O empreendedorismo em uma cadeia produtiva láctea do sudeste goiano – um estudo descritivo e de diferenciação de grupos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4396 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O EMPREENDEDORISMO EM UMA CADEIA PRODUTIVA LÁCTEA DO SUDESTE GOIANO – UM ESTUDO DESCRITIVO E DE DIFERENCIAÇÃO DE GRUPOS

Ediene Malvina Dias – Acadêmica do curso de Engenharia de Produção da UFG/CAC
Julliana Pereira da Cunha – Acadêmica do curso de Engenharia de Produção da UFG/CAC
Wesley Aloisio Peixoto Junior – Acadêmico do curso de Engenharia de Produção da UFG/CAC
Júlio Cesar ValandroSoares– Docente do curso de Engenharia de Produção da UFG/CAC
Gleiber Couto - Docente do curso de Engenharia de Produção da UFG/CA

Resumo
A discussão conceitual acerca do empreendedor e do empreendedorismo encontra-se numa seara de disputa, em que teóricos, pesquisadores e estudiosos dessa literatura protagonizam debates na tentativa de construírem referenciais consistentes acerca desses temase validarem suas convicções. No contexto do agronegócio, o empreendedorismo também é objeto de discussões, inclusive em abordagens inerentes a empresas de pequeno porte, ou propriedades rurais de pequeno porte, tipicamente propriedades rurais familiares. Nesse sentido, cabe referenciar que em diversos setores do agronegócio, como o de produção primária de leite, a maioria das organizações éfamiliar. O objetivo desse artigo é apresentar um estudo acerca de diferenciação de grupos em relação a determinadas características empreendedoras em um conjunto de produtores rurais de leite do sudeste goiano, considerando também o desempenho das propriedades pesquisadas. Para tal, utilizou-se referenciais obtidos a partir do desenvolvimento e validação de uma medida de empreendedorismo protagonizadapor Valandro Soares (2011). Com base nos resultados e discussões pôde-se constatar que os produtores que conseguiram agregar mais receita/renda ao seu empreendimento mostraram perfis e comportamentos mais empreendedores se comparados aos demais, ou seja, aqueles se mostraram diferenciados em relação a esses, em termos de perfil empreendedor.

1. Introdução
A discussão conceitual acerca doempreendedor e do empreendedorismo encontra-se numa seara de disputa, em que teóricos, pesquisadores e estudiosos dessa literatura protagonizam debates na tentativa de construírem referenciais consistentes acerca desses temas e validarem suas convicções. Em outras palavras, o empreendedorismo é abordado de diferentes formas em inúmeras esferas que discutem esse tema. Na literatura acadêmica, emespecial, o tema é objeto de estudo em diversas áreas das ciências humanas: Economia, Administração, Psicologia, Sociologia, dentre outras.
No contexto do agronegócio, o empreendedorismo também é objeto de discussões, inclusive em abordagens inerentes a empresas de pequeno porte, ou propriedades rurais de pequeno porte, tipicamente propriedades rurais familiares. Nesse sentido, cabe referenciar que emdiversos setores do agronegócio, como o de produção primária de leite, a maioria das organizações é familiar.
Dessa maneira, ao se tratar de negócios e mercados, entre os eles o agronegócio, percebe-se que as discussões acadêmicas acerca desses temas afirmam e reafirmam que o cenário contemporâneo, sobretudo o ambiente mercadológico, notabilizou-se por se mostrar estruturalmente mutante. Emoutras palavras, o ambiente mercadológico contemporâneo vem se constituindo numa arena sistematicamente mais competitiva, complexa, imprevisível e turbulenta, dentre outros adjetivos que recorrentemente os arautos dessas convicções se apropriam para rotulá-lo.
Postas estas considerações, o objetivo desse artigo é apresentar um estudo acerca de diferenciação de grupos em relação a determinadascaracterísticas empreendedoras em um conjunto de produtores rurais de leite do sudeste goiano, considerando também o desempenho das propriedades pesquisadas. Para tal, utilizou-se referenciais obtidos a partir do desenvolvimento e validação de uma medida de empreendedorismo protagonizada por Valandro Soares (2011).

2. Fundamentos teóricos
2.1 O empreendedorismo e as características empreendedoras...
tracking img