O fracasso do plano collor

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 76 (18929 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O FRACASSO DO PLANO COLLOR:
ERROS DE EXECUÇÃO OU DE CONCEPÇÃO?


Carlos Eduardo Carvalho*1
A frustração dos objetivos antiinflacionários do Plano Collor, de março de 1990, é
um tema esquecido no debate econômico brasileiro. O bloqueio da liquidez da maior
parte dos haveres financeiros conseguiu derrubar a inflação elevada e em aceleração,
na faixa de 70% ao mês em janeiro e fevereiro, masno fim do ano a inflação voltara
a quase 20% ao mês. Prevaleceu na época a interpretação de que o plano falhara
devido à liberação descontrolada de valores retidos, provocada por pressões sobre o
governo e por erros de gerenciamento do programa. Decorre daí a tese de que o bloqueio
da liquidez poderia ter dado bons resultados se tivesse sido aplicado com maior rigor
e coerência. Este artigosustenta a tese oposta de que o plano falhou porque era
inaplicável. Manter a retenção dos haveres financeiros naquela escala era impossível,
pois implicaria a paralisação do sistema de pagamentos e uma grave crise bancária.
Palavras-chave: Plano Collor; bloqueio da liquidez; reforma monetária;
políticas de estabilização no Brasil
Classificação JEL: E65; N16; E63; E58
* PontifíciaUniversidade Católica de São Paulo PUCSP.
1 Versão revista do capítulo 2 da tese de doutorado defendida no Instituto de Economia da
Universidade Estadual de Campinas, em 1996, “Bloqueio da Liquidez e Estabilização: O Fracasso
do Plano Collor”. Agradeço os comentários de Arno Meyer, Henry González, José Carlos de Souza
Braga, Reinaldo Lacerda e Valdir Ramalho. A versão final beneficiou-se de críticas esugestões
em dois seminários no Grupo de Pesquisa em Moeda e Crédito da PUCSP, agosto de 2002. Erros
e equívocos remanescentes são de minha responsabilidade.
284 ECONOMIA, Niterói (RJ), v.4, n. 2, p.283-331, jul./dez. 2003
Carlos Eduardo Carvalho
The failure of Collor Plan in stabilizing the Brazilian economy, in March 1990, is
a neglected area in Brazilian economics. The liquidity blockadeinvolving the majority
of financial assets reduced inflation rates substantially, from 70% per month to
10% per month, but it rose again gradually to almost 20% per month in December.
The return to high inflation was attributed to the government’s inability to manage
a controlled lifting of the blockade, due to political and social pressure, as well as
to some errors in the programimplementation. This interpretation leads to the
hypothesis that the liquidity blockade could have been successful if had it been
correctly implemented and managed. This article argues the opposite thesis that
the blockade failed because implementation was in fact impossible. Maintaining
the strict imposition of the blockade rules would have paralysed the payment system
and precipitated a very seriousbanking crisis.
Key words: Collor Plan; liquidity blockade; monetary reform;
stabilization policies in Brazil
A frustração dos objetivos antiinflacionários do Plano Collor, de março de
1990, é um tema esquecido no debate econômico brasileiro. Anunciado
em 16/3/1990, dia seguinte à posse de Fernando Collor de Mello na
presidência da República, o bloqueio da liquidez da maior parte dos
haveresfinanceiros derrubou de imediato a inflação elevada e em aceleração,
da faixa de 70% mensais na média de janeiro e fevereiro, para a
faixa de 10% ao mês nos meses seguintes, mas em dezembro os preços
cresciam a 20% ao mês. Durou seis meses a tentativa de estabilização
com bloqueio da liquidez. Estava derrotada em setembro, quando a política
monetária e a política cambial voltaram aos padrõescaracterísticos
dos anos de alta inflação. Houve dois períodos distintos nesta trajetória.
O primeiro, do bloqueio até meados de maio, foi marcado pela rápida
monetização, pela volta da inflação para o nível de 10% ao mês e pela
passagem do medo de uma recessão catastrófica para o medo de descontrole
da oferta de moeda e da inflação. O segundo período começou no
final de maio, quando se...
tracking img