O historico do metodo cientifico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1037 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Faculdade Presidente Antônio Carlos de Ipatinga
Curso de Engenharia Civil

O Histórico do Método Científico

Ipatinga/MG
Junho 2011

Elaborado pela aluna
Erika Oliveira Buzeli

Trabalho apresentado à Faculdade Presidente Antônio Carlos de Ipatinga, integrante do Projeto Interdisciplinar do Primeiro Períododo curso de graduação em Engenharia Civil, o qual se constitui um dos requisitos básicos para conclusão do referido curso.

1. INTRODUÇÃO

O presente trabalho foi elaborado com a intenção de facilitar o entendimento em relação ao método científico. Será visto por intermédio deste, algumas citações de maior interesse para o estudo da disciplina Metodologia e Normatização de TrabalhosAcadêmico-científicos e para tal, será abordado através deste trabalho resumos e nossas respectivas opiniões em relação às citações.

2. FICHAMENTO DO TEXTO “O HISTÓRICO DO MÉTODO CIENTÍFICO”

2.1 – Dados Bibliograficos da Obra
BERVIEN, Pedro Alcino; CERVO, Amado Luiz. Metodologia científica: O histórico do método científico. 5.ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2002.

2.2 – Fichamentonº 1

2.2.1- Citação
“Filosofar é interrogar. A interrogação parte da curiosidade, que é inata. Ela é constantemente renovada, pois surge quando um fenômeno nos revela alguma coisa de um objeto e ao mesmo tempo nos sugere o oculto, o mistério. Este impulsiona o ser humano a buscar o desvelamento do mistério. Vê-se, assim, que a interrogação somente nasce do mistério, que é o oculto enquantosugerido” (p.10).

2.2.2- Resumo
A filosofia impulsiona a reflexão. Não é estática, pois sempre se renova. Através dela buscamos sempre a verdade. A filosofia surge da dúvida e da vontade de descobrir e desvendá-la, assim filosofar é refletir sobre um saber, em que se interroga sobre ele e problematiza-o.

2.2.3- Opinião
De fato, nota-se que interrogar e filosofar são palavras sinônimas epercebemos ao longo do texto o real siginificado de filosofar, que é questionar o oculto, ou seja, desvendar tudo o que nos é estranho. Ser filósofo é essencial no mundo acadêmico, principalmente ao iniciar qualquer trabalho de pesquisa.

2.3 – Fichamento nº 2

2.3.1- Citação
“Conhecimento empírico, também chamado vulgar ou de senso comum, é o conhecimento do povo, obtido ao acaso, após ensaios etentativas que resultam em erros e em acertos. Este tipo de conhecimento é ametódico e assistemático” (p.8).

2.3.2- Resumo
Percebe-se que este tipo de conhecimento é aquele que é adquirido pela própria pessoa na sua relação com o meio ambiente ou com o meio social que vive em que cada qual aproveita da experiência alheia que sucessivamente é transmitida de uma pessoa a outra, de umageração a outra. Há então um conhecimento baseado apenas em experiência e não em um dado estudo científico.

2.3.3- Opinião
Sabemos que o longo de nossa vida obtemos um dado conhecimento denominado empírico por meio de interação contínua na forma de ensaios e tentativas que de fato resulta em erros e acertos. Esse conhecimento é proveniente pela vivência da pessoa em seu cotidiano e de investigaçõespessoais feitas ao sabor das circunstâncias da vida, por isso, denominada corretamente pelos autores de ametódico e assistemático.

2.4 - Fichamento nº 3

2.4.1 Citação
“A crítica, assim entendida, não tem nada de negativa. É, antes, uma tomada de posição, no sentido de impedir a aceitação do que é fácil e superficial. O crítico só admite o que é suscetível de prova” (p.16).

2.4.2- ResumoO ato de criticar e ser criticado cria uma postura de aperfeiçoamento que é essencial na formação de qualquer profissional. Ela deve ser aprendida na prática, capacitando assim ao pesquisador, ou ao universitário poder diferenciar e por fim avaliar tudo que se deseja de acordo com a necessidade, para assim obter sempre as informações realmente precisas em qualquer trabalho.

2.4.3-...
tracking img