O monge e o executivo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1627 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ANALISE DO LIVRO O MONGE E O EXECUTIVO.
Na obra, John assim como todos nós, demora a perceber que nem tudo é o que parece e que o medo de fracassar nos faz ignorar as nossas necessidades. Em minha opinião, as necessidades do executivo são as nossas necessidades, as que tentamos satisfazer todos os dias, apesar de que nem todas as pessoas desejam ser um bom líder. Pois, muitas dizem que liderarnão é para todos, eu discordo dessa opinião, porque muitas vezes estamos exercendo a liderança e nem percebemos, exemplo, quando o pai ordena o filho a arrumar o quarto ele está exercitando o papel de. Mas mostrando que é preciso ter regras.
Vemos liderança sem inteligência onde o força é imposta, vejo que perdemos muito com essas atitudes, temos que buscar o equilíbrio das políticas eprocedimentos mais duros, com a liderança democrática e aberta para que a empresa tenha um equilíbrio nas decisões.

Ambiente foi ressaltado a importância do bom cultivo para uma boa colheita, que só podemos colher os frutos que plantamos, e que no âmbito profissional o ambiente de trabalho tem que ser saudável para estimular os funcionários.
Ocorre quando um comportamento influencia nossos pensamentos esentimentos. Quando nos comprometemos a amar alguém e a nos doar a quem servimos, e analisamos as nossas ações e comportamentos com esse compromisso, com o passar do tempo desenvolveremos sentimentos positivos por essa pessoa.
Valores como a bondade, o respeito e a paciência são características de liderança, este conceito, aqui, significa o que você faz e não o que você sente, ou seja, você podeodiar uma pessoa mais pode agir com amor.
Ter empatia, dar condições para que todos possam cumprir suas tarefas sendo elas possíveis.

Infelizmente nem todas empresas usam ideias de seus colaboradores, na maioria são ditadas por gestores que querem opniões.

Russell ACKOFF (1966) esclarece que o Plano Estratégico é pertinente à organização como um todo, enquanto os Planos Táticos estãorelacionados com as diversas áreas da organização. Por exemplo, um Plano Financeiro e um Plano de Marketing são Planos Táticos.
Para operacionalizar os Planos Táticos, são preparados os Planos Operacionais, que orientam a alocação de recursos para cada parte dos Planos Táticos.
Philip KOTLER (1975), um dos defensores da sua utilização, propõe o seguinte conceito: “O Planejamento Estratégicoé uma metodologia Rev. FAE, Curitiba, v.3, n.2, p.9-16, maio/ago. 2000 gerencial que permite estabelecer a direção a ser seguida pela Organização, visando maior grau de interação com o ambiente”. A direção engloba os seguintes itens: âmbito de atuação, macropolíticas, políticas funcionais, filosofia de atuação, macroestratégia, estratégias funcionais, macroobjetivos, objetivos funcionais. O grau deinteração entre uma organização e o ambiente, que pode ser positivo, neutro ou negativo, é variável dependendo do comportamento estratégico assumido pela organização perante o contexto ambiental. O quadro a seguir ilustra os comportamentos opcionais de uma organização e as respectivas conseqüências.
Mas, se alguém pretende se aventurar num mercado competitivo, ou passar do mercado nacionalpara um mercado global, ou defender seu negócio principal (core business) em face de mudanças competitivas e tecnológicas expressivas, é preciso algo mais que planejamento. É necessário um processo de raciocínio que seja explorador, e não determinístico. Albrecht (1994) o chama de projeção futura.
O planejamento como é feito convencionalmente tem pouco a oferecer em qualquer situação altamenteambígua. Os documentos elaborados, as previsões, os planos de ação e os cronogramas freqüentemente não passam de miragem intelectual. Em alguns casos, a ilusão de exatidão que eles criam pode levar a um desvio da concentração nos meios para se alcançar o sucesso. Eles podem dirigir sua atenção erroneamente, fazendo com se siga os planos em vez de explorar oportunidades, das quais a maioria...
tracking img