O corpo como valor

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (306 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Sociologia – Texto

A Civilização das Formas: o corpo como valor


Na sociedade atual, o corpo se tornou a identidade do indivíduo. Exagerado “culto ao corpo”. O corpo é usadocomo meio de expressão ou representação do eu. A busca pelo corpo perfeito através da malhação excessiva assim como as modificações corporais (usar o corpo como obra de arte) através detatuagens, piercings e outras técnicas artísticas, vêm ganhando cada vez mais adeptos. Alguns acham essas técnicas como “loucura”, mas não podemos esquecer que as famosas e mais comuns cirurgiasplásticas também são agressivas.
O corpo, que antes era algo pessoal, escondido e preservado, virou objeto de exibição e glorificação. Vivemos um período de afrouxamento moral nuncavisto antes. Libertação física e sexual. A exposição do corpo exige o controle de sua aparência física, “boa forma”.
A mídia, em geral, é uma grande responsável por essa obsessão pelocorpo e rostos perfeitos; as atrizes, modelos, etc, formam o “novo padrão de beleza”, atingindo os mais simples mortais. As pessoas mostram um medo, um receio muito grande em mostrar o corpo,quando estão fora desse padrão.
Hoje em dia, ficar nu não é mais considerado tão indecente quanto a exibição de um corpo fora de forma ou mal vestido. A gordura, flacidez, moleza, sãotomadas como símbolo do desleixo, indisciplina, preguiça, falta de investimento do indivíduo em si mesmo. Gordura é comparada a doença grave.
Esta cobrança pelo corpo perfeito, podelevar as pessoas à perda da vontade de viver, depressão, abalos no sistema nervoso, privação afetiva ou até mesmo a morte.
Infelizmente, o corpo virou o mais belo objeto de consumo. Aobrigação de ter um corpo perfeito e dentro dos atuais padrões é primordial para ser feliz no lado amoroso quanto social. Ser malhado, bonito e bem vestido, é hoje um sinal de virtude humana.
tracking img