O monge e o executivo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1829 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Ensino Médio

Turno:

Série: 1ª

Turma:

Aluno(a):
Disciplina:
História

Nº.
Professor: : Adriano Francisco Denardi

01. Os cruzados avançavam em silêncio, encontrando por todas as
partes ossadas humanas, trapos e bandeiras. No meio desse quadro
sinistro, não puderam ver, sem estremecer de dor, o acampamento
onde Gauthier havia deixado as mulheres e crianças. Lá, os
cristãostinham sido surpreendidos pelos muçulmanos, mesmo no
momento em que os sacerdotes celebravam o sacrifício d a Missa.
As mulheres, as crianças, os velhos, todos os que a fraqueza ou a
doença conservava sob as tendas, perseguidos até os altares,
tinham sido levados para a escravidão ou imolados por um inimigo
cruel. A multidão dos cristãos, massacrada naquele lugar, tinha
ficado sem sepultura.J. F. Michaud. História das cruzadas. São Paulo: Editora das
Américas, 1956 (com adaptações).
Foi, de fato, na sexta-feira 22 do tempo de Chaaban, do ano de 492
da Hégira, que os franj* se apossaram da Cidade Santa, após um
sítio de 40 dias. Os exilados ainda tremem cada vez que falam
nisso, seu olhar se esfria como se eles ainda tivessem diante dos
olhos aqueles guerreiros louros,protegidos de armaduras, que
espelham pelas ruas o sabre cortante, desembainhado, degolando
homens, mulheres e crianças, pilhando as casas, saqueando as
mesquitas.
*franj = cruzados.
Amin Maalouf. As Cruzadas vistas pelos árabes. 2.ª ed. São
Paulo: Brasiliense, 1989 (com adaptações).
Avalie as seguintes afirmações a respeito dos textos acim a, que
tratam das Cruzadas.
I. Os textos referem-seao mesmo assunto — as Cruzadas,
ocorridas no período medieval —, mas apresentam visões distintas
sobre a realidade dos conflitos religiosos desse período histórico.
II. Ambos os textos narram partes de conflitos ocorridos entre
cristãos e muçulmanos durante a Idade Média e revelam como a
violência contra mulheres e crianças era prática comum entre
adversários.
III. Ambos narram conflitosocorridos durante as Cruzadas
medievais e revelam como as disputas dessa época, apesar de ter
havido alguns confrontos militares, foram resolvidas com base na
ideia do respeito e da tolerância cultural e religiosa.
É correto apenas o que se afirma em
a) I.

b) II.

c) III.

d) I e II.

e) II e III.

02. Nos últimos anos do século XI tiveram início as Cruzadas,
expedições de cunhoreligioso-militar organizadas como uma
contra ofensiva cristã em relação ao cerco muçulmano. É correto
afirmar que, ao mesmo tempo, essas expedições:
a) responderam pela ruralização da Europa Ocidental e deixaram
como principal consequência o esfacelamento do sistema feudal;
b) promoveram a reunificação da Igreja romana do Ocidente e do
Oriente e contribuíram para o fortalecimento do poderpapal;
c) foram um meio utilizado pela Igreja para reconstruir o Antigo
Império Romano e transformar o Mediterrâneo num mare nostrum
cristão.

Professor Adriano Denardi

Data:

d) conquistaram as rotas comerciais terrestres das cidades italianas
e impediram a difusão das crenças religiosas islâmicas no
Mediterrâneo;
e) foram uma forma de aliviar as pressões demográficas sobre o
sistemafeudal e trouxeram como principal consequência a
reabertura do Mediterrâneo ao comércio europeu.
03. Na Baixa Idade Média, o renascimento do comércio
possibilitou:
a) a formação de associações corporativas, denominadas
confrarias, que defendiam os interesses dos mercadores;
b) a instituição, pela burguesia nascente, de governos próprios sob
a proteção dos senhores feudais;
c) o retornodas transações financeiras com o reaparecimento da
moeda;
d) o fortalecimento da nobreza feudal a partir da cobrança de
impostos sobre as atividades comerciais;
e) a cobrança de juros, nos empréstimos financeiros, com o apoio
da Igreja.
04. "Por trás do ressurgimento da indústria e do comércio, que se
verificou entre os séculos XI e XIII, achava -se um fato de
importância econômica mais...
tracking img