O Mulato

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1038 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de agosto de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
Contexto Histórico
1- O Mulato foi o romance que marcou o começo do naturalismo ( explica o que é o naturalismo) na literatura brasileira. O livro abordou temas delicados para a época como o preconceito contra os negros na sociedade do Maranhão daquele período e a corrupção clerical (explica o que foi isso tbm).

Título X Enredo
2- É a miscigenação(ou seja, mistura de raças) de pessoas decores diferentes, que no livro é o José da Silva, um homem português branco de olhos azuis e Domingas, uma negra escrava. Que com a mistura dos dois nasceu Raimundo, o Mulato.(mistura de branco e negros)

Verossimilhança
3- Estudos de Raimundo no Exterior: Saindo criança de São Luís para Lisboa, Raimundo viajava órfão de pai, um ex-comerciante português, e afastado da mãe, Domingas, umaex-escrava do pai. Depois de anos na Europa, Raimundos volta formado para o Brasil.
Vínculos amorosos entre primos: Depois de anos na Europa, Raimundos volta formado para o Brasil. Passa um ano no Rio e decide voltar para São Luís para rever seu tutor e tio, Manuel Pescada. Bem recebido pela família do tio, Raimundo loga desperta as atenções de sua prima Ana Rosa. Essa paixão correspondida, encontra,todavia, três obstáculos : o do pai, que queria a filha casada com um dos caixeiros da loja; o da avó Maria Bárbara, mulher racista; o do cônego Diogo, comensal da casa e adversário natural de Raimundo.
Presença de escravos: Presença de escravos é a da mãe de Raiumundo, a escrava Domingas que se casa com José Pedro da Silva, um homem branco.

4-Postura feminina.
A mãe de ana rosa dizia quedevemos casar porque amamos, e não amarmos porque casamos.. As características do papel feminino no livro é o romantismo, mas também são mulheres fortes e resistentes, e que mostram seus instintos e desejos.

5-Presença de religião
Por Quitéria ser muito religiosa, e ser comum a discriminação a negros, ela então dizia que se a pessoa não fosse branca, ela já era criminosa.. E então quando elamorreu enterraram ela, onde era enterrados seus escravos. Ou seja, ela pensava que se a pessoa não fosse branca já estaria pecando.

6-Critica social: sátira feita com a criação dos tipos que habitavam São Luis. O escritor criou personagens imorais e grotescos como um comerciante grosseiro e rico, uma beata odiosa e velha, entre outros.





















Saindo criança de SãoLuís para Lisboa, Raimundo viajava órfão de pai, um ex-comerciante português, e afastado da mãe, Domingas, uma ex-escrava do pai. Depois de anos na Europa, Raimundos volta formado para o Brasil. Passa um ano no Rio e decide voltar para São Luís para rever se tutor e tio, Manuel Pescada. Bem recebido pela família do tio, Raimundo loga desperta as atenções de sua prima Ana Rosa que, em dadomomento, declara-lhe seu amor.
Essa paixão correspondida, encontra, todavia, três obstáculos : o do pai, que queria a filha casada com um dos caixeiros da loja; o da avó Maria Bárbara, mulher racista e de maus bofes; o do cônego Diogo, comensal da casa e adversário natural de Raimundo. Todos os três conheciam as origens de raimundo. e o cônego Diogo era o mais empenhado em impedir a ligação, uma vez quefoi responsável pela morte do pai do jovem. Foi assim : depois que Raimundo nasceu, seu pai, José Pedro da Silva, casou-se com Quitéria Inocência de Freitas Santiago, mulher branca. Suspeitando da atenção particular que José Pedro dedicava ao pequeno raimundo e à escrava Domingas, Quitéria ordena que açoitem a negra e lhe queimem as partes genitais.
Desesperado, José Pedro carrega o filho eleva-o para a casa do irmão, em São Luís. De volta à fazenda, imaginando Quitéria ainda refugiada na casa da mãe, José Pedro ouve vozes em seu quarto. Invadindo-o, o fazendeiro surpreende Quitéria e o então Padre Diogo em pleno adultério. Desonrado, o pai de Raimundo mata Quitéria, tendo Diogo como testemnha. Graças à culpa do adultério e à culpa do homicídio, forma-se um pacto de cumplicidade entre...
tracking img