O capitalismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1510 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU

CURSO DE DIREITO. TURMA: 1NA
DISCIPLINA: CIÊNCIS POLÍTICAS E TEORIA GERAL DO ESTADO

O CAPITALISMO

NATAL - RN
ABRIL 2011

INTEGRANTES DO GRUPO:

* Aldemir;
* Allan Erinaldo Borges de Souza;
* Estevam;
* Fábio;
* Luís Eduardo;
* Leandra;
* Lindomar Robson;
* Nazareno.

INTRODUÇÃO

Este trabalho é um estudo resumidosobre o CAPITALISMO, um sistema econômico que predomina em nosso planeta desde a passagem da Idade Média para a Idade Moderna até hoje em dia. Nosso objetivo é passar um pouco de nossos conhecimentos para os demais colegas de classe contribuindo de forma positiva para o desenvolvimento da turma.

ORIGEM DO CAPITALISMO

* A origem do sistema capitalista se deu na passagem da idade médiapara a idade moderna nos séculos XIII e XIV, com o surgimento da burguesia na Europa.
* Historiadores e economistas identificaram na burguesia e também nos cambistas e banqueiros, ideais do sistema capitalista cujos ganhos estavam relacionados ao dinheiro em circulação.

IDEAIS EMBRIONÁRIOS DO SISTEMA:

* Lucro;
* Acúmulo de riquezas;
* Controle dos sistemas de produção;
*Expansão dos negócios.

FASES DO CAPITALISMO

* Primeira fase: Capitalismo Comercial ou Pré-Capitalismo
* Segunda fase: Capitalismo Industrial
* Terceira fase: Capitalismo Monopolista – Financeiro

PRIMEIRA FASE: CAPITALISMO COMERCIAL OU PRÉ-CAPITALISMO

* Este período estendeu-se do século XVI ao século XVIII, teve início com as grandes navegações marítimas.
* Nesta fase, aburguesia mercante começava a buscar riquezas em outras terras, fora da Europa.
* Geralmente as buscas eram por ouro, prata, especiarias e matérias primas que não existiam em solo Europeu.

FINANCIADORES DAS EXPEDIÇÕES

* Eram financiadas por Reis e Nobres que tinham como objetivo o enriquecimento e acúmulo de capital.

CARACTERIZAÇÃO DESTE PERÍODO

* Caracterizou-se pelaexpansão marítima das grandes potências Européias: Portugal, Espanha, Inglaterra, França e Países Baixos, em busca de novas rotas de comércio sobretudo para as Índias.
* Conquistas de territórios através das grandes navegações, causando escravidão e genocídio de milhões de nativos da América.

SEGUNDA FASE: CAPITALISMO INDUSTRIAL

* No século XVIII, a Europa passa por uma mudançasignificativa no que se refere ao sistema de produção, onde o trabalho artesanal passa a ser industrial. Desta forma, proporcionando produção em larga escala, maiores margens de lucro para os empresários.

O CAPITALISMO E O SOCIALISMO

* “A Sociologia é o resultado de uma tentativa de compreensão de situações sociais radicalmente novas, criadas pela então nascente sociedade capitalista” (MARTINS,1985, p. 125).
* Necessidade de compreender as novas situações de existência que estavam em curso, conseqüência, sobretudo da Revolução Industrial.

A REVOLUÇÃO INDUSTRIAL

* Teve início na Inglaterra no século XVIII, fortalecendo o sistema capitalista e solidificando suas raízes na Europa e em outras regiões do mundo.

A REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E AS TRANSFORMAÇÕES NA SOCIEDADE EUROPÉIA* O triunfo da indústria capitalista, capitaneada pelo empresário capitalista que foi pouco a pouco concentrando as máquinas, as terras e as ferramentas sob seu controle, convertendo grandes massas humanas em simples trabalhadores despossuídos.
* Inovações tecnológicas: introdução da máquina a vapor, aperfeiçoamento dos métodos produtivos, racionalização da produção, novas fontesenergéticas (eletricidade e petróleo), alterações do processo produtivo.
* Situação das cidades: Aumento do crescimento demográfico, falta de infra-estrutura, aumento da prostituição, do suicídio, do alcoolismo, do infanticídio, da criminalidade, da violência, de surtos de epidemias de tifo e cólera.
* Conseqüências para a sociedade: desintegração, descaracterização dos costumes da sociedade...
tracking img