto de não verem mais nada.
Os puritanos não só se proíbem a eles de sentirem tais prazeres, como também aos outros.
Tornando-se imorais ao ponto de não permitir o prazeraos outros.
O prazer é algo fascinante no sentido em que pode ser o melhor e o pior da vida.
Devemos entregar-nos aos prazeres do presente (carpe diem), mas não em excesso.
Alguém que seentrega na totalidade ao prazer não só será um ser egoísta no ponto em que só está interessado a satisfazer-se a si apenas como estará ausente da realidade e irá afastar-se dos seus deverese responsabilidades.
Por isso o prazer também traz responsabilidades.
O prazer é quase que um complemento á vida, pelo facto que nos a enriquece e a torna mais alegre, o prazer dá-nosprazer de viver. Mas quando este nos tira um pouco da vida, talvez mesmo vivendo só para este prazer e nada mais, o prazer deixa de ser prazer.

-Como António Pedro Vasconcelos dissera: “Háduas coisas que dão prazer na via: não resistir ás tentações e resistir ás tentações.”
-"O prazer não é um mal em si; mas certos prazeres trazem mais dor do que felicidade."- Epicuro-"À força de prazeres a nossa felicidade cai no abismo."
Sidonie colette

--"A renúncia aos prazeres da carne é antinatural e, por consequência, cruel e reaccionária."
Vassyl symonenko
tracking img