O Hipertexto e o Aumento do Plágio Acadêmico na Atualidade.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 11 (2661 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 21 de outubro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O Hipertexto e o Aumento do Plágio Acadêmico na Atualidade.
Harley Pereira Silva*
A realidade vivida pelo ser humano é, pela filosofia, objeto de estudo constante, esta averiguação
filosófica passa pela linguagem e pelo universo discursivo que o rodeia. Esta breve reflexão tem
como propósito estabelecer uma relação entre o universo discursivo humano e sua linguagem
com a concepção de plágioencontrada no texto “Entre o plágio e a autoria: qual o papel da
universidade?” da Professora Obdália Santana Ferraz Silva, doutoranda em educação pela
Universidade Federal da Bahia (UFBA). Tal reflexão faz-se urgentemente necessária em nossos
dias, pois a frequente ocorrência deste tipo de atividade (plágio), em nosso atual ciclo
acadêmico, tem provocado uma crescente atrofia da produção doconhecimento científico,
matéria que deve ter em nossa pauta uma alta relevância.
Antes de tratarmos das particularidades da linguagem, ou seja, da exteriorização do pensamento,
faz-se necessário refletirmos sobre a tomada de consciência que precede o entendimento da
linguagem na sua forma plena. A consciência é
Um conjunto de funções reflexivas que levam ao conhecimento... é uma atividadeintelectual intencional, unificadora da realidade...a consciência detecta as coisas por
similaridade, depois as distingue, acrescenta, classifica, junta e compara as nossas
imagens mentais e nossos conceitos, e vai arrumando tudo na memória...construindo a
nossa versão da realidade. O resultado é nosso universo cognitivo. (Beltrão; Hovart,
2010, p.53).

A consciência deve ser compreendida comosendo composta de “duas dimensões
complementares... a consciência de si e a consciência do outro” (Beltrão; Hovart, 2010, p. 61). A
consciência de si influencia a dimensão da interioridade do indivíduo, já a consciência do outro
(chamada de alteridade), influencia na percepção do que está fora de si, no mundo exterior. Com
essas duas parcelas da consciência trabalhando de forma conjunta,teremos a consciência crítica
ou filosófica, que nos guia a reflexões acerca da nossa realidade (Beltrão; Hovart, 2010, p.61).
Da confluência da consciência das coisas, sejam internas ou externas ao ser humano, surge a
linguagem que vem a ser “um sistema de signos ou sinais usados para indicar coisas, para a
comunicação entre pessoas e para a expressão de ideias, valores e sentimentos” (Chauí,2000,
p.177), esta linguagem é a representação de tudo o que o homem deseja expressar, seja com
sons, imagens ou escritas, é o que segundo Aristóteles, torna o homem um ser racional, diferente
dos outros animais, quando diz: “... o homem muito mais que a abelha ou outro animal gregário,
*

Graduando em Licenciatura em História – EAD, pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro(UNIRIO), pelo consorcio CEDERJ.

1

é um animal social... e o único entre os animais que tem o dom da fala” (Aristóteles, 1985, p.
1253a), assim a capacidade de transmitir informações sejam elas, escritas, gesticulares ou
subjetivas dentro de um discurso é um indício da ação racional do homem. A linguagem é,
portanto, o meio pelo qual o homem expressa o seu pensamento sobre o que vê, ouve ousente,
utilizando para isso a língua e os símbolos. Então, “é pela linguagem que comunicamos não
somente as nossas experiências pessoais, mas também... transmitimos experiências acumuladas
pela sociedade” (Beltrão; Hovart, 2010, p.79).
Decorrente da concatenação das ideias na linguagem surge o discurso que é “uma unidade
linguística mais complexa do que a frase, equivalendo à mensagem ouenunciado...” é “o
conjunto de regras que encadeiam as frases ou grupo de frases que constituem um enunciado
dotado de coerência...” (Beltrão; Hovart, 2010, p.91), ou seja, a capacidade do ser humano ligar
palavras e frases de forma organizada e inteligível vai compor o seu discurso. O universo
discursivo humano é composto pelo pensamento simbólico, tendo em vista que “um símbolo não
tem...
tracking img