O papel dos forneedores na cadeia de suprimentos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1081 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
O papel dos fornecedores na cadeia de suprimentos

CADEIA DE SUPRIMENTOS
Já vimos, em uma das nossas primeiras aulas, a importância que o cliente tem para uma organização. Quando ele adquire um produto ou serviço, está, de fato, dando início a um processo que passa pela logística de distribuição, produção do produto, chegando até à obtenção da matéria-prima. Está se relacionando com o quechamamos de cadeia de suprimentos.
De acordo com Bowersox (2001, p.99), as empresas, por meio das cadeias de suprimentos, têm o objetivo de aumentar sua competitividade.
Uma cadeia de suprimentos é definida como:
[...] um conjunto interligado entre fornecedores de materiais e prestadores de serviços, que abrange a transformação de matérias-primas em produtos e serviços e os disponibilizapara os clientes de uma empresa. (RITZMAN ; KRAJEWSKI , 2004)
Uma representação simplificada de uma cadeia de suprimentos é mostrada na figura 1, a seguir
Essa cadeia é, de fato, complicada, porque pode ser composta de centenas ou milhares de fornecedores.
Observe, no modelo, que a cadeia de suprimentos pode envolver diversos níveis no lado do fornecimento.
Os fornecedores que compõem a cadeia,por contribuírem para a competitividade do canal, passam a fazer parte da estratégia da empresa.
Bowersox (2001) destaca que, para aumentar a eficiência do processo logístico e reduzir os riscos, é fundamental o comportamento cooperativo entre os participantes da cadeia de suprimentos, compartilhando informações e eliminando o trabalho duplicado e inútil.
Ishikawa (1986, p.157) cita 10princípios que devem reger o relacionamento das organizações com seus fornecedores:
1. Tanto fornecedor como comprador têm a responsabilidade de executar o controle da qualidade por meio da compreensão mútua.
2. Tanto o fornecedor quanto o comprador devem respeitar a mútua independência.
3. O comprador é responsável por fornecer, corretamente, os requisitos e especificações necessárias do material aser adquirido.
4. O contrato entre as partes deve ser viável e contemplar qualidade, preço, cronograma de envio, condições de pagamento e início das atividades comerciais.
5. O fornecedor é responsável pela garantia da qualidade do material fornecido e das informações a respeito dele.
6. O fornecedor e comprador devem, por ocasião do contrato, decidir pela metodologia que satisfaça a ambas ascontrapartes.
7. Também devem decidir pelos meios que serão usados para correção dos problemas que possam surgir.
8. Deverá haver permissão de ambas as partes para a troca de informações a respeito do controle da qualidade.
9. Pedidos, produção, estoque, administração e organização devem ser assegurados de modo a garantir a eficácia nas diversas etapas.
10. Tanto o fornecedor quanto o compradordevem conduzir suas atividades com o foco no consumidor.
Dois pontos devem ser destacados no relacionamento entre organização e fornecedores: as especificações das matérias-primas e componentes e a escolha e desenvolvimento de fornecedores.

ESPECIFICAÇÕES DE MATÉRIAS-PRIMAS E
COMPONENTES
As especificações contêm as características de qualidade a que as matérias-primas e componentes devemobedecer. Elas devem ser padronizadas e feitas de comum acordo entre o comprador e o fornecedor
Quando a especificação é feita somente pelo comprador, normalmente, ela se torna muito exigente encarecendo o produto. Quando feita em comum acordo, a postura do fornecedor deve ser a de atender às necessidades do cliente e a do comprador, a de considerar o seu fornecedor como parte de sua linha defabricação. O relacionamento entre comprador e fornecedor, nesse contexto, deverá sempre ser cooperativo.

DESENVOLVIMENTO DE FORNECEDORES
O primeiro ponto a ser observado é a escolha do que será feito internamente e o que será adquirido externamente.Para essa decisão, as seguintes características deverão ser observadas:
1. Crítica das matérias-primas e dos componentes.
2. Domínio técnico e...
tracking img