O mito da caverna

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (349 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O Mito da Caverna

O mito da caverna é uma ilustração sobre a teoria que os filósofos tinham entre o mundo inteligível e mundo sensível. Os prisioneiros eram aqueles que não conheciam o mundointeligível, ou seja, aqueles que não tinham acesso ao conhecimento.
Tudo o que aqueles prisioneiros viam eram as únicas coisas que tinham de conhecimento sobre suas vidas, sem obterentendimento e a única coisa de que tinham eram somente sombras refletidas através de uma fenda, sombras essas de que não tinham a menor ideia do que seriam.
Mas um belo dia, um desses prisioneiros tevesua liberdade concedida para finalmente descobrir o que realmente eram aquelas sombras vistas da caverna. Com muita dificuldade para abrir os olhos, afinal nunca teve contato com o Sol e a claridade,ele conseguiu ver tudo aquilo que antes era visto somente por figuras e entendido apenas por sua imaginação.
Após ter acesso ao conhecimento do mundo fora da caverna, o prisioneiro contra suavontade, foi obrigado a voltar para aquele mundo limitado em que não tivera mais aquelas visões e a tudo de que tinha se agradado do mundo superior.
Além do retorno à caverna, tinha ainda amissão de governar aqueles que nunca tiveram acesso ao mesmo conhecimento que ele. Essa missão para ele era inaceitável, pois não tinha cabimento depois de ter alcançado o conhecimento voltar a ficar presonovamente em um lugar inferior.
No entanto, a preocupação daqueles que libertaram aquele prisioneiro, era de passar o conhecimento necessário para que ele seja virtuoso e busque o bem comumda sociedade estando pronto para governar e passar o mesmo conhecimento aos outros, que por ventura nunca puderam ter acesso ao mesmo conhecimento obtido por ele.
A preocupação maior não eracom o indivíduo e sim com a sociedade, ou seja, no que esse indivíduo podia passar para aquela sociedade prisioneira de um mundo guiado sem virtude e sem razão. Pois para os filósofos o mundo ideal é...
tracking img