Teoria maxista

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1158 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIFACS

Edimeire Santos Oliveira, Fernanda Emanuele de Castro, Caroline de Paiva Oliver dos Santos, Luciene de Oliveira Figueiredo.






MARXISMO
A TEORIA MARXISTA E O CAPITALISMO












Santo Amaro – Bahia
2012

UNIFACS

Edimeire Santos Oliveira, Fernanda Emanuele de Castro, Caroline de Paiva Oliver dos Santos, Luciene de Oliveira Figueiredo.MARXISMO
A TEORIA MARXISTA E O CAPITALISMO




Trabalho da disciplina Sociologia do curso de Serviço Social - EAD 2012.2 apresentado à Universidade Salvador – UNIFACS.
Orientadora: Profª Msc. Valdineide Sá Barreto






Santo Amaro – Bahia
2012
INTRODUÇÃO


Neste trabalho será apresentado oconceito da teoria marxista, a teoria marxista das classes da luta, a sua aplicabilidade no contexto capitalista e por fim estabelecendo uma breve relação entre o marxismo e o vídeo (ilha das flores; filme brasileiro de 1989, que tem como diretor e roteirista Jorge Furtado; gênero: Documentário/Drama) um retrato da mecânica sistemática da sociedade de consumo e mostra de forma escancarada o processode geração de riqueza e as desigualdades que é gerado pelo capitalismo desenfreado.
É impossível falar sopre a teoria marxista sem falar de Karl Heinrich Marx conhecido popularmente como Karl Marx.
Karl Marx foi um filósofo, cientista político, e socialista revolucionário muito influente em sua época. É muito conhecido por seus estudos sobre as causas sociais. Teve enorme importância para apolítica europeia, ao escrever o Manifesto Comunista, juntamente com Friedrich Engels, que deu origem ao “Marxismo”. Foi um ativista do movimento operário europeu, no chamado International Workingmen’s Association (Associação Internacional dos Trabalhadores), também conhecido como First International (Primeira Internacional).









A TEORIA MARXISTA E O CAPITALISTA

Marxismo são oconjunto de ideias filosóficas, econômicas, políticas e sociais elaboradas primariamente por Karl Marx e Friedrich Engels e desenvolvidas mais tarde por outros seguidores. Baseado na concepção materialista e dialética da História interpreta a vida social conforme a dinâmica da base produtiva das sociedades e das lutas de classes daí consequentes. O marxismo compreende o homem como um ser socialhistórico e que possui a capacidade de trabalhar e desenvolver a produtividade do trabalho, o que diferencia os homens dos outros animais e possibilita o progresso de sua emancipação da escassez da natureza, o que proporciona o desenvolvimento das potencialidades humanas.
A luta comunista se resume à emancipação do proletariado por meio da liberação da classe operária, para que os trabalhadoresda cidade e do campo, em aliança política, rompam na raiz a propriedade privada burguesa, transformando a base produtiva no sentido da socialização dos meios de produção, para a realização do trabalho livremente associado ao comunismo, abolindo as classes sociais existentes e orientando a produção sobcontrole social dos próprios produtores de acordo com os interesses humano-naturais.
A teoriamarxista das classes e da luta de classes, também formulada por (Karl Marx) e confirmada pela experiência secular do movimento socialista, é um instrumento poderoso nas mãos dos comunistas de todos os países na luta pela derrubada do capitalismo e a vitória do socialismo.
Toda sorte de desvios da teoria marxista da luta de classes, como nos ensina a experiência histórica do movimento da classeoperária, leva à degenerescência burguesa do movimento socialista. Sabe-se a que ponto de subserviência à burguesia, caiu o reformismo socialdemocrático que condenou ao esquecimento a teoria marxista da luta de classes e substituiu-a pela teoria de colaboração entre a classe dos explorados e a classe dos exploradores. Segundo os atuais socialistas de direita, o reformismo social se pôs abertamente a...
tracking img