A TICA E MORAL

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2175 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de maio de 2015
Ler documento completo
Amostra do texto
É

I
T

A
C

E

M

O

R

A

L

.
.
.

O QUE É ÉTICA
• É um conjunto de princípios e valores que
guiam e orientam as relações humanas.
• É o que difere entre o bom ou mau,
correto e incorreto, justo ou injusto, e
esses conceitos podem variar de pessoas
para pessoas.

O QUE É MORAL
• É um conjunto de normas e regras
destinadas as relações dos indivíduos numa
comunidade social, ou seja assumidaspela
pessoa.

•Eu posso divulgar para todos como foi que
fiz ou como foi que consegui...
(se a resposta for não, provavelmente suas
atitudes não se enquadra no padrão ético.)
•Regrinha para ser ético:“ Faça aos outros o
que você gostaria que fizessem com você”

Alguns aspectos para a
empresa ser comprometida
com a ética:
• Integridade nas relações comercias
• Políticas justas nas relações detrabalho
• Responsabilidade na proteção ao meio
ambiente
• Vigência e observância de códigos de
conduta
• Solidariedade nas ações junto à
comunidade
• Estímulo à prática do voluntariado entre
seus funcionários.

Aristóteles afirma que que a
finalidade da ética é promover
o bem-estar e ainda que o
estudo do bem tem natureza
política e que mais importante
que o bem-estar do indivíduo
é o bem-estar dacoletividade.

Ética:
Honestidade
Compaixão
Compromisso
próximo
Lealdade

Justiça
Integridade
Respeito ao
Solidariedade

A ÉTICA PROFISSIONAL

• É UMA REFLEXÃO SOBRE AS AÇÕES
REALIZADAS NO EXERCÍCIO DE UMA
PROFISSÃO.

A ÉTICA PROFISSIONAL
• CÓDIGO DE ÉTICA PROFISSIONAL: É O
CONJUNTO DE DISPOSIÇÕES QUE
REGEM A PROFISSÃO, QUE ESTÃO
ESTABELECIDAS
PELO
CONSELHO
FEDERAL E POSSUEM EFEITO LEGAL. CÓDIGO DE ÉTICA DOS TST

Art.04 -As funções, quando no exercício
profissional do Técnico de Segurança do
Trabalho, são definidas pela Portaria 3.275
de 21 de setembro de 1989, não sendo
permitido o desvio desta;

CAPÍTULO II DO PROFISSIONAL
Art.05 – Exercer o trabalho profissional com
competência, zelo, lealdade, dedicação e
honestidade, observando as prescrições legais e
regulamentares da profissão eresguardando os
interesses dos trabalhadores conforme Portaria
3214 e suas NRs.
Art.06 – Acompanhar a legislação que rege o
exercício profissional da Segurança do Trabalho,
visando a cumpri-la corretamente e colaborar
para sua atualização e aperfeiçoamento.

CAPÍTULO II DO PROFISSIONAL
Art.07 – O Técnico de Segurança do Trabalho poderá
delegar parcialmente a execução dos serviços a
seu cargo aum colega de menor experiência,
mantendo-os sempre sob sua responsabilidade
técnica.
Art. 08 – Considerar a profissão como alto título de
honra e não praticar nem permitir a prática de
atos que comprometam a sua dignidade; Art.09 –
Cooperar para o progresso da profissão, mediante
o intercâmbio de informações sobre os seus
conhecimentos e contribuição de trabalho às
associações de classe e a colegasde profissão;

CAPÍTULO II DO PROFISSIONAL
Art.10 – Colaborar com os órgãos incumbidos
da aplicação da Lei de regulamentação do
exercício profissional e promover, pelo seu voto
nas entidades de classe, a melhor composição
daqueles órgãos.
Art.11 – O espírito de solidariedade, mesmo na
condição de empregado, não induz nem justifica
a participação ou conivência com o erro ou com
os atosinfringentes de normas técnicas que
regem o exercício da profissão.

CAPÍTULO III DOS DEVERES
Art. 12- Guardar sigilo sobre o que souber em razão
do exercício profissional lícito, inclusive no âmbito
do serviço público, ressalvados os casos previstos
em lei ou quando solicitado por autoridades
competentes, entre estas o Conselho Regional do
Técnico de Segurança do Trabalho.
Art.13 – Se substituído em suasfunções, informar
ao substituto todos os fatos que devam chegar ao
conhecimento desse, a fim de habilitá-lo para o
bom desempenho das funções a serem exercidas.

CAPÍTULO III DOS DEVERES
Art.14

Abster-se
de
interpretações
tendenciosas sobre a matéria que constitui
objeto de perícia, mantendo absoluta
independência moral e técnica na elaboração
de Programas prevencionistas de Segurança...
tracking img