O belo e arte no pensamento medieval

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (471 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O belo e arte no pensamento medieval

A Era Medieval começa em 476 com a queda do Império Romano e estende-se até 1453 com a Tomada de Constantinopla. Nesse período, desenvolveram-se duas teoriasbásicas: a Patrística, de Santo Agostinho e a Escolástica, de Santo Tomás de Aquino.
Segundo Santo Agostinho, o Belo é o caminho para a sabedoria, para a verdade e para Deus. Existe em função do Feio,que tem o papel de realçá-lo. Já Santo Tomás de Aquino interliga o Bem ao Belo. Este está ligado ao Conhecimento e aquele, ao desejo. O homem capta a Beleza pela visão de forma a lhe agradar a vistae a Beleza não se manifestam de forma isolada, é o esplendor da Verdade.
Nesse período, o pensamento, de doutrina teológica, colocava o homem e a natureza como criação divina, consequentemente aobra de arte também era vista como criação de Deus. As produções literárias desse período eram chamadas de obras de “elevação moral”, baseadas na vida de santos e sua visão de mundo da época. Por isso, écompreensível o declínio da literatura na Idade Média, pois era vista como um “perigo”, limitando-se, apenas, à vida de Cristo ou a histórias moralistas. Para o pensamento medieval, a arte ensina,aperfeiçoa, corrige, eleva e sublima, perdendo, assim, o seu prazer estético. Esse pensamento permitiu que a mulher fosse elevada, idealizada, desprovida de sensualidade e reproduzia sob o código do“amor cortês”. Elevava-se, também, a figura do cavaleiro medieval, idealizado, fiel, religioso e casto. Curiosamente, coube à Idade Média o papel de preservar os textos antigos, de natureza pagã, tarefaexecutada nos conventos, através da cópia de escritos gregos e romanos.
Por outro lado, na Itália, destacavam-se dois grandes autores: Dante (1265 – 1321) e Petrarca (1304 – 1374), que extrapolaram oslimites do pensamento medieval, sendo os precursores da Renascença. O primeiro, através de sua obra prima A Divina Comédia, abordou a história humana sob os três enfoques da ótica religiosa:...
tracking img