H. nana e H. diminuta

Páginas: 8 (1818 palavras) Publicado: 18 de setembro de 2013
H nana e H diminuta


1. INTRODUÇÃO


O Hymenolepis nana (H. nana) é um cestódeo encontrado frequentemente em regiões  de clima quente que dá origem a parasitose Hymenolepíase que é uma infecção intestinal que também pode ser ocasionada pela Hymenolepis diminuta (H. diminuta), porém a infecção através dela é raramente ocasionada. O H. nana e o H. diminuta pertencem à família HymenolepidaeA Hymenolepíase ocorre pela ingestão de alimentos contaminados sendo que estudos ainda indicam que esta parasitose pode ocorrer pela ingestão de alguns artrópodes (pulgas,carrapatos,etc) contaminados com o parasita que é ingerido acidentalmente.
Esta parasitose tem alta afinidade por regiões subtropicais, dando preferência à America Latina e Europa Central, no Brasil a parasitose é maisprevalente em estados do sul.
Em relação à modos de contaminação a Hymenolepíase é mais comum em ambientes urbanos como por exemplo: asilos, escolas, presídios e quartéis. Nesses locais a contaminação ocorre devido às condições de higiene que são inadequadas, podendo haver a contaminação de alimentos que serão brevemente consumidos.
A Hymenolepíase é uma infecção geralmente assintomática, porém emcrianças é muito mais frequente do que em adultos, pelo fato de que os adultos possuem um grau maior de resistência a qualquer infecção, pois já está com seu sistema imunológico formado, onde nas crianças o sistema imune está em processo de formação tendo maior suscetibilidade á infecções. Nestas pode-se observar manifestações colaterais importantes, ocorrendo casos raros de diarréia e dor abdominal comleve intensidade e que desaparece de maneira espontânea.
Estudos revelam que pelo menos vinte milhões de infecções ocorrem em todo mundo através da H. nana, já na H. diminuta é considerada uma zoonose.




2. ETIOLOGIA E MORFOLOGIA


O H. nana é conhecido popularmente como tênia anã e o seu verme adulto mede cerca de 3 a 5 centímetros, possui genitália masculina e feminina, escólexpequeno, globoso com 4 ventosas e um único rostro retrátil composto por uma única fileira de acúleos com 20 a 30 ganchos, este é inclusive um critério de diferenciação em relação à espécie H. diminuta, que é desprovida de ganchos. O H. diminuta é conhecido como "tênia do rato" infectando comumente roedores e raramente humanos, sua forma adulta mede de 10 a 60 cm, possui escólex pequeno, globosocom 4 ventosas e sem rostelo. Possuem de 100 a 200 proglotes, as primeiras proglotes são curtas e os restantes mais largas que compridas, nos anéis maduros se observam os testículos, em número de três, o ovário, a glândula vitelina e os poros genitais unilaterais. Os proglotes grávidos estão cheios de ovos, que medem de 30 a 50 micrômetros, incolores, com formato ovóide, revestidos pôr uma membranainterna translúcida e uma externa delgada. Na membrana interna podem ser observadas duas proeminências polares mamilares destacando filamentos longos e finos, no interior do ovo pode ser observado um embrião hexacanto com 3 pares de ganchos são conhecidos como “chapéu mexicano”. O hábitat é a porção terminal do íleo, onde podem ser encontrados de centenas a milhares de parasitos.
As larvascisticercóides medem cerca de 500 µm, possuem vesícula rudimentar, cauda pequena e protoescólex único e ficam localizadas nas vilosidades intestinais.
Tabela 1 - Diferenciação entre H. nana e T. diminuta
Característica
H. diminuta
H. nana
Comprimento
10 a 50 cm
3 a 5 cm
Escólex
Cuboidal
Romboidal
Rostelo
Rudimentar
Curto, armado em ganchos
Ventosas
Pequenas
Grandes
Pescoço
Curto
LongoOvos
60 a 80 mm
35 a 50 mm 
Evolução
Heteroxenia
Autoxenia

 Figura 1 – Ovo de H. nana

Fonte: Internet

Figura 2 – Ovo de H. diminuta

Fonte: Internet

Figura 3 – Ruptura Ovo de H. diminuta

Fonte: Internet
Figura 4 – Larvas cisticercóides H. diminuta

Fonte: Internet

Figura 5 – Larvas cisticercóides

Fonte: Internet

Figura 6 - H. nana adulta

Fonte: Internet...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • H
  • H
  • H
  • H
  • Relatório H/H
  • HYMENOLEPIS NANA E DIMINUTA
  • Hymenolepsis nana e diminuta
  • H pylori

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!