O Mercantilismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1602 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de abril de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto


O mercantilismo:segundo a visão do autor do livro “Ouro,Grandeza e Glória” (Leo Huberman)

Apresentação do trabalho de história
Sobre o mercantilismo para aprovaçãoda matéria













Introdução
O Mercantilismo corresponde a uma doutrina econômica se afirmou na Europa colonial dos séculos XVI e XVII e que se baseava na convicção de que a riqueza e o poder de um país dependiam daquantidade de metais preciosos que esse mesmo país conseguia acumular. Dado que a grande maioria dos pagamentos internacionais se faziam, nessa altura, com ouro e prata, toda a política econômica centrava os seus esforços na manutenção de uma Balança Comercial favorável de forma a que a entrada de metais preciosos para pagamento das exportações fosse superior à sua saída para pagamento dasimportações. Para isso eram criadas medidas restritivas às importações através de pesadas taxas alfandegárias e em simultâneo eram fomentadas as exportações através do estimulo ao desenvolvimento da produção manufatureira nacional. A par deste aumento do intervencionismo do Estado na regulação da produção e do comércio e no desenvolvimento de mecanismos protecionistas da economia nacional, são também criadosregimes de exclusividade nas relações comerciais com as colônias.A partir ddesse período histórico iremos levantar as respostas da problemática levantada no livro “Ouro,Grandeza e Glória (Leo Huberman).
O mercantilismo
Em meados dos séculos XVII e XVIII os governantes passaram q se preocupar com o riqueza do estado nacional.Mas o que torna um País rico?Para responder essa pergunta os homensinteligentes da época perceberam que o que torna um pais rico é a quantidade de ouro e prata que contém dentro dele.dessa forma chegaram a conclusão que o ouro e prata movimentavam todo o departamento econômico como o comercio,o exército,a compra de madeira para produção de navio e fortalecimento da navegações e etc.
Mas se um País não possuísse colônias ricas em minério de metais preciosos comopossuía a Espanha e a Inglaterra,como conseguiriam fortalecer seu poder econômico.A partir daí surge então o sistema mercantil que é o conjunto de leis ou normas econômicas.Para assegurar a riqueza do estado nacional muitos países começaram por proibir a exportação de ouro e prata de seu território nacional.

Metalismo e Bullionismo
Metalismo e bullionismo são normas mercantilistas aplicadasrespectivamente em Portugal e Espanha que concentravam suas riquezas econômicas na busca de metais preciosos como ouro e prata através de suas colônias ricas em minério de metais preciosos.
(A Espanha foi no século XVI,talvez o mais rico e poderoso país do mundo.Quando os homens inteligentes de outros países perguntaram a razão disso,julgavam encontrar a resposta nos tesouros que ela recebia dascolônias.Ouro e prata).
Comercialismo
O comercialismo originou-se na Inglaterra, cujo desenvolvimento manufatureiro e poderio naval impulsionaram, sobretudo no século XVII, a expansão do comércio exterior. Os navios da marinha mercante distribuíam no mercado mundial os tecidos produzidos pelas manufaturas inglesas, possibilitando ao país o acúmulo de metais preciosos através da manutenção deuma balança comercial favorável. 
(A única maneira de fazer com que muito ouro seja trazido de outros reinos para o tesouro real é conseguir que grande quantidade de nossos produtos seja levada além dos mares, e menor quantidade de seus produtos seja para cá transportada).
O Colbertismo
Como a França não tinha colônias, não tinha acesso fácil aos metais preciosos,então a frança estimulou...
tracking img