O egito e o antigo oriente próximo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 37 (9024 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O Egito e o antigo Oriente Próximo na segunda metade do segundo milênio a.C.


1. A etapa tardia da Idade do Bronze em seu apogeu: aproximadamente
1500-1200 a.C.
1.1. As relações internacionais no Oriente Próximo: generalidades
Tomarei com base para a análise um corpus de fontes do século XIV a.C.: os documentos de Amarna. Deixando de lado uns poucos textos de outros tipos,trata-se de 350 cartas e inventários, na forma de tabuinhas de argila inscritas em cuneiforme, tendo sido os documentos na sua esmagadora maioria redigidos na língua das relações internacionais da época, o acadiano (em certos casos, com forte influência do hurrita e do semita ocidental cananeu da Síria-Palestina). Supõe-se que o arquivo onde foram achados os tabletes em questão, parte do complexoburocrático da cidade capital de Akhetaton (a qual só foi ocupada durante cerca de duas décadas), fosse um depósito basicamente de cópias da correspondência internacional recebida, já que as cópias da correspondência enviada pelo governo egípcio são muito poucas, o que parece indicar que havia um depósito diferente para as minutas ou resumos em egípcio do material redigido nesta língua, depoistraduzido para o acadiano e então enviado. No tocante à cronologia da XVIIIa dinastia egípcia, tais documentos abarcam uma parte do reinado de Amenhotep III (1391-1353 a.C.), a totalidade do reinado de Amenhotep IV/Akhenaton (1353-1335 a.C., caso a hipotética co-regência com seu pai não haja ocorrido), o período de Smenkhkara (1335-1333 a.C.) e talvez o primeiro ano do reinado de Tutankhamon (1333-1323a.C.). No que diz respeito a outros grandes reinos do Oriente Próximo, os documentos de Amarna cobrem os reinados seguintes: o de Ashshuruballit I (1353-1318 a.C.) da Assíria; no caso da Babilônia, os de Kadashmanenlil I (1364?-1350 a.C.) e Burraburiash II (1349-1323 a.C.); entre os hititas, o de Shuppiluliumash (1380-1340 a.C., muito aproximadamente, havendo quanto à data final deste reinadoconsiderável divergência, certos autores levando-o até 1318 a.C.).
17

Hélade 1 (1), 2000: 17-37

O período tardio da Idade do Bronze foi marcado, em seu apogeu, por um relativo equilíbrio internacional: havia certo número de reinos importantes, nenhum deles capaz de dominar os outros; destes, o do Mitanni foi o único, durante tal período, a perder importância em caráter absoluto.Seja como for, no século XIV a.C., época do arquivo de Amarna, aparecem tratados como grandes reis os do Egito, da Babilônia, da Assíria, do Mitanni, do Khatti (reino hitita), de Arzawa (reino da Ásia Menor, a oeste do dos hititas) e de Chipre. No tocante à correspondência amarniana dos grandes reis entre si, confrontada às inscrições reais da mesma época (estas destinadas ao público interno de cadarei), Carlo Zaccagnini propõe as observações seguintes: (1)


Nível factual

Interpretação ideológica
Ênfase na redistribuição
Ênfase na reciprocidade
Transferência de objetos
Contribuições forçosas
Dom/contra-dom
Inventários
Inscrições reais
Cartas

Mesmo com modificações, a forma do quadro acima não é ideal, mas o que ele quer mostrar é o seguinte: nacorrespondência amarniana, os inventários se refeririam às transferências de objetos entre as cortes ao se encarar empiricamente tais trocas, na forma de listas do que era enviado. Quanto às maneiras em que a ideologia daquela época "traduzia" ou dava forma textual àquelas transferências, no entanto, haveria uma divergência entre as cartas (incluídas, como os inventários, no arquivo de Amarna) dos grandes reisentre si, nas quais as trocas de objetos, às vezes em enormes quantidades, apareciam caracterizadas como dons e contra-dons ("presentes"), e as inscrições reais destinadas à população de seu próprio reino, em que as mesmíssimas transações apareciam sob a forma de "tributos" pagos pelos monarcas estrangeiros. Mesmo os inventários, no entanto, implicavam conotações ideológicas.
A...
tracking img