O belo e a arte

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1046 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O belo e a arte

Em antigas culturas gregas o conceito de belo teve implicações morais e intelectuais que condicionaram o alcance do seu sentido estético.



Acepções do belo

Foram três acepções fundamentais que prevaleceram entre os gregos: Estética, moral e espiritual.

Estético: No sentido estético o belo é a qualidade de certos elementos em estado de pureza, como cores agradáveis eformas abstratas. Depende de condições sensíveis e formais. A beleza desses elementos puros repousa na adequação aos sentidos, sobretudo aos ouvidos e vista. Belo é o que agrada ver e ouvir e no belo estético há uma antecipação das qualidades morais que o homem devera possuir e expressar em seus atos.

Moral: Se refere ao estado da alma. Na acepção moral a beleza é o patrimônio das almasequilibradas, que consegue manter-se em perfeita harmonia consigo mesmas, constituindo assim a medida do Bem. As ideias do Belo e do Bem formam uma união essencial, teórica e prática. Sócrates ensinou que tudo o que se pode chamar de belo é útil, e também não separou a Beleza do Bem, entendendo que nada é verdadeiramente bom sem que também seja útil.

Sendo assim, o que é Belo e Bom representa umaparcela da verdade ideal do conhecimento teórico que coincide com o Ser em sua Plenitude. A verdade possui sua própria beleza, a mais alta de todas igual a do Belo.

As artes estão subordinadas ao belo estético. Preenchendo uma finalidade moral, objeto da segunda espécie de beleza. O significado comum das acepções analisadas que se ligam entre si, é a excelência e o grau de perfeição desejáveis nascoisas exteriores. Por isso é que a beleza constitui fonte de prazer para os sentidos e para inteligência.

Tékne, Ars

É arte no sentido de fazer e produzir. São artísticos aqueles processos que, mediante o uso de meios adequados, permitem-nos fazer bem uma determinada coisa. Arte é a própria disposição prévia que habilita o sujeito a agir de maneira pertinente, seguindo o conhecimentoantecipado do que quer fazer ou produzir. Aristóteles fixou a conceituação da arte nos seguintes termos: Hábito de produzir de acordo com a reta razão, de acordo com a idéia de coisa a fazer. Dentro disso cabem tanto as artes da medida e da contagem, consideradas básicas, quanto as manuais que possibilitam a fabricação de objetos, e por fim as artes imitativas, como pintura e escultura. Sendo que essasultimas Aristóteles abrangeu com a denominação genérica da poesia.

Os três princípios

A filosofia da antiguidade adotou três princípios:

• Imitação: para definir a natureza da arte

• Estético: para estabelecer as condições necessárias de sua existência

• Moral: para julgar de seu valor.

Quanto à natureza, a arte reproduz as aparências e representa os aspectosessenciais das coisas. Ela assenta naquilo que chamamos de beleza estética: o equilíbrio e a simetria, o respeito às proporções, etc.

O valor da arte é aferido pelos efeitos que ela produz que dependem da qualidade que ela representa. Deve as artes representar o que é belo tanto esteticamente quanto moralmente, para que o espírito sinta-se inclinado a pratica das virtudes e ao conhecimento da verade.O principio da imitação, invocado ao explicar a natureza da arte, define a função ética e espiritual que ela desempenha que consiste em induzir a alma a imitar o que é bom e digno de ser imitado.

A beleza universal

O belo, como valor atribuído às coisas, deriva da Beleza universal, uma essência, na concepção que estas palavras adquirem na filosofia. As coisas são belas, na medida em queestas palavras adquirem na filosofia. As coisas são belas, na medida em que participam da beleza transcendente, que não nasce nem more.

A beleza se comunica com o sensível, dá-lhe qualidades que enriquecem a matéria, mas que pertencem a esse mundo. As três espécies de Beleza convertem-se, na filosofia platônica, em três momentos ou etapas do dialogo com o ser. O amor acende na alma humana o...
tracking img